Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Estilos de Amor

Susan Hendrick e Clyde Hendrick desenvolveram uma Escala de Atitudes Amorosas baseados na teoria de Alan John Lee, chamada Estilos de Amor. Lee identificou tipos básicos em sua teoria. Saiba mais a seguir.

Entenda

Pensar demais pode não ser bom para a vida amorosa. Afinal, não é apenas o lado racional que dita os rumos de um relacionamento saudável. Mas entender quais são as principais necessidades ajuda a evitar embarcar em relações sem futuro e cheia de frustrações.

A partir de entrevistas com pacientes, o psicólogo John A. Lee criou critérios que identificam o estilo amoroso em categorias diferentes, e que foram publicadas no livro 52 Ideias Brilhantes para Sexo Excelente, por Elizabeth Wilson.

Você é Eros?

- Você olha para outra pessoa e naquele momento sabe que ela foi feita para você
- Atração sexual é muito importante, afinal o amor é algo central em sua vida
- É difícil para você encontrar a pessoa certa, pois você é exigente

Você é Ludus?

- Você detesta pensar que seu futuro está ligado a outra pessoa
- Você já foi acusado de ser emocionalmente imaturo ou avesso a compromissos
- Você acha uma infinidade de pessoas atraentes, por diferentes razões

Você é Storge?

- Você sabe que um dia o amor vai acabar, mas que pode viver ao lado de uma amiga para o resto da vida
- Para você, o amor é a base de uma sociedade sólida
- Quando se tem uma amizade de verdade com alguém, as questões sexuais podem ser superadas

Você é Mania?

- Para você estar apaixonado é sinônimo de ansiedade, até mesmo de obsessão
- Você emagrece, perde o sono e às vezes até mesmo abre mão da sanidade quando está verdadeiramente apaixonado
- Você leva muito tempo para se recuperar de um rompimento. E geralmente você é chutado e não quem dá o fora

Você é Pragma?

- Você tem uma lista de critérios aos quais o parceiro deve corresponder
- Você acredita que pode conquistar qualquer objetivo usando seu raciocínio, incluindo uma relação bem-sucedida
- Você nunca ficaria com alguém que não tem as mesmas ambições que você e seu grupo social

Você sabe o que é amor?

Amor é um termo utilizado para nomear grupos de sentimentos, ações e padrões de pensamentos que, embora relacionados, são bastante diversificados.

As principais teorias e pesquisas modernas indicam que existem diversos tipos de amor.
Não compreender que esta única palavra é usada para nomear uma diversidade de estilos de amor dá margem a uma série de problemas.

Por exemplo, ao nos apaixonarmos por uma pessoa que tem um estilo de amor diferente do nosso, podemos concluir, erroneamente, que ela não nos ama, pois não age da mesma forma que agimos.

As pessoas que têm diferentes estilos de amor também se apaixonam por motivos diferentes. Por exemplo, quem tem o estilo de amor Eros pode se apaixonar à primeira vista e atribui bastante importância à beleza física, ao passo que quem tem o estilo Storge só vai se apaixonar gradualmente e atribui mais importância à qualidade do relacionamento do que à aparência do parceiro.

Eros

Amantes do tipo Eros têm uma imagem idealizada de seus parceiros. Eles também acreditam que estão no planeta para amar alguém sem limites. Apenas é preciso achar a pessoa certa. Eles se mantêm fiéis enquanto a paixão está em alta.

Ludus

Os parceiros do tipo Ludus geralmente não querem se comprometer em um relacionamento. É comum dizerem que se preocupam em magoar o outro e saem logo avisando que o relacionamento será no mínimo instável. Os "ludus" geralmente evitam ver a parceira ou parceiro com frequência e mesmo se chegam a se casar ainda vão manter uma aura de mistério e certa distância. Para eles, o amor é um grande banquete e é preciso provar de tudo.

Storge

Os amantes do tipo "storge" geralmente são frutos de famílias e comunidades sólidas. Eles esperam que seus parceiros sejam amigos especiais. Não se preocupam com o amor em si, mas com relações de longa duração. Tornam-se possessivos se se sentem ameaçados e farão de tudo para brigar pelo seu amor. Paixão não é o objetivo, isso é apenas uma parcela da sua vida ou não funciona.

Mania

Os do tipo "mania" esperam que o amor seja difícil e os consuma por inteiro. São ciumentos, possessivos. Como são raras as pessoas que conseguem suportar uma relação com alguém assim, eles são geralmente abandonados.

Pragma

Amantes pragmáticos não se apaixonam por pessoas que não se encaixam em suas vidas, planos e metas. Eles desprezam demonstrações de emoção e ciúmes, mas prezam sinais de comprometimento. Eles gostam de estar num relacionamento, desde que isso não signifique sacrificar sua paz de espírito e a tranquilidade em suas vidas. Caso contrário, eles não descartam viver sozinhos.