fechar
Receba diariamente lindas mensagens para se inspirar!

Você vai receber até 1 mensagem por dia R$ 0,39+tributos por mensagem recebida. Assinatura diária, renovação automática. Para cancelar envie
SAIR para o 50005. Se
tiver dúvida, envie AJUDA
para 50005. Serviço
válido para todas
as operadoras.

Anterior
Músicas de Aniversário

Músicas de Aniversário. Um Belo Presente.

Anterior
Próxima
Dia do Nutricionista

Dia do Nutricionista. Nossos vigilantes da vida saudável.

Próxima

Mensagens de Despedida

Diário de uma paixão

Nicholas Sparks

A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas.Talvez sempre tenham sido e sempre serão.Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos.E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos.Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá.

facebooktwittergoogle+

Do mundo nada se leva

Millôr Fernandes

Sim, do mundo nada se leva. Mas é formidável ter uma porção de coisas a que dizer adeus.

facebooktwittergoogle+
Publicidade

Despedir-se de um amor

Martha Medeiros

Se despedir de um amor é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente.

facebooktwittergoogle+
sms

E eu lhe digo adeus

Pablo Neruda

Já não se encantarão os meus olhos nos teus olhos, já não se adoçará junto a ti a minha dor. Mas para onde vá levarei o teu olhar e para onde caminhes levarás a minha dor. Fui teu, foste minha. O que mais? Juntos fizemos uma curva na rota por onde o amor passou. Fui teu, foste minha. Tu serás daquele que te ame, daquele que corte na tua chácara o que semeei eu. Vou-me embora. Estou triste: mas sempre estou triste. Venho dos teus braços. Não sei para onde vou. ... Do teu coração me diz adeus uma criança. E eu lhe digo adeus.

facebooktwittergoogle+

Adeus aos próprios hábitos

Honoré de Balzac

Ninguém ousa dizer adeus aos próprios hábitos. Muitos suicidas detiveram-se no limiar da morte ao pensar no café onde vão todas as noites jogar a sua partida de dominó.

facebooktwittergoogle+

A vida me ensinou

Charles Chaplin

A vida me ensinou a dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração,sorrir às pessoas que não gostam de mim, para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam,calar-me para ouvir, aprender com meus erros,afinal, eu posso ser sempre melhor! Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar,a abrir minhas janelas para o amor.E não temer o futuro,A lutar contra as injustiças.Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo. Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade.Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar.

facebooktwittergoogle+

Vou imprimir novos rumos

Paulinho da Viola

Vou imprimir novos rumos Ao barco agitado que foi minha vida Fiz minhas velas ao mar Disse adeus sem chorar E estou de partida Todos os anos vividos São portos perdidos que eu deixo pra trás Quero viver diferente Que a sorte da gente É a gente que faz Quando a vida nos cansa E se perde a esperança O melhor é partir Ir procurar outros mares Onde outros olhares nos façam sorrir Levo no meu coração Esta triste lição que contigo aprendi Tu me ensinaste em verdade Que a felicidade está longe de ti

facebooktwittergoogle+
sms

O Beijo

Antonio Kleber

Guardo teu beijo, terno beijo, na memória. No outono cinza, a despedida, último adeus, como se foras sem deixar-me uma esperança de reviver o teu carinho e os lábios teus! Amargurando o teu partir, restou-me o beijo. Sonho desfeito, nem as folhas esqueceram, no farfalhar, de relembrá-lo nas canções, brincando algures junto às brisas outonais! As estações se sucederam desde então! Alma constrita, olhar perdido no horizonte, dei-me ao letargo dos impulsos lascivosos! Trago a utopia de uma espera que me aturde! Cedo o destino e a vida; ao tempo, entrego a morte, mas na esperança de beijar-te uma outra vez!

facebooktwittergoogle+

Despedida de nós

Jorge Luiz Vargas

pinterest

Hoje estamos partindo de nós Não sabemos aonde o amor se perdeu Tudo o que fizemos e sonhamos Tanto amor e carinho Deixamos pelo caminho Hoje estamos nos despedindo Com incertezas, dúvidas, saudade Nos olhamos, mas os olhos Marejados pela tristeza Não conseguiram se encontrar Não tivemos tempo para um abraço Como no primeiro encontro Não tivemos tempo para um sorriso Como tantos que o tempo nos deu O mesmo tempo que agora Diz que nosso tempo acabou Tempo! Por que não parou naquele exato momento Do carinho, paixão e alegria Por que não parou naquele instante Do beijo roubado, do carinho ousado Do amor bem feito Por que, tempo? Tinha que ser desse jeito? Resolveu parar logo agora Na hora da dor Da saudade E da falta que faz Um grande amor Por quê?

facebooktwittergoogle+

Ai de quem ama

Vinícius de Moraes

Quanta tristeza Há nesta vida Só incerteza Só despedida Amar é triste O que é que existe? O amor Ama, canta Sofre tanta Tanta saudade Do seu carinho Quanta saudade Amar sozinho Ai de quem ama Vive dizendo Adeus, adeus.

facebooktwittergoogle+

Despedida

Cecília Meireles

Por mim, e por vós, e por mais aquilo que está onde as outras coisas nunca estão, deixo o mar bravo e o céu tranqüilo: quero solidão. Meu caminho é sem marcos nem paisagens. E como o conheces? - me perguntarão. - Por não ter palavras, por não ter imagens. Nenhum inimigo e nenhum irmão. Que procuras? Tudo. Que desejas? - Nada. Viajo sozinha com o meu coração. Não ando perdida, mas desencontrada. Levo o meu rumo na minha mão. A memória voou da minha fronte. Voou meu amor, minha imaginação... Talvez eu morra antes do horizonte. Memória, amor e o resto onde estarão? Deixo aqui meu corpo, entre o sol e a terra. (Beijo-te, corpo meu, todo desilusão! Estandarte triste de uma estranha guerra...) Quero solidão.

facebooktwittergoogle+
sms

Atras da porta

Chico Buarque

Quando olhaste bem nos olhos meus E o teu olhar era de adeus Juro não acreditei Eu te estranhei me debrucei, sobre o teu corpo e duvidei E me arrastei de te arranhei E me agarrei nos teus cabelos Nos teus pêlos, no teu pijama Nos teus pés, ao pé da cama. Sem carinho sem coberta No tapete atrás da porta Reclamei baixinho Dei pra maldizer o nosso lar Para sujar teu nome te humilhar E me vingar a qualquer preço Te adorando pelo avesso Pra mostrar que ainda sou tua Só para mostrar que ainda sou tua...

facebooktwittergoogle+

O Adeus

Rafael Torres

pinterest

Hoje eu sei porque a um tempo atrás eu não fui embora, Não fui porque temia sentir essa dor que estou sentindo agora... Temia dizer adeus... Temia te perder. Hoje a fome não me dói.. A cede não me importa... O sono não me encontra... As cores não existem... Os sons não me agradam... O tempo não passa... A minha mente não descansa... A sua falta me preocupa... A saudade me consome... A vida me perde.... Difícil e conseguir andar pra frente quando você perde o motivo pelo qual caminha... Difícil olhar para trás e saber que o tempo não retorna... Difícil não entender e tentar explicar... Difícil e perder e não poder chorar... Difícil e saber e não querer acreditar...

facebooktwittergoogle+

Despedida

Antonio Bezerra

Vamos sentir muito sua falta Amamos você a nossa maneira Lembraremos dos tempos de colégio Tantas brincadeiras Juntos Espero que Deus te acolha Remido de seus pecados. Bons momentos não esqueceremos Estaremos sempre orando por ti Travando uma briga com o inimigo Todos os dias um novo desafio Iremos lutar contra potestades Onde o Amor a Deus nos basta Juntos estarão na eternidade Relembrando a nossa idade.

facebooktwittergoogle+

Poema da Despedida

Mia Couto

Não saberei nunca dizer adeus Afinal, só os mortos sabem morrer Resta ainda tudo, só nós não podemos ser Talvez o amor, neste tempo, seja ainda cedo Não é este sossego que eu queria, este exílio de tudo, esta solidão de todos Agora não resta de mim o que seja meu e quando tento o magro invento de um sonho todo o inferno me vem à boca Nenhuma palavra alcança o mundo, eu sei Ainda assim, escrevo.

facebooktwittergoogle+
sms

Canção da Eterna Despedida

Vinicius de Moraes

A noite é linda inda palpita no mar a lua cheia a se esvair em luar Vem, ó minha amada e fica linda e sem véu como essa lua no céu Eu sou o mar Ó meu amor, diz que sim E vem pousar o teu luar sobre mim Vem que todo dia cada noite tem um fim só para nos separar Ai, minha amada madrugada chegou e a sua luz me diz que devo partir Mas meu coração não compreende a razão de me arrancarem de ti É tanta a mágoa desta separação que já meu corpo chora a falta do teu Que esses cantos meus são como prantos de adeus por me arrancarem de ti

facebooktwittergoogle+