Mensagem Com Amor

Entretenimento / Música

Funk Ostentação

E aí novinhas e novinhos. Chegou a vez de estourarmos no norte e espalhar o nosso som, nossa cultura, nossas músicas da periferia para o mundo. Nessa página você vai conhecer um pouco da ostentação que invade o funk. Que comece o pancadão!

O que é Funk Ostentação?

Com o nome Funk Ostentação ou Funk Paulista, esse estilo musical foi criado em São Paulo entre os anos 2009 e 2010, originado do funk carioca. O dicionário define essa palavra como ato ou efeito de exibição e vaidade. Então Funk Ostentação são letras de músicas ritmadas contando as histórias das periferias que são as camadas sociais pobres que cultiva valores comuns nas camadas ricas. Ou seja, os funkeiros falam de carros, joias, luxo, dinheiro, mulheres, tudo aquilo que eles gostariam de ter.

As várias faces do funk

Quem gosta de funk e acompanha o estilo musical há muito tempo com certeza percebeu que ele foi mudando de cara com o tempo. O que não quer dizer que o ritmo mudou ou ficou perdido, mas um estilo novo ganhou mais destaque do que aquele anterior.

Se no início as pessoas curtiam o chamado funk melody ou do consciente, depois alguns passaram a gostar dos funks pornográficos e dos chamados proibidão. Todos eles fazem parte da cultura carioca e os seus representantes, na sua maioria, saíram da cidade do Rio de Janeiro. O funk ostentação é o primeiro que não nasceu na cidade.

Os paulistas então decidiram chamar o estilo do funk e suas diversas caras de funk carioca e adotar o nome de funk ostentação, aquele de São Paulo.
No início, assim como no Rio as músicas foram produzidas somente na cidade carioca, em São Paulo, os primeiros representantes saíram da Baixada Santista. O que aconteceu até 2011.

Diante das diversas facetas do funk carioca, o funk proibidão foi o ponto de partida que inspirou os paulistas, principalmente os MC Frank e Menor do Chapa do Rio de Janeiro, que faziam apologia ao crime e ao uso de armas.

O estilo funkeiro de ser

Este visual dos funkeiros paulistas, é inspirado nas estrelas do rap americano, mas nunca foi tema das letras no funk carioca.

As roupas chamam atenção pelo glamour e luxo. Correntes largas e de ouro, relógios, pulseiras, anéis (geralmente dourados também), jaquetas de couro, camisetas curtas, calças coladas e os indispensáveis bonés de aba larga. Todos esses elementos caracterizam o estilo funkeiro de ser.

Gírias e significados

Roqueiros, pagodeiros, funkeiros... Cada grupo costuma ter o seu próprio jeito de ser, falar e pensar. No caso dos funkeiros existem várias gírias muito comuns entre eles. Conheça algumas.

Alemão: Inimigo. Pessoa de um bairro / favela rival. Pessoa de "sangue ruim".

Beca: Roupa

Bolado: Revoltado, nervoso, surpreso, espantado, perplexo.

Bombando: Festa que está bombando, divertida.

Bonde: Grupo de amigos da mesma comunidade.

Caô: Mentira; Problema.

Chapa quente: Lugar ou pessoa que é fogo, onde o negócio está fervendo, ou pessoa que põe para ferver.

Colar com: Andar junto com.

Conspirar: Ser falso com os amigos.

Demorô: Sinônimo de já é.

Sangue Bom: Pessoa de boa índole, gente boa

Simpático: Pessoa falsa.

Style: Bem trajado, bem vestido.

Tá dominado: Está sob controle do lugar ou situação.

Tá ligado?: Sinônimo de "Entendeu?", é muito usado no fim das frases.

Deu ruim: Deu problema, deu merda, deu confusão.

Se pá: Sinônimo de Talvez. exemplo: Se pá eu vou colar no baile de hoje à noite.

Milgrau: Muito calor.

Novinha: As garotas do baile funk, geralmente adolescentes, mas não necessariamente.

Mlk top / mina top - Cara ou garota firmeza, de alto nível, que está no topo em termos de beleza, sensualidade e simpatia, etc. Sinônimo de moleque ou mina zica / zika

Zika / zica: Top.

Recalcado / recalcada: Invejoso / invejosa. Muito usado por mulheres

No sapatinho: Sinônimo de Pianinho, quieto, no seu canto, sem desrespeitar ninguém.
Popozuda: Mulher que tem bumbum grande .

Terror: Pessoa corajosa ou muito boa no que faz. Ex: "O muleque é terror na dança", o DJ é o terror das pistas.

Forgar: Tirar onda, ostentar.

Trombar: Se encontrar com outra pessoa. Exemplo: Mais tarde nóis se tromba no baile.

Dar um pente / dar uma pentada: Quer dizer fazer sexo.

Foguetar: Sinônimo de dar uma pentada.

Rala: Some, vaza, pega o beco, desapareça.

Cativeiro: Quarto onde o homem leva a mulher (ou vice versa) pra fazer o "tchaca tchaca na mutchaca".

Patrão: Cara que tem muito dinheiro, é como se fosse um playboy da favela.

Bailes de comunidade- Festa que ocorre dentro das favelas, por não ter inimizades dentro da favela o baile é tranquilo, sem brigas entre os bondes / gangues.

Bonde- Aliança entre galeras. Essa estratégia é correntemente utilizada com o intuito de fortalecer o grupo no interior dos bailes. Turma de amigos que dançam juntos em baile.

MC- Abreviação de Mestre de cerimônia. É o cantor de funk, o cara que "manda a letra". O MC canta e o DJ toca.

MC Dede

MC Dede assim como outros funkeiros são de origem simples. Dede produz músicas próprias e divulga nas redes sociais para espalhar o funk por ai.

Músicas como "bumbum na água", "as minas do camarote", "olha o kit", entre outras animam o batidão das pistas.

Letra da música: Bumbum na água.

Ela corre na areia da praia
E bate com bum bum na água
Bate com bum bum na água
Bum bum bum.

Corre na areia da praia
E bate com bum bum na água
Bate com bum bum na água
Bum bum bum bum bum.

Ela chama atenção na night
E encosta de kawasaki
E a amiga de r1
Gosta de porsche e lamborghini
Gosta de andar de jipe mais não é com qualquer um
Faz topless no iate toda nua fica de bum bum pra lua
Essa mina é uma loucura, sabe porque?

Ela corre na areia da praia
E bate com bum bum na água
Bate com bum bum na água
Bum bum bum bum bum.

MC Guimê

Um dos papais do funk ostentação é o MC Guimê. Roupas de grife, carrões (naves), perfume importado, jóias e outras coisas de luxo fazem parte desse funkeiro.

Luxo esse que o garoto almeja por ser bastante ambicioso.

Guimê faz cerca de 50 shows por mês com média de dez mil reais.

Sucessos de Guimê: "Na pista eu arraso", "tá patrão", " isso que é vida", " tipo patroa", entre outras.

Confira a letra da música: tá patrão.

Se um é pouco, dois é bom três é demais
Mc Guime Kondzila, DJ Bala na batida
Vai segura.

Quando dá uma hora da manhã é que o bonde se prepara pra Vibe
Abotoa sua polo listrada da um nó no cadarço do tênis da Nike
Joga o cabelo pra cima ou põe um boné que combina com a roupa
A picadilha pode ser de boy mas não vale esquecer que somos vida loca
As mais top vem do nosso lado ficam surpresa ganha mó moral
Se o Paparazzi chega nesse baile amanhã o seu pai vê sua foto no jornal
Portando kit de nave do ano, essa é a nossa condição
Olha só como que o bonde tá...

Tá pa... Tá pa... Tá patrão
Tá pa... Tá pa... Tá patrão
Tênis Nike Shox, bermuda da Oakley, camisa da Oakley olha a situação
Caralho moleque.. Vai segura.

MC Lon

MC Lon é nome artístico de Airon de Lima, jovem que veio da Vila do Sapo, comunidade carente na Baixada Santista, e se tornou um dos principais nomes do funk ostentação de São Paulo. Só o clipe de Novinha Vem Que Tem já conseguiu mais de 30 milhões de views no YouTube.

Sucessos como " novinha vem que tem", " estoura o champagne", "talento raro", entre outras também animam a galera nos batidões por aí.

MC Nego Blue

Vem pode chamar que ela vem, esse é o recado de MC Nego Blue para toda a galera. Também não podemos esquecer que é o fluxo e as minas do kit estão na parada.

MC Nego Blue vem da Cidade Tiradentes e se tornou uma das estrelas do funk ostentação de São Paulo.

Conheça a letra da música: Vem pode chamar que ela vem.

Vem, vem, vem, vem, vem ...
Pode chamar que ela vem,
Vem, vem, vem, vem, vem ...
Pode chamar que ela vem
De captiva ou de citroen, de hornet ou de mil e cem
Vem, tem de galo também tem de cem
e a dama de vermelho também
É que hoje eu não sou de ninguém, eu não sou de ninguém
Vem, Pode chamar que ela vem
De captiva ou de citroen, de hornet ou de mil e cem
Vem, tem de galo também tem de cem
e a dama de vermelho também
É que hoje eu não sou de ninguém, eu não sou de ninguém.

Ih chegou final de semana
tem que andar chique e bacana
tô pesadão de Lacoste e de Dolce Gabbana
Vamo Santos ou Copacabana
mais não se preocupa com a grana
Porque o pitstop da noite vai ser na minha cama
Ser bonito e ser elegante
ouro, prata e diamante
tô de nave no razante eu vou mais a diante
Ih, nós tem fiel tem amante
e a briga das duas é constante
a fiel bate no peito diz que se garante
Ih, o lema é se adiantar conta plaquê de cem
fazendo elas gama
a novinha tá na minha mira não vai escapar.

Ih, pode preparar os Kit
que hoje à noite é sem limite
a balada começa com uísque e termina em suite
De Armani, Ferrari metendo mó mala
Olha o bonde reunido só os parceiros e os amigos
Sou Inácio Monteiro coração valente onde só tem moleque chapa quente se liga nesse refrão e canta com a gente.

A ostentação gera recalque

Nem todo mundo gosta de funk. Algumas pessoas se sentem muito incomodadas e isso ocasiona a morte de alguns funkeiros (que por vezes), morrem com microfone na mão, em cima de um palco e sem nota de cem.

MC Daleste foi o sétimo artista do funk assassinado no Estado. Desde 2010, cinco MCs, um DJ e um empresário que trabalham com o gênero foram mortos em circunstâncias nebulosas. Dentre os crimes, o caso do Daleste (cujo nome de batismo é Daniel Pellegrine) foi o que obteve maior repercussão na imprensa e nas redes sociais.

comentarios

anterior

Superação de mães

Histórias que emocionam e provam o tamanho desse amor!

próxima

Coisas que só uma mãe entende

O Dia das Mães está chegando e é preciso valorizar esse amor