Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Antigamente era melhor

Viveu na década de 80 ou 90 e tem saudade das coisas daquela época? Separamos somente o melhor das décadas passadas pra você relembrar e morrer de saudades!

continue lendo
Compartilhar

Tamagotchi

Tamagotchi, também conhecido como bichinho virtual, foi um brinquedo de grande apelo entre as crianças brasileiras dos anos 90. Seu diferencial estava na possibilidade de se interagir com um animal virtual, dando-lhe comida, carinho, banho, entre outros cuidados.

Cigarrinhos de chocolate Pan

O mais polêmico da lista, os cigarrinhos de chocolate fizeram sucesso, principalmente nos anos 80. O chocolate virou artigo politicamente incorreto. A Pan o tirou do mercado e criou um muito parecido, mas com um apelo nada polêmico: o chocolápis.

Bolinha de gude

Tradicionais na década de 80, as bolinhas de gude chegaram aos anos 90 em plena forma. Por sua vez, elas eram comercializadas em diversas lojas, de papelarias, passando por mercadinhos especializados.

Mini Craques

Em 1998, o Brasil todo esperava com uma enorme esperança de vitória a Copa do Mundo. Vendo uma boa oportunidade de negócio, a Coca-Cola lançou os Mini Craques da seleção brasileira, que se tornaram o objeto colecionável do momento, todo mundo queria ter as 25 miniaturas disponíveis. Porém não era muito barato completar a coleção, para cada bonequinho eram necessárias dez tampinhas do refri, mais dois reais.

Chocolate Turma da Mônica

Misturando chocolate preto e branco, o produto lançado em 1993 trazia estampado os personagens criados por Mauricio de Sousa.As crianças costumavam comer primeiro o chocolate preto para depois saborear o branco, deixando somente a silhueta de Mônica, Magali, Cebolinha à mostra.

Geloucos

Mania lançada em 97 pela Coca-Cola, os Geloucos tornaram-se muito populares, mas não era muito barato montar a coleção com esses bonequinhos. Para ganhar um envelope com dois Geloucos eram necessárias 5 tampas plásticas ou dez metálicas, como eram 60 Geloucos na coleção, quase ninguém conseguia completa-la.

Tazo

O Tazo virou febre no ano de 1996, eram produzidos pela Elma-Chips e em vários tipos contendo personagens dos desenhos, haviam várias formas de ser jogar, dependendo da opção de quem estivesse jogando. Como a Elma-Chips muda de tempos em tempos suas campanhas, o tazo praticamente sumiu e poucos ainda tem esses pedacinhos de plásticos que tanto fizeram a alegria das crianças.

 

Merthiolate

O mundo está realmente de cabeça para baixo, nem os ditados populares valem mais nada: “O que arde cura”, hoje em dia não arde e dizem que antigamente não curava. Merthiolate era o maior temor que uma criança tinha, passar aquilo no machucado era a mesma coisa que tocar álcool em uma ferida aberta e tacar fogo, aquilo queimava que nem o inferno. Hoje em dia nem se machucar tem mais a mesma graça…

Bala Soft

Fabricados pela Bhering no Rio de Janeiro nos anos 80, possuía o formato de disco com a circunferência exata da traqueia, que com o tempo sendo chupadas elas ficavam muito lisas e isso que as tornavam perigosas porem era saboroso demais, aquelas cores eletrizantes de cada sabor, Uva, limão, tangerina, cereja, morango, abacaxi, laranja e doce de leite. uma verdadeira viagem. Sempre tinha histórias de pessoas que ficavam engasgadas ou morreram entaladas com elas.

Chocolate Surpresa

O chocolate Surpresa era um dos preferidos das crianças que cresceram nos anos 80 e 90. Lançado em 1983 no Brasil, o principal destaque da guloseima era a “figurinha” que vinha dentro da embalagem do produto. Imagens de animais eram impressas em pedaços retangulares de cartolina. No verso, uma ficha trazia informações sobre o bicho. Havia até um álbum para guardar os cromos. O chocolate parou de ser produzido em 2000. Volta, Surpresa!

Tandy

Quando se é criança escovar os dentes não é a coisa mais legal do mundo. Então para animar a molecada nessa atividade o mercado inventou diversos produtos como escovas do Cocoricó e as pastas de dentes infantil, com sabor e cheirinho de frutas. A Tandy com certeza é a principal marca de gel dental no segmento infantil do Brasil. São 4 sabores: Uva (UvaVentura), Morango (MoranGostoso), Tutti-Frutti e Bubblegum (Chicle).

SuperNintendo

O Super Nintendo foi o brinquedo mais cobiçado dos anos 90, todos queriam ter um para jogar os grandes clássicos como Mario World, Mortal Kombat, Zelda e muitos outros. É impossível encontrar uma pessoa que teve sua infância/adolescência nos anos 90 e não teve o prazer de jogar esse grande videogame.

Kichute

O Kichute misturava tênis com chuteira e virou mania entre os meninos em meados dos anos 1980. Servia tanto para ir à escola como para brincar e jogar bola. Além da funcionalidade, porém, existe todo um contexto histórico e cultural por trás da chuteira mais popular e barata do universo. O Kichute nasceu na década de 1970, quando o Brasil acabava de vencer a Itália na Copa do Mundo do México, em pleno regime militar. Já na década de 1980, a Seleção Brasileira tinha ninguém menos do que Sócrates e Zico que, inclusive, foi garoto-propaganda do Kichute.

Guaraná Baré e Baré Cola

O Baré que fazia a festa principalmente da criançada que amava esse refrigerante que era um pouco mais docinho que os demais. O Baré além de ser gostoso e barato vinha em uma garrafa grande dessas de cerveja como vocês podem ver.

Fichas telefônicas

Hoje em dia você mal aprende a falar e já ganha um aparelho de telefone celular, com seu número próprio e, dependendo do modelo, máquina fotográfica digital e tocador de MP3 junto. Pois é, antigamente para falar num telefone público você precisava de uma ficha telefônica - ou ficha de telefone - , que era um tipo de moedinha de metal com alguns riscos que facilitavam a entrada dela dentro do aparelho. Você soltava a ficha por esse buraco e assim que ela caía, você tinha três minutos para falar.

Pirocóptero

Pirocóptero era um pirulito comum, mas que quando a criança acabasse de chupa-lo se transformava num helicópterozinho usando o canudinho do pirulito e colocando uma pequena hélice de plástico na ponta dele e usando as mãos para gira-lo que o brinquedinho saía voando feito louco...

fechar