Mensagem Com Amor

Datas Especiais / Natal

Poemas Natalinos

Surpreenda no Natal! Que tal colocar alguns poemas junto com os presentes? Divirta-se e faça a alegria de seus parentes e amigos.

A Cidade Neva...

Fernando Pessoa

Natal... Na província neva.
Nos lares aconchegados,
Um sentimento conserva
Os sentimentos passados.

Coração oposto ao mundo,
Como a família é verdade!
Meu pensamento é profundo,
Estou só e sonho saudade.

E como é branca de graça
A paisagem que não sei,
Vista de trás da vidraça
Do lar que nunca terei!

O Tempo de ser Criança

Iraima Bagni

Fiquei sabendo que você cresceu

E já não acredita mais em Papai Noel.
Como pode esquecer aquele tempo de criança, onde a fantasia reinava?

O tempo em que você antes de se deitar, colocava seu sapatinho na janela.
E acordava cedinho, na esperança de encontrar o presente que Papai Noel lhe deixaria?

Hoje seus sonhos são outros...
Cadê a "sua” criança?

Perdeste-a ao longo da vida?
Não estará ela escondidinha no seu coração?

Procure-a!
Ela ainda vive dentro de você!

Não deixe que seus sonhos morram!
A fantasia nos faz viver, sonhar, desejar...

Coloque seu sapatinho na janela!
Faça seu pedido!

Talvez ele demore um pouco a se realizar
Mas a vida já te ensinou que tudo tem seu tempo
E você já aprendeu a esperar, a ter paciência...
Já aprendeu que se seu pedido não se realizar
Pode já ser um grande presente,
Pois, nem tudo que queremos é para o nosso bem
Então, pegue seu sapatinho da esperança
Coloque-o na janela do desejo
E aguarde para que seus sonhos
Se tornem realidade.
Depois sorria, compreenda, de pulos
E agradeça seu presente de Natal!

E seja muito, muito FELIZ!

Um Pedido

Neste natal
Não esqueça de mim
Não esqueça de nós
E não esqueça de quem somos

Pois eu não esquecerei de você.

Enquanto é Natal

abrir
Em época de natal, é o momento de aquecer os nossos corações e compartilhar do amor com todos.

O Pinheirinho

Ivone Boechat

O pinheirinho guarda
segredos, saudades,
esconde medos,
abriga esperanças,
acende lembranças,
enredo de muitas idades.
No pinheirinho há lágrimas escondidas.
pedidos pendurados,
por carências adiados,
na efervescência da vida.
O pinheirinho é você mesmo,
erguido, cheio de fantasias,
sofrido...enfeitado,
ignorando maldades,
acendendo esperança,
apagando falsidades.

Nesta noite de Natal

Nesta noite de Natal
Reflita sobre sua vida,
Agradeça suas conquistas,
Ame as pessoas

Nesta noite de Natal
Abrace sua família,
Faça uma boa ação,
Presenteie alguém com um sorriso

Nesta noite de Natal
Se transforme em um anjo na vida de alguém

Você

O espírito natalino é um dos mais bonitos do mundo

Existe amor
Existe paz
Existe compaixão
Existe vida

É uma das únicas épocas do ano
Em que as pessoas esquecem do Eu
E só lembram do Você

É Festa, é Natal

Ivone Boechat

Luzes, cores, carinho, festa,
traduzem a alegria do povo
que se manifesta,
comemorando
um novo significado
de viver!
Há perfume de cipreste no ar,
um colorido em cada veste,
esperança em cada olhar,
na sinfonia celeste do poder.

O Natal abre presentes e passados,
aperta abraços,
convence a humanidade
de que o amor existe.

É o poder do Natal
que ressoa renovando tudo,
prometendo a todos
a paz que não se esgotou,
está escondida
na sua árvore de vida
e você por distração
ainda não encontrou.

Amor, Quente Amor

Ivone Boechat

Acende seu amor,
aquece os pensamentos,
rejeita todo mal,
por isto,
lança tormentos
para longe de você,
convide Jesus Cristo
para a ceia de Natal!
Abre as janelas
da sua vida,
traga a esperança perdida,
a alegria quer chegar...
Acende todas as velas,
convide o mundo inteiro,
é tempo de sonhar...
Olha a beleza da cidade,
quanta esperança no ar,
há crianças cantando,
tempo de fé,
tanta gente lutando,
de pé, orando,
para tudo melhorar!

O Intuito

Vinícius de Moraes

Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.

Assim será nossa vida:

Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.

Não há muito o que dizer:

Uma canção sobre um berço
Um verso, talvez de amor
Uma prece por quem se vai
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.

Pois para isso fomos feitos: Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte
De repente nunca mais esperaremos...
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos imensamente.

Jamais Esquecer

Um caminho
Uma frota
Uma rota
Um destino

O natal vem, chega e acontece
As pessoas comemoram
Se abraçam
Se amam
Se unem

Uma data tão importante assim
Jamais seria esquecida por mim

O Barulho dos Sinos

Ivone Boechat

Tocam os sinos da
solidariedade,
os acordes da esperança
começaram a vibrar!

O aroma da promessa de Deus
está exalando no caminho
dos homens de boa vontade,
o amor pediu licença
pra chegar.

Estende sua mão,
alcance os aflitos,
veja quantos sofrem
com súplicas no olhar,
dobra os joelhos,
tempo de fé,
não esqueça de se levantar
para atender os gritos.

Amor

A noite chega
A neve cai
A cidade acorda
As luzes se acendem

As pessoas sorriem e se preparam
para comemorar mais um natal.

Mais um ano
Mais uma vida

Um brinde a esse momento,
que apesar de repetido.

Se repete constantemente a cada ano
Desejando somente uma coisa:

Amor.

comentarios

anterior

Coisas que só uma mãe entende

O Dia das Mães está chegando e é preciso valorizar esse amor

próxima

Especial Amor & Frio

Porque para aquecer o coração, nada melhor do que um abraço!