fechar
Receba diariamente lindas mensagens para se inspirar!

Você vai receber até 1 mensagem por dia R$ 0,39+tributos por mensagem recebida. Assinatura diária, renovação automática. Para cancelar envie
SAIR para o 50005. Se
tiver dúvida, envie AJUDA
para 50005. Serviço
válido para todas
as operadoras.

Anterior
Coração Partido

Diversas frases para curar seu coração.

Anterior
Próxima
Curtas de Amor

Frases Curtas de Amor. Declare-se.

Próxima
comente

Doação de Sangue

Você conhece a importância de doar sangue? Então, saiba agora tudo sobre o processo de doação e como é importante ser um doador! Lembre-se, um dia pode ser você que vai precisar!

14 de Junho - Dia Mundial do Doador de Sangue

pinterest

Em 14 de junho comemora-se o Dia Mundial do Doador de Sangue, uma jornada para criar consciência sobre a necessidade de contar com sangue seguro, bem como para celebrar aqueles doadores voluntários graças aos quais muitas pessoas podem sobreviver e viver melhor. "Minha filha Carlee nasceu 12 semanas antes do previsto. Enquanto ela estava no cuidado neonatal, recebeu várias transfusões para repor o sangue que necessitavam extrair-lhe para exames médicos", conta Sherry Mc Gotlhin, a mãe de Carlee. "Sofri um terrível acidente de trânsito. A diferença entre a vida e a morte foi o sangue que recebi no momento em que cheguei ao hospital. Sem esse sangue doado por pessoas que jamais conhecerei, eu estaria morto", assegura David Hanson. "Sou hemofílico e desde que os 4 anos de idade vou para a Cruz Vermelha nicaragüense para receber transfusões. Ali recebo fator 8 e plasma. Estou muito agradecido pelo fato que me ajudem a viver melhor", diz Rafael Rendez Miranda. As vozes multiplicam-se em milhões pelas Américas e ao redor do mundo. Contudo, nem todas as pessoas podem agradecer, porque o recolhimento de sangue é desigual de país a país. Conforme um documento da Organização Mundial da Saúde (OMS), em todo o mundo são obtidas mais de 81 milhões de unidades de sangue por ano, mas apenas 27 milhões dessas unidades são coletadas em países de média e baixa renda, onde vive 82 por cento da população mundial. Além disso, e também a nível global, somente 39 países alcançado um nível de doações voluntárias de sangue suficiente para cobrir 100 por cento de seus requerimentos. Segundo informação da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), os seguintes países nas Américas contam com bancos de sangue fornecido por doadores voluntários: Aruba, Bermuda, Canadá, Cuba, Curaçao, Estados Unidos, Ilhas Cayman e Suriname. Outro problema é que, nos países de renda baixa e média, mais de 43% das doações efetuadas por novos doadores provêm ainda de doadores pagos ou de familiares de pacientes que o fazem como reposição. De acordo com a OPAS/OMS, na região das Américas apenas 36% dos doadores são voluntários. Ainda existe uma porcentagem de doadores pagos, e a grande maioria dos doadores de sangue é para reposição. Apesar de todos os esforços, a disponibilidade de sangue permanece baixa nos países da América Latina e do Caribe. Mais ainda quando se considera que a OMS e a Federação Internacional de Sociedades da Cruz Vermelha e Meia Lua Vermelha têm estabelecido que, para que um país possa satisfazer as suas necessidades de sangue, o número de unidades de sangue que se coleta deve corresponder a 3-5% de sua população. Na região, o recolhimento corresponde a 1,39% da população. No mundo, os doadores regulares de sangue, voluntários e não remunerados - que doam pelo menos duas vezes ao ano - fornecem nesse período 37,6 milhões de unidades de sangue. 89 por cento desse total obtém-se em países de rendas altas. Nesse contexto, o Dia Mundial do Doador de Sangue é uma possibilidade para enfatizar uma vez mais por que é essencial que a doação seja altruísta e que haja doadores regulares para garantir a provisão de sangue seguro para todos os pacientes que precisem de transfusões. Em síntese, este dia é um veículo para promover: A motivação para que os doadores sadios que tenham doado para seus familiares se convertam em doadores regulares voluntários não remunerados. O aumento do número de doadores através de campanhas de conscientização e motivação. Estilos de vida saudáveis nos doadores de sangue, para proteger sua vida e a dos pacientes que recebam seu sangue. Enfatizar a necessidade de contar com sangue seguro. Os que têm experimentado o prazer de "oferecer vida" conhecem o sentimento de satisfação que o ato de doar produz. E os doadores voluntários são uma garantia de sangue seguro.

facebooktwittergoogle+

25 de novembro - Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue

pinterest

Dia 25 de novembro é o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue. A data, criada em 1964 com o objetivo de valorizar a doação voluntária, é um ato simples e salva muitas vidas. Atualmente, o Brasil conta com cerca de 3, 5 milhões de doadores de sangue, o que corresponde a 1,9% da população do país - índice abaixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 3%. Por este motivo, milhares de pessoas no mundo necessitam de reposição sanguínea durante procedimentos cirúrgicos ou ambulatoriais, em virtude de tratamento de doenças, acidentes, etc. Essa reposição só é gerada graças ao ato de doação, um ato de solidariedade que abastece os estoques dos hemocentros. É importante que a população colabore para regularizar, manter e aumentar os estoques de sangue. Ao participar, o doador ajuda pessoas que precisam de transfusão. A doação respeita os critérios técnicos e não traz qualquer tipo de risco ao doador.

facebooktwittergoogle+

Doação de Sangue

Doar sangue não dói, é rápido e salva muitas vidas. A quantidade de sangue retirada não afeta a sua saúde porque a recuperação acontece imediatamente após a doação. Condições básicas para doar sangue: - Sentir-se bem, com saúde - Apresentar documento com foto, válido em todo território nacional - Ter entre 18 e 65 anos de idade - Ter peso acima de 50Kg Recomendações para o dia da doação: - Nunca vá doar sangue em jejum - Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação - Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores - Evitar fumar por pelo menos 2 horas antes da doação - Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes a doação - Interromper as atividades por 12 horas as pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, subir em andaimes e praticar pára-quedismo ou mergulho. Quem não pode doar? - Quem teve diagnóstico de hepatite após os 10 anos de idade - Mulheres grávidas ou amamentando - Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas - Usuários de drogas - Aqueles que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos. O que acontece depois da doação? O doador recebe um lanche, instruções referentes ao seu bem estar e poderá posteriormente conhecer os resultados dos exames que serão feitos em seu sangue. Estes testes detectarão doenças como AIDS, Sífilis, Doença de Chagas, HTLV I/II, Hepatites B e C, além de outro exame para saber o tipo sanguíneo. Se for necessário confirmar algum destes testes, o doador será convocado para coletar uma nova amostra e se necessário, encaminhado a um serviço de saúde. O que acontece com o sangue doado? Todo sangue doado é separado em diferentes componentes (como hemácias, plaquetas e plasma) e assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Os componentes são distribuídos para os hospitais da cidade para atender aos casos de emergência e aos pacientes internados. Onde doar: Você pode doar sangue nos postos fixos do Hemocentro do seu estado. Para ter mais opções, procure a Secretaria de Saúde do seu estado.

facebooktwittergoogle+
sms

Doação de Sangue

pinterest

Qual o tempo que o organismo leva para repor o sangue doado? A reposição do plasma ocorre em 24 horas e a dos glóbulos vermelhos em 4 semanas. Entretanto, para o organismo atingir o mesmo nível de estoque de ferro que apresentava antes da doação, são necessários de 40 a 60 dias para os homens e de 50 a 90 dias para as mulheres. Esses são os intervalos mínimos entre as duas doações de sangue. Fiz uma tatuagem há um ano. Posso doar? Sim. Quem fez tatuagem há mais de um ano pode doar sangue Doar sangue engorda ou faz emagrecer? Ao doar sangue você não engorda nem emagrece. Por que pessoas com peso inferior a 50kg não podem doar sangue? O volume de sangue total a ser coletado é diretamente relacionado ao peso do doador. Para os homens não pode exceder a 9ml / kg peso e, para as mulheres, a 8ml / kg peso. O anticoagulante presente na bolsa de coleta liga-se ao sangue impedindo que este coagule. O volume de anticoagulante da bolsa é padronizado para um mínimo de 400ml de sangue. Logo, uma pessoa com peso inferior a 50 kg não poderia doar o volume mínimo. Por que menores de 18 anos não podem doar? Com autorização dos pais (ou responsável) a doação é permitida? De acordo com a legislação brasileira que regulamenta as normas técnicas a serem aplicadas em todos os bancos de sangue do país, o menor só poderá doar sangue caso haja uma situação especial na qual seja imprescindível a sua doação. Nesse caso, deverá haver uma solicitação médica e autorização, por escrito, dos pais ou responsáveis.

facebooktwittergoogle+

Doação de Sangue

Honestidade também salva vidas. Ao doar sangue, seja sincero na entrevista.

facebooktwittergoogle+

Doação de Sangue

pinterest

Alô Pró-Sangue: 0800 55 0300. O Alô Pró-Sangue atende às pessoas interessadas em informações sobre a doação de sangue, postos de coleta e horário de atendimento. Tire suas dúvidas de segunda a sexta-feira, das 08 às 18 horas.

facebooktwittergoogle+