Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up
Mulher deitada no sofá com a mão na cabeça

Pesadelos de morar sozinho

Morar sozinho é uma conquista para muitos. Tornar-se independente dos pais e ter um lugar para chamar de seu pode significar a realização de um grande sonho, mas nem tudo são flores quando o assunto é morar só. As contas não param de chegar, a casa precisa ser limpa, o gás acabou e ainda de quebra entrou um inseto esquisito na sua cozinha. Alguns perrengues são inevitáveis, outros podem ser resolvidos com algumas precauções. Conheça os pesadelos de morar sozinho e saiba como remediar cada um deles. Evite transtornos e aproveite essa experiência da melhor maneira possível! Confira essas dicas e faça da sua casa um lugar dos sonhos para você e seus visitantes.

Insetos estranhos

Inseto estranho agarrado a uma barra de ferro

Morar sozinho é descobrir que, na sua antiga casa, os insetos sumiam ou mal apareciam porque sua mãe matava todos. E quando não se tem ninguém para ajudar nessa árdua e difícil tarefa de espantar os insetos estranhos? É preciso se preparar para a chegada dos invasores, logo você aprende que eles sempre vêm. Comece não esquecendo de ter sempre inseticida em casa e uma boa vassoura ao seu alcance. E que a guerra contra os insetos comece!

Sem energia

A energia acabou, será uma falha da empresa ou você que esqueceu de pagar as contas em dia? Essa é sempre uma questão a se fazer para quem mora sozinho. Evite os perrengues que a falta de energia traz. Comece organizando as contas pela data de pagamento, depois se prepare para as eventuais falhas de distribuição. Tenha sempre uma lanterna ou velas e fósforo em um local de fácil acesso. Agora é só torcer para a luz não acabar, mas caso aconteça, aproveite para lidar com sua própria companhia.

O que fazer quando a luz acaba? Confira algumas dicas!

Lâmpadas

Lâmpada queimada

Afinal, quantas pessoas são necessárias para trocar uma lâmpada? É só quando moramos sozinhos que aprendemos que as lâmpadas não são infinitas e mais cedo ou mais tarde irão queimar. Por isso, é sempre importante ter uma lâmpada reserva e ficar atento quando a luz começar a falhar, já que ninguém merece trocá-la no escuro. Lembre-se de ter uma reserva em casa, de nada adianta pagar a conta em dia se não tiver uma mísera lâmpada.

Sem gás

Fogão com duas bocas acesas

O pesadelo de qualquer pessoa que mora sozinha é o gás acabar em pleno domingo. Não existe nada que nos deixe imune a esse transtorno, mas você pode se programar minimamente. Na próxima vez que trocar o botijão, conte quantos dias ele dura e faça uma média de quando ele deverá ser trocado de novo. Dessa forma, você pode se planejar financeiramente e passar menos perrengue no almoço de domingo.

Feche as janelas

Quem nunca esqueceu as janelas abertas e de repente toda a chuva do mundo decide cair exatamente quando você não está mais em casa? Esse perrengue poderia ser resolvido com uma ligação, mas você mora sozinho e ninguém pode te ajudar, e agora? A dica parece simples, mas você pode evitar maiores transtornos, como ter que dormir em uma cama encharcada ou ter todas as suas roupas com cheiro de cachorro molhado. Sempre que sair de casa, certifique-se de que tudo está fechado, independente do sol que esteja fazendo lá fora.

Ainda não mora sozinho? Saiba os primeiros passos para a independência

Não fique só

Homem sozinho sentado olhando pela janela

Morar sozinho é uma ação cercada de perrengues. Apesar de todos os obstáculos, só quem optou por viver assim sabe a paz que ela traz. Mesmo assim, não fique só. Não deixe de sair com seus amigos ou chamá-los para uma visita no fim do dia. Assim você pode contar todas as histórias que os perrengues de morar sozinho te proporcionaram.

Presentes de casa

Panela de inox com colheres de paus em cima de balcão, ao lado de potes de temperos

A vida de quem mora sozinho se resume a sonhar com presentes para casa. Natal chegando? O maior desejo de quem mora só é um conjunto de panelas. Mãe vindo fazer uma visita? Bem que ela poderia trazer um pote novo para a coleção. Com o tempo você passa a entender a felicidade das suas tias quando ganhavam uma frigideira e mal pode esperar sua vez!

Faça você

Quando se começa a morar sozinho, é preciso aprender as tarefas básicas de uma casa. Lavar roupas, passar, cozinhar, fazer faxina, manter as contas em dia... a lista é longa. A primeira vista pode parecer coisas demais para lembrar, mas com o tempo tudo se torna rotina. O ponto positivo é que você aprende a não depender de ninguém, o que pode evitar muitos perrengues. Além disso, fazer algo sozinho pode ajudar muito a manter suas contas no azul.

Aprenda a criar um plano alimentar de forma simples

Fazendo compras

Carrinho de comprar em supermercado

Quando vamos morar sozinhos, a primeira imagem de geladeira que temos é aquela repleta de besteiras: doces, refrigerantes, cerveja, comida congelada e muuuita gordura, mas vamos com calma. Organize suas compras e lembre-se: o mundo não acaba amanhã! Você pode comer todos esses itens, mantendo o equilíbrio e com atenção na saúde. Com o passar dos meses você vai perceber que isso é uma ilusão e a geladeira de quem mora sozinho só tem fartura de água e ovo!

Aprenda a dosar

Quem mora sozinho e nunca comeu a mesma comida durante uma semana inteira que atire a primeira pedra! Acontece que o costume de cozinhar em grandes quantidades atrapalha quem mora sozinho há pouco tempo. Evite comer a mesma comida ou, ainda pior, desperdiçá-la. Aprenda a dosar o que você irá comer em no máximo dois dias! Nada de fazer 10 medidas de arroz e achar que elas acabam logo ou que não estragam. Cuidado com a empolgação na hora de cozinhar!

Confira mais algumas dicas e aprenda a morar sozinho