Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

A paixão bagunça a gente

Estou totalmente confuso e a culpa é sua. Você chegou do nada, mudou tudo em mim e agora estou tentando me descobrir novamente. Sou outra pessoa, tomada por sentimentos novos e um turbilhão de pensamentos que têm você como protagonista.

Confuso

Fui pego de surpresa. Quando eu menos esperava, surgiu você em minha vida com o seu jeito todo único de ser e com uma doce forma de se mostrar sempre mais interessante. Eu não queria me envolver e muito menos me render aos seus encantos. Mas, quando me dei conta, você já havia me conquistado por inteiro e me vi completamente confuso. Não sabia dizer o que eu queria, o que eu estava sentindo e se eu estava mesmo disposto a ir adiante em nossa relação. Quando notei que tudo isso estava passando em minha mente, cai em mim e vi que era paixão.

Te quero

Já me rendi a todo esse sentimento que chegou até mim. Eu não queria que fosse assim e nem queria sentir tudo isso de uma forma tão rápida. Mas já que aconteceu, prefiro me arriscar de vez do que pouco a pouco ir vendo no que dá. Quero você a todo instante e da forma que você é. Espero não me arrepender por estar sendo sincero e me deixando levar dessa maneira tão envolvente como o sentimento da paixão é. Fiquei muito confuso no começo, não sabia como agir diante de tudo o que estava nascendo dentro de mim, mas não quero me sufocar mais com os meus sentimentos.

A entrega

Eu acho muito difícil me entregar de cara para as pessoas. Hoje temos que conhecer bem cada um para saber se vale a pena ou não seguir em frente e se entregar de uma hora para outra. Mas, por outro lado, quando queremos ir com calma, podemos passar a impressão de que tudo é um joguinho e que não sabemos o que queremos. Então, sabendo que o os sentimentos fazem bagunça e que cada um interpreta da forma que quiser, eu resolvi começar a ter diálogos sobre o que sinto e assim não deixo dúvidas sobre o que se passa em meu coração e mente.

Sentimentos novos

Entre diversas coisas que a paixão faz com a gente, uma das principais e das mais gostosas é trazer sentimentos novos para as nossas vidas. Temos a chance de sentir o que já sentimos antes e de conhecer novos sentimentos. Mas, precisamos nos abrir para que isso aconteça. Não podemos deixar em nossa mente aquele medo e dúvida falarem mais alto e assim nos impedirem de estarmos com alguém novo. De vez em quando é bom ser menos racional e ser mais sentimental, porque podemos, no fim de tudo, ser surpreendidos pela vida e finalmente acharmos o que merecemos.

O passado

Parece que o passado só existe para nos incomodar e atrapalhar no presente. Vivemos apegados a ele e, toda vez que um novo sentimento por alguém está surgindo, ele vem e nos fala para lembrar que já nos ferimos outras vezes e que é melhor não se envolver e seguir como está. Mas, nós não podemos viver nessa agonia e em função disso. Temos que superar o passado e entender que ele já foi, agora é hora de se dar uma nova chance e acreditar que as coisas podem sim ser diferentes. A bagunça causada lá atrás, ficou por lá, quem sabe agora é hora de ter organização...

Como notei

Eu nunca fui uma pessoa de me apaixonar fácil, mas desde que eu te conheci, me dei conta de que ao seu lado as coisas eram diferentes. Eu não queria entender bem os sentimentos que estavam surgindo dentro de mim e queria fugir ao máximo de qualquer relação. Comecei a ver que eu estava vivendo um conflito dentro de mim, uma hora eu queria te ver, na outra eu jurava que não ia mais te procurar, porque assim eu não misturaria as coisas, mas no fim de tudo, notei que era sinal de uma grande paixão e que eu não tinha mais como escapar e apenas me entregar.

Novos planos

Por mais que a paixão nos bagunce muito por dentro, ela também nos dá a chance de fazermos novos planos ao lado de alguém se todos os sentimentos forem recíprocos. Temos que abrir o nosso coração e saber o momento certo de se entregar, sem ter medo das consequências e de como será o futuro. O importante é viver o agora sem se preocupar em como será o dia de amanhã, mesmo porque nem sabemos até quando estaremos vivos. Seja sempre compreensivo consigo mesmo e com a pessoa desejada, cada um precisa de um espaço diferente para ir adiante.

Não sei explicar

Eu gostaria muito de conseguir explicar como é que você fez com que eu me apaixonasse por você. Estou me sentindo em pleno carnaval, por tamanha bagunça dentro de mim. É um misto de sentimentos bons e de sentimentos ruins, desses que nos deixam cheios de incertezas e dúvidas. Não sei se você tem os mesmos sentimentos por mim, se me seduziu dessa maneira por querer ou apenas estava brincando comigo e eu me deixei levar. Fazia muito tempo que eu não me apaixonava e não fazia mais ideia do que esse tipo de sentimento traz para nós.

Bagunça

Acho incrível a forma que os sentimentos podem bagunçar tudo o que há em nós. Nossa mente, nosso corpo e nosso coração se perderam e não sabem mais o que querem, não sabem como devem agir e nem como demonstrar algum tipo de interesse por alguém. Queria entender porque ficamos tão aflitos quando sentimos algo nosso, sendo que deveríamos nos sentir felizes, calmos e até deveríamos nos entregar mais. Acho que hoje em dia estamos com medo do que pode nos acontecer já que o amor virou algo tão desvalorizado e queremos evitar novas feridas.

Frio na barriga

Não é fácil aceitar que estamos nos apaixonando, ainda mais quando tudo acontece de uma forma inesperada e muito rápido. Temos medo de passar a impressão de desesperados ou de carentes. Acontece que não temos controle em relação a isso e o melhor a se fazer é assumir que você está mesmo apaixonado. Eu me dei conta de que era o mais novo refém desse sentimento quando comecei a sentir frio na barriga quando nós nos falávamos ou nos víamos. E, pouco a pouco, eu quis te mostrar o interesse que havia surgido em mim, mas sem querer te assustar.

O que fazer?

Sempre que começo a me interessar por alguém, eu me pergunto o que fazer. Não sei se me afasto da pessoa, se deixo acontecer ou se já falo o que está começando a acontecer. É uma bagunça muito grande a que parece estar por vir e no fim das contas é tudo muito incerto para se tomar uma atitude. Ultimamente acho que vou começar a deixar acontecer e ver onde tudo chegará. Não vou criar nenhuma expectativa, mas vou vivendo dia após dia para quem sabe me surpreender e, caso não dê em nada, que eu siga firme e forte, pois o que é para ser meu virá em breve.

Recíproco

Temos sempre que ter o pé no chão e saber distinguir os diversos sentimentos que temos e que as pessoas sentem por nós. Antes de apenas nos entregarmos para uma nova paixão, temos que colocar os nossos sentimentos no lugar e saber ver se o que sentem por nós é recíproco ou não. Muitas vezes estamos apenas nos iludindo e no fim saímos machucados por termos dado tudo o que havia em nós para quem tinha um carinho de uma forma diferente. Não podemos ter medo de sentir, mas precisamos manter tudo em ordem, temos que ver o que é real e não ficar criando coisas em nossas mentes.

Medo

Eu tenho medo desse turbilhão de sentimentos que a paixão carrega. É engraçado e ao mesmo tempo ruim a bagunça que é causada dentro de nós quando estamos querendo muito que um certo alguém faça parte de nossas vidas de uma forma diferente. Uma coisa que eu não pude deixar me vencer foi esse mesmo medo. Eu então permiti que ele entrasse e fiz de tudo para me manter da mesma forma que eu sou, eu vi que era preciso ter controle dos sentimentos e que eu não deveria desistir de algo tão bom que estava surgindo de novo em minha vida.

Você me enfeitiçou

Não sei em que momento e nem como, mas você causou uma grande bagunça dentro de mim e me enfeitiçou. Me apaixonei tão de repente e não tinha mais como fugir, porque nem tempo de notar o que estava acontecendo eu tive. Apenas me entreguei e esperei para ver se o sentimento era recíproco, porque eu não estava disposta a me envolver mais ainda sem ter nenhuma certeza.

Pouco a pouco

Chegamos em uma certa idade que não achamos mais que vamos nos apaixonar. Pouco a pouco perdemos a fé no amor e em qualquer sentimento que possa vir a desencadear uma relação. Mas, a vida é cheia de nos surpreender e quando nos damos conta, surge uma pessoa que tem tudo a ver com a gente e começa a trazer para dentro de nós os sentimentos que nem acreditávamos mais que fôssemos capazes de sentir. Com o tempo crescemos, amadurecemos e notamos que quando temos tudo isso de volta, o jeito é abraçar de novo e não deixar mais ir embora.