Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

A gente tenta disfarçar que não dói

Lidar com o término de um relacionamento é algo mais complicado do que parece. Mesmo que ambos tentem esconder a dor, não é possível deixar de sofrer com o fim. Aprenda a lidar da melhor forma possível com essa fase e seja capaz de seguir em frente de cabeça erguida!

continue lendo
Compartilhar

Queria que tudo tivesse sido diferente

Você foi uma das pessoas que mais amei na minha vida. Você me fez sorrir como nunca tinha sorrido com ninguém. Você despertou as melhores partes de mim, despertou os melhores sentimentos e me fez acreditar em mim. Você me ajudou a crescer, sabe? Mas também me colocou para baixo. Você deixou a gente de lado, esqueceu que tínhamos um relacionamento – mas não culpo você por nosso término. Eu sei que também tive minha parcela de culpa e que a vida simplesmente aconteceu, nos separando um do outro para nosso próprio bem.

Ainda penso em nós

Eu queria esquecer tudo isso que vivemos juntos, sabe? Queria esquecer dos seus sorrisos e das suas piadas bobas. Queria não lembrar das viagens que fizemos juntos e de todas as dificuldades que enfrentamos, mas só consigo pensar nisso. Eu sei que eu penso demais, que calculo demais e que lembro demais, mas eu te amo mais do que sou capaz de dizer, sabe? Eu penso em tudo o que passamos juntos e em tudo o que ainda poderíamos passar, mas, então, lembro de tudo de ruim que aconteceu e percebo que escolhemos o caminho certo.

As coisas simplesmente acabam

Por mais que eu não queira admitir isso, as coisas simplesmente acabam. Nem tudo dura para sempre. A verdade é que nem todos que entram em nossa vida vão ficar e você, com certeza, está nessa lista. Eu queria que nós tivéssemos dado certo, que esse caminho não tivesse machucado tanto nossos corações, mas nem sempre temos o que gostaríamos de ter. Eu queria você. Eu queria ter você até o fim dos meus dias, mas isso nunca foi e nunca será possível, não é mesmo? Porque tudo o que vivemos foi passageiro demais para ser eterno.

Talvez se fosse em outra época

Fico pensando em como lidaríamos com tudo isso se fossemos mais maduros na época. Às vezes, sinto que nos faltou maturidade suficiente para entender o que precisávamos, que faltou maturidade para entendermos as necessidades um do outro e que, talvez, se tivesse sido em outra época, teria dado certo. Posso estar sendo otimista demais, mas não sei, me parece certo pensar dessa forma. Eu amei você do fundo da minha alma e acho que você me amou com tudo o que pôde também. O problema foi que não encaixávamos, que não encaixamos...

Talvez se tivéssemos feito diferente

Fico pensando em todas as possibilidades, sabe? Fico pensando se tivéssemos feito alguma coisa diferente, se tivéssemos feito tudo diferente: será que nosso final teria sido outro? Será que teríamos ficado juntos, que teríamos crescido cada vez mais um ao lado do outro? Não sei. Às vezes, quando penso nisso, chego à conclusão de que, de qualquer forma, acabaríamos como acabamos. Sinto que nosso caminho não era um ao lado do outro. Sinto que tomamos a melhor atitude que poderíamos ter tomado e que nada seria diferente de fato.

Não sei por que tomamos este rumo

Sempre que tento analisar o que vivemos, eu me pergunto como acabamos assim. Sempre me pergunto por que tomamos esse rumo e a verdade é que não sei. No início, tudo parecia tão perfeito. Parecia, de fato, que daríamos certo, que ficaríamos juntos e nos amaríamos por toda eternidade. No início, eu tinha certeza de que poderíamos ser mais, que poderíamos crescer muito mais juntos, mas eu estava errada, não estava? No fim, acabamos de uma forma que eu nunca imaginei que fosse possível e isso dói demais.

Nunca imaginei que fossemos terminar assim

A gente se amava tanto. Ah, o meu coração pulsava por você, sabe? Lembro de que, quando eu o via, sentia o ar indo embora de meus pulmões, sentia minhas pupilas se dilatando e sentia o meu coração batendo mais rápido. Eu sentia que tudo poderia dar certo de novo. Eu nunca imaginei que a fonte da minha esperança fosse se tornar a fonte do meu desespero. Eu nunca imaginei que fosse possível amar tanto alguém e, simplesmente, magoar tanto alguém. Você me magoou, sabe, você partiu o meu coração e não há nada pior do que um coração partido.

 

A verdade dói

Dói ficar lembrando de nós dois, lembrando do que vivemos juntos. Foram tempos felizes, sabe? Foram tempos em que a gente realmente podia ser feliz, em que a gente realmente aprendeu alguma coisa juntos, em que realmente crescemos. A verdade é muito mais dura do que a gente quer acreditar que é. Não digo que não tenha sido melhor para nós dois este término, mas isso não significa que não tenha doído, que ainda doa. Nós dois fizemos muito bem um para o outro, mas também fizemos muito mal. O término foi a melhor opção...

Devemos seguir em frente

Eu sinto, sinceramente, que devemos seguir em frente. Claro que dói. Claro que eu sempre fico melancólica quando penso em nós dois, em tudo o que tivemos e em tudo o que não poderemos ter, mas isso não significa que eu ache que nós dois deveríamos ter ficado juntos, porque não acho. Não acho que deveríamos ficar juntos. Eu sinto, sinceramente, que vivemos o que tínhamos que viver um ao lado do outro e que é isso o que podemos esperar um do outro. Sinto que devemos continuar nossa vida daqui para frente e levar este amor no coração.

Como faz para não doer mais?

Eu queria apenas uma fórmula para que esse amor não doesse mais. Queria esquecer o que vivemos, queria esquecer esse término que machucou tanto o meu coração. Talvez, se tivesse te amado menos, eu pudesse esquecer tudo o que vivemos, mas sei que não posso. Sei que sou incapaz de viver da forma como eu gostaria porque sempre vou carregar esse amor dentro de mim, sempre vou tentar lembrar de você de alguma forma. Esse sentimento foi importante para mim, sabe? E dói não poder continuar me sentindo assim. Dói muito.

Há cura para coração partido?

Tem dias em que fico pensando: há cura para um coração partido? É possível se sentir menos impotente? É possível se sentir mais capaz? Talvez a vida seja muito mais simples do que a gente tem vivido e a gente só não saiba disso. Talvez as pessoas normais consigam esquecer um amor com mais facilidade do que eu – você sempre disse que eu sinto demais, sempre disse que eu sou intensa demais. Talvez eu devesse parar de ser tão intensa, talvez eu devesse ser um pouco mais superficial como você, certamente, era. Talvez essa seja a cura.

Quem sabe no futuro?

Talvez nosso amor não tenha sido em vão de uma forma geral. Talvez, no futuro, a gente possa se encontrar de forma mais madura e cuidar desse amor como ele merece ser cuidado. Talvez se a gente se encontrar daqui a alguns anos as coisas voltem a fazer sentido. Talvez toda essa dor vá embora e possamos viver nossas vidas um ao lado do outro, da forma como deveríamos ter vivido desde o começo. Talvez as coisas sejam melhores nos próximos anos e saibamos como amar, talvez, só talvez. Estou sendo otimista, eu sei, mas não custa nada sonhar.

A dor é tão latente quanto o amor

Eu te amei com todo o meu coração, sabe? Amei cada pedacinho de você. Eu amei a forma como você me fez sentir todos estes anos – com suas surpresas no meio da semana e seus sorrisos engraçados demais para me deixar séria. Hoje sinto que a dor de não estar com você é tão latente quanto aquele amor que um dia viveu dentro do meu coração. Talvez, se eu tivesse te amado menos, hoje eu sentisse menos dor. Mas não posso te culpar por isso, não posso te culpar por um sentimento que viveu em mim nem pela dor que hoje tomou o seu lugar.

O amor ainda está aqui

Eu sinto que o amor, todo aquele amor que dediquei a você, todo aquele amor que eu te amei, ainda está aqui. Eu sinto que não importa quanto tempo passe, eu sempre vou te amar, eu sempre vou estar com você. Sinto que não importa o que aconteça conosco, sempre vou desejar que você seja feliz de alguma forma. É claro que eu gostaria que tivéssemos sido felizes um ao lado do outro, mas isso não foi possível e nem sei se teria sido mesmo se tivéssemos agido diferente, então, não há como voltar atrás. É daqui para frente agora.

Não dava mais para continuar

Quando penso em nós dois, eu concluo que, por mais que houvesse muito amor, não dava mais para continuar. Sinto tanta dor quando chego a essa conclusão – você não tem ideia. Eu sinto que todos os sorrisos que trocamos foram importantes, que sempre vamos amar um ao outro de alguma forma, mas que não poderíamos ficar juntos porque não era assim que tinha que ser. Sinto que, não importa quanto tempo passe desde esse término, eu sempre vou pensar em você com carinho apesar de toda dor, de todo o sofrimento. Valeu a pena de alguma forma.

fechar