Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Julguei, mas me arrependo

Aqueles que vivem presos a padrões estabelecidos pela sociedade nunca serão capazes de enxergar além. Será que você é uma das pessoas que seguirão o caminho certo, ou aquele que leva para trás? Venha se inspirar com mensagens e reflexões sobre mudança de ponto de vista e absorva esses ensinamentos!

Zona de conforto

Eu me acomodei e passei a aceitar apenas o que se encaixava na minha zona de conforto. Esse foi o meu maior pecado, pois foi a partir daí que limitei minha perspectiva e julguei quem me cercava. Hoje eu vejo o quão errado estava em não respeitar o que era diferente.

Melhorar

Por todas as vezes que me enganei, por todas as vezes que meu julgamento foi errôneo, por todos os corações que machuquei com as minhas ações, eu me arrependo. Somente sentir isso não apaga o que aconteceu, mas me abre a oportunidade de melhorar e não cometer os mesmos erros daqui para frente.

Espelho

Todos os julgamentos, preconceitos e limitações que eu impus aos outros serviram para me mostrar uma coisa, o meu próprio reflexo. O maior arrependimento que carrego até hoje, espelhar nos outros as minhas falhas, me ensinou, de maneira dolorosa, a não estar limitado ao meu ponto de vista.

Regra

Na vida todos nós temos algum segredo inconfessável, algo que não nos agrada, um ponto a se melhorar ou um foco de insegurança. Eu não fujo dessa regra e por isso me arrependo profundamente de ter deixado meus preconceitos falarem mais alto, de ter julgado o meu próximo.

Daqui para frente

A partir de hoje eu deixo pra trás todas as atitudes erradas que tomei no passado, todos os julgamentos precipitados, todo o preconceito cultivado e todos os corações machucados. A partir de hoje, disso tudo, eu levo comigo só uma coisa, o arrependimento, como um lembrete para não cometer os mesmos erros.

Limitações

Toda vez que julguei alguém, por qualquer motivo que seja, eu não estava sendo verdadeiro com essa pessoa, eu só estava externalizando minhas próprias limitações. Hoje eu posso ver isso com clareza e consigo admitir que estava errado.

Medo

O meu maior medo sempre foi estar errado, talvez seja por isso que usei todas as minhas limitações e preconceitos para julgar o próximo. Agora eu vejo que o medo me fez errar, e errar muito feio, e a única coisa que temo, daqui para frente, é não poder me arrepender.

Pensamentos para lidar com os seus medos

Novo caminho

O arrependimento pode ser um processo difícil, pesado e custoso, afinal... quem gosta de dizer que estava errado? Mas é graças a ele que hoje eu posso aprender com os meus erros e seguir um novo caminho, livre dos velhos julgamentos, em direção a minha melhor versão.

Barreiras

A maior barreira que tive de vencer estava dentro de mim, ela era uma junção de todos os meus preconceitos, limitações e julgamentos errados. O arrependimento foi a única ferramenta capaz de derrubar essa barreira e me mostrar um novo caminho para ser melhor.

Esperança

O arrependimento foi, para mim, uma luz de esperança, pois foi ele que me livrou de permanecer com os meus julgamentos errados e visão limitada.

Cura

Julgamentos precipitados, preconceitos, intrigas e se manter em um pensamento limitado foram como doenças para a minha mente. Eles me enfraqueceram e me afastaram das coisas boas que gosto de fazer. O remédio para me libertar de tudo isso foi me arrepender e buscar conhecimento para não estar mais preso ao mesmo ponto de vista sempre.

Um passo atrás

Julgar alguém com base no que eu conheço não me fez ser melhor do que as outras pessoas, muito pelo contrário, só aumentou as minhas limitações. Dar um passo atrás, e sair do ambiente ruim que eu mesmo criei, ampliou minha perspectiva e me fez perceber como estava errado.

Ignorância

Me deixei levar pelas limitações que cercavam a minha perspectiva, pelos preconceitos que me criaram e pela ignorância de não buscar conhecimento, e por tudo isso eu me arrependo. Afinal, hoje eu consigo entender que, quando eu me permiti viver assim, eu passei a julgar nos outros os erros que estavam em mim.