Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Que sua verdade prevaleça

Durante a vida, você vai ouvir muitas coisas sobre si mesmo. Poucas delas estarão corretas, a não ser que alguém que te conheça de verdade as diga. Mas a primeira e única pessoa que pode te julgar é você mesmo. Procure dentro do seu ser e encontrará as respostas que procura para cada pergunta.

continue lendo
Compartilhar

É importante estar sozinho

A solidão é algo muito importante para o autoconhecimento, pois quando se está só, é um momento de reflexão para entender os pontos fortes e fracos da vida. Entender os motivos das dificuldades que se passam e dos sentimentos ruins que possam estar povoando o coração. As melhores decisões vêm desse tipo de situação, onde se sente e depois racionaliza, para então colocar em prática algo que realmente possa dar certo.

O que os outros dizem pouco importa

A verdade dos outros não é capaz de definir a nossa. Por mais que às vezes desejamos viver sob expectativas alheias, isso não é capaz de nos completar e em algum momento começa a ruir. Precisamos aceitar aquilo que somos para que de alguma maneira possamos ser felizes. Sendo assim, não devemos nos importar tanto com aquilo que os outros pensam, pois pode, na verdade, não significar absolutamente nada para nós. Precisamos respeitar os nossos sentimentos, pois eles são o nosso termômetro natural, ao qual deve estar acesa toda a atenção.

O estereótipo é uma rasa concepção

A forma como as pessoas nos veem e colocam em uma determinada categoria, na verdade, não quer dizer absolutamente nada. As pessoas precisam de estereótipos para de alguma forma julgar alguém pelo que elas acreditam ser. Mas as pessoas são mais parecidas do que imaginam, apesar de parecerem completamente diferentes por fora. O problema é que elas não são fiéis aos verdadeiros sentimentos e passam uma vida toda sem se conhecer. Faça o oposto disso e terá a confiança necessária para ser feliz.

Liberdade e não viver na mentira

Ao negar aquilo que realmente somos e tapar os ouvidos para as vozes que gritam em nosso interior, optamos por viver uma mentira que nada mais é que uma prisão sem janelas. Nossa alma precisa de luz, e se não tem, ela morre um pouco a cada dia. Só podemos ser plenos enquanto livres e isso só pode surgir do autoconhecimento e de ações que se ajustam a ele.

Aceite que é pequeno para ser grande

Nós homens enquanto espécie somos muito pequenos, porém com mania de grandeza, como se o universo girasse em torno de nossa vontade. Quem pensa assim não conhece nada, quem dirá de si mesmo. Uma pessoa como essa, se encontra perdida e se não ver o quadro como um todo, assim falecerá. Não sabemos de nada e nada dominamos. Devemos entender o nosso lugar no universo, pois com um pouco de consciência da realidade, podemos avançar mais que todos os outros homens.

Olhe para onde ainda não olhou

Se parece que a felicidade está muito longe, é porque ainda não olhou para onde deveria. Se não encontra o que está procurando no mundo, é porque o caminho está dentro de você. Se olha para seu interior e ainda se encontra no escuro, é por evitar o medo que lá está. Encare aquele que te desconforta, pois assim conseguirá conforto e por essa atitude lhe será mostrada a direção correta.

A vida não é fácil

A vida é difícil, é uma tarefa árdua em que passamos por desafios constantes. Ao vencer um, já se sabe que em algum momento outro chegará. Por isso, é importante se conhecer, pois se aprende a lidar com as mais diversas situações. E não peça que tudo lhe seja dado, é preciso tatear e ter paciência para descobrir todo o potencial que você pode entregar.

 

Aceitar a falta de conhecimento

Quando se diz que é necessário aceitar a falta de conhecimento, não é dizer que não se saiba de nada, mas simplesmente que ainda há muito para aprender. Por mais que se estude ou se passe por inúmeras situações, ainda existe um infinito de possibilidades que não podem ser exploradas no prazo de uma vida, mesmo que ela seja mais longa que as demais. Não temos como aprender sobre tudo, mas podemos ter o máximo possível daquilo que gostamos. Aceitar que sempre há mais o que fazer, traz conhecimento e confiança para continuar a sempre buscar.

Ao conhecer os limites, eles já não existem

Precisamos ter uma ideia geral de até onde, na teoria, podemos chegar. Assim, desde sempre já pensamos, nem que seja um pouco, em uma forma de poder transpassar essa muralha. Nada pode nos deter quando conhecemos a nós mesmos. Todo o limite que alcançamos é porque já estamos perto de ultrapassá-lo. A única barreira para um sonho está na mente, se vencendo nesse território inóspito, nada do lado de fora é capaz de fazer frente.

Só nós podemos nos derrotar

É preciso entender o que se passa dentro das nossas ideias para saber qual a melhor forma de buscar a felicidade. A confiança para ir mais longe passa por um processo de autoconhecimento. A única pessoa capaz de nos levar para a ruína, mora dentro desse mesmo corpo. O que vem de fora só atinge aquele que permite ser atingido. Só nós somos capazes de nos destruir, com todo o resto é possível lidar com certa facilidade.

Você pode ser o que quiser

Nós como seres racionais podemos ser aquilo que desejamos, desde que respeitemos os nossos sentidos e sem atiçar atitudes contra a moral. Podemos sorrir e nos expor felizes, mas também podemos viver de forma mais tranquila em um canto mais isolado. Podemos deixar que a timidez seja um charme, ou caminhar como se o mundo fosse um parque de diversões particular. A saída para ser feliz é compreender quem somos e ser o que desejamos.

Se precisar de um guia, olhe para dentro

Os guias que o mundo coloca à disposição têm a simples tarefa de te fazer respeitar o guia que se encontra dentro de você. Nós vivemos no escuro por que assim escolhemos. A luz do nosso caminho está aprisionada dentro do peito e a única coisa que precisamos fazer é dar para ela a possibilidade de sair. O guia que se precisa nasce conosco, basta silenciar a voz exterior para escutar aquela que realmente faz a diferença.

Autocontrole não é falso controle

O autocontrole é algo que surge do autoconhecimento que gera confiança para superar obstáculos, advindos da certeza de estar no caminho certo. Isso é algo de imensa importância para qualquer pessoa. O problema existe quando as pessoas se preocupam em controlar fatores externos, que podem por muitas vezes, não acrescentar absolutamente nada, enquanto corre o risco de destruir algo como não pode ser recuperado, como o tempo.

Seja um conhecido para você

Umas das grandes tristezas do mundo é morrer com algum arrependimento. Por isso, é importante se conhecer o melhor possível para não existam muitos arrependimentos em seu caminho. O que você representa para os outros pode ser pouco, afinal, do que vale ser admirado por muitos se você não é capaz de conquistar a si mesmo...

Conflitos são internos

Quem acredita que os conflitos da vida nascem do mundo, está muito enganado. Se você se sente em conflito, é porque há um certo desequilíbrio interno. Quando tudo está em harmonia, nada pode perturbá-lo, por isso, mesmo enfrentando uma difícil batalha, o guerreiro se encontra em paz. A guerra a ser vencida se encontra dentro de cada um de nós.

fechar