Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Homem sentado na beira da montanha olhando para o céu

As atrações mais assustadoras do mundo

Nem todo mundo gosta de esportes e aventuras radicais! No entanto, é comprovado que adrenalina é prazerosa e pode até ser viciante para algumas pessoas! Algumas das atrações mais assustadoras do mundo estão reunidas aqui no nosso compilado para, quem sabe, você se inspirar a embarcar nessa aventura e experimentar adrenalina! Talvez você prefira começar com algo mais leve, talvez já esteja acostumado com aventuras e queira provar algo mais radical ou talvez prefira começar com adrenalina máxima logo de cara! Você é quem decide! As atrações mais assustadoras do mundo são cheia de curiosidades, turismo e são, no mínimo, um divertido e curioso assunto! Confira!

continue lendo
Compartilhar

Várias formas de medo

Mala de viagem aberta no chão

Viajar é agregar experiência, expandir limites, e por que não, vencer medos. O mundo está repleto de lugares que desafiam várias formas de medo possíveis, de altura a fantasmas, e atraem pessoas corajosas e ávidas por aventuras. Conheça os 10 locais turísticos e/ou atrações mais assustadores do mundo.

Foguete humano

Pessoa voando com o aparelho de foguete nas costas

Poderia ser apenas mais uma tirolesa, talvez um pouco mais rápida que as outras, mas não: a atração é ser lançado feito um foguete pendurando em um cabo de aço! A pessoa é amarrada por uma série de cabos de aço, e com o equipamento de segurança, claro, é lançada de cabeça, por sobre o Penrhyn Quarry, alcançando 160 km por hora de velocidade. O local fica no País de Gales, e sai cerca de 90 euros por pessoa.

Que tal deixar suas fotos mais emocionantes com legendas incríveis?

Maior bungee jumping de ponte do mundo

Homem pulando de bungee jumping

Na África do Sul, no roteiro conhecido como Garden Route, dentro do Tsitsikamma National Park, fica a Bloukran Bridge, local do maior bungee jumping de ponte comercial do mundo. O local existe há cerca de 25 anos e foi colecionando recordes mundiais no decorrer da sua história. Apesar de muito alto - 216 metros sobre o rio - a atração é muito segura, não havendo nem um único registro de acidente desde sua inauguração. A operadora da atração chama-se "Face Adrenalina" e o ingresso para a aventura sai algo em torno de R$250,00 (1000 rands).

Ponte de vidro que "racha"

Imagem da ponte de vidro com pessoas caminhando

A China possui algumas pontes que, por si só, já são bem assustadoras de atravessar. Mas em 2017 ela se superou: inaugurou a ponte de vidro mais longa do mundo, a ponte de vidro de Shijiazhuang. Como se não bastasse o chão completamente transparente, dando a sensação de que se caminha no céu a 218 metros do chão, ela ainda prega "pegadinhas" nos turistas, e às vezes, simula uma rachadura ao se pisar em algumas placas. Os 488 metros de extensão podem ser atravessados indo até o Parque Hongya, na Província de Heibei (300km de Pequim), na China. A ponte foi inaugurada em dezembro de 2018 e há poucas informações sobre o preço do ingresso fora das operadoras de turismo especializada. O ingresso para outra ponte de vidro, também na China, em Zhangjiajie, a mais alta do mundo, custa cerca de R$450,00 (110 euros).

Montanha-Russa no Monte Fuji

Montanha russa em Fuji-Q

A montanha russa mais íngreme do mundo com certeza faz parte dos passeios mais assustadores do mundo. Localizada nos arredores do Monte Fuji, a montanha-russa Takabisha, fica em Fuji-Q Highlando, Fujiyosgida, no Japão. A atração proporciona uma queda livre a 121 graus de inclinação, velocidade que pode chegar a 160km/h, passa por um túnel no meio do percurso e ainda possui vários loopings. A Takabisha fica dentro de um parque que possui outras montanhas-russas que também já quebraram recordes: a Fujiyama que já foi a mais alta do mundo, e Dondonpa, a mais rápida até ser desbancada e a Eejanaika, uma montanha em quarta dimensão. O ingresso para o parque, com free pass para todas as atrações, sai a partir de R$180,00 (5200 ienes).

Tirolesa com Montanha-Russa

Pessoa pendurada na tirolesa montanha-russa

Se tirolesa é emocionante e montanha-russa é assustador, por que não unir as duas numa atração? Pois foi isso que o pessoal do "The Treetop Crazy Rider" (caminho louco do topo das árvores, em livre tradução), na Austrália, resolveu fazer. Os "trilhos" são uma série de cabos de aço que passam por dentre as árvores num percurso de cerca de 1,3 km, por onde, pendurados, os aventureiros irão passar em alta velocidade. Pense em voar por entre árvores, com a sensação de que pode bater a qualquer minuto. A atração fica em Sidney, na Austrália, e o ingresso custa em torno de 25 dólares.

Caminho estreito na montanha

Mulher na beira da montanha feliz

Nada como uma boa caminhada pelas montanhas para fortalecer nossa autoestima. E se essa caminhada for feita por estreitas tábuas de madeiras colocadas na superfície de pedra da dita cuja montanha? Isso é o que espera quem for se aventurar pelo Montain Huashan Plank Trail (caminho de Huashan na montanha, em livre tradução), em Huayin, na China. Os visitantes contam com um cabo de aço que os amarra ao cabo que percorre o caminho, mas não há corrimão nem outra estrutura de apoio além das pequenas madeiras e degraus. A "caminhada" sai em torno de R$200,00 por pessoa.

 

Surf vulcânico

Duas pessoas deslizando pela areia do vulcão

Cerro Negro, na Nicarágua, é um vulcão ativo, cujas encostas, ainda mornas da última erupção, em 1999, estão cobertas de areias vulcânicas e cinzas. Só isso seria suficiente para ser considerado um destino um pouco perturbador, mas vamos além. O local é ponto da prática de "volcano boarding" que, em linhas gerais, seria algo como descer suas encostas de carrinho de rolimã sem rodas. Os visitantes descem 628 metros a 45 graus de inclinação, apenas em cima de uma prancha de madeira, alcançando até 86km/h. A atração é segura e o único inconveniente é que as cinzas e a areia vulcânica podem irritar a pele. A atração fica na cidade de Leon, a 80km da capital Manágua, e é preciso escalar o vulcão a pé, o que leva cerca de uma hora. Fazer a descida nas pranchas custa cerca de 35 dólares por pessoa.

Prepare-se para mais uma aventura!

Bungee Jumping em um vulcão ativo

Vulcão ativo

Uma das atrações turísticas mais perigosas do mundo é também uma das mais caras. Por apenas 10 mil dólares, você pode pegar um helicóptero até o vulcão Villarrica, no Chile, esperar o helicóptero parar bem em cima da boca do ativo e borbulhante e saltar dentro. A corda pode esticar até 375 metros e parar a 700 metros da piscina de lava vermelha. Para voltar, você pode escolher ser recolhido pela corda ou ir voando pendurado nela até o local de desembarque. O preço do passeio é realmente 10.000 dólares e só há uma operadora que proporciona a aventura.

Catacumbas de Paris

Imagem da catacumba de Paris

Visitar Paris não é em si uma atividade assustadora, muito pelo contrário. Mas a Cidade Luz também tem seu lado de trevas e escuridão. No subsolo da cidade, há uma rede de cerca de 300km de túneis, que existem desde o século XIV, quando da exploração e crescimento de minas de calcário para a construção de Paris. A parte desses túneis que é aberto à visitação, é a parte que foi transformada em ossuário após a desativação de cemitérios no século XVIII e XIX, e reconstruídos em outro lugar. São cerca de 6 milhões de ossadas depositadas nas partes desativadas dos túneis, que ficaram conhecidas como "Catacumbas de Paris" (nome oficial: "Ossuaire Municipal"). Na entrada há uma placa dizendo "Pare, aqui é o Império da Morte". O ingresso custa 12 euros.

Saiba tudo sobre Paris!

Igreja de Ossos

Ossuário de Sedlec

Nem só de altura, velocidade e vulcões são feitos os medos humanos. Podemos até nos perguntar se o medo é dessas coisas ou da morte. Se for da morte, um passeio suficientemente assustador é a visita ao Ossuário de Sedlec, na República Tcheca. O ossuário foi construído no subsolo da Igreja de Todos os Santos, na então cidade de Sedlec, há quase um milênio. O local abriga mais de 40 mil ossadas de pessoas que fizeram questão de serem enterradas no cemitério local. Os ossos decoram todo o local e há, inclusive, um lustre feito apenas com ossos. O Ossuário de Sedlec fica na pequena cidade de Kutná Hora, a 80km de Praga, na República Tcheca. A entrada custa cerca de R$15,00 ($90 CZK).

fechar