Não sou mãe, mas sou tia

Ser tia é como ser uma segunda mãe. As tias cuidam, vigiam, são super protetoras e só querem o bem dos sobrinhos. Para elas, eles são os filhos que a vida lhes deu, são como presentes de Deus, são parte de sua vida e do seu amor incondicional pela família.

comentários

anterior

Dia do Artista de Teatro

Uma homenagem a todos que mantém vivo o espírito dos palcos

próxima

Enfrente os seus medos

Encontre a sua missão de vida e siga em frente!