Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Quem deixa também sofre

Histórias, decisões, escolhas e momentos fazem parte da vida de todo mundo! Por isso, todos os lados sentem quando algo na vida muda. Não adianta achar que a pessoa lá do outro lado não está sofrendo. Não tem como fugir da dor e da saudade!

Desarmonia

Eu morava com os meus pais, era muito desagradável morar com eles, eram brigas constantes e a vida se tornava tumultuada. Eu voltava para casa somente para dormir. Pensei na hipótese de deixá-los, apesar de ser uma decisão difícil porque sabia que seria muito ruim para eles também, mas afinal estava insuportável viver neste ambiente. Demorei semanas avaliando a melhor forma de dizer que partiria e viveria por minha conta. Como é difícil tomar decisões sem machucar ninguém.

Solidão

Percebi que estava vivendo a solidão a dois, percebi que dormíamos sem nos olharmos, percebi que não fazíamos amor, percebi que não tinha mais alegria e nem amor. Mas, ainda viria o pior: como pedir a separação sem fazer o outro sofrer ou se surpreender e não aceitar a decisão? Por pior que esteja o relacionamento, a gente sofre de romper e causar mais sofrimento!

Desentendimentos

Percebi que deixei de ser eu mesma, esqueci de sorrir, de ser feliz, de fazer planos, percebi que estava vivendo ao lado de alguém que nem conversávamos mais. Vivíamos uma imensa e profunda tristeza juntos. Percebi que deveria tomar atitudes e pedir a separação, afinal já vivíamos vidas paralelas. Mesmo assim, é desconfortável ser a portadora das palavras que machucam, que provocam culpas e desentendimentos. Não queria acusar e nem apontar, apenas queria dizer para cada um seguir o seu caminho. Tomar essa atitude foi o momento mais doloroso de causar o sofrimento, mesmo sabendo que seria a melhor opção.

Idealizações

Deixei para trás os meus sonhos e idealizações, vesti a minha roupa nova, a coragem e a fé, a partir desse momento nada me pareceu difícil. Enfrentar a realidade foi a melhor escolha que pude fazer. O mais difícil foi me permitir fazê-la, pois eu me boicotava acreditando que eu não daria conta.

Insucessos

Quem se prepara para terminar uma relação sofre a cada minuto, precisa encontrar a maneira correta para falar, precisa ter o discurso pronto, precisa se preparar emocionalmente com a reação do outro. Nunca é fácil tomar essa decisão. Essa situação deixa o outro no papel do questionador, mas poderíamos agir diferente, poderíamos recomeçar, poderíamos tantas coisas… Sabemos que o sofrimento é mútuo, mas quem usou a razão e deu o primeiro passo carrega o sofrimento em silêncio por meses, até achar o momento certo, se é que exista tal momento. Não estamos preparados para insucessos!

Responsabilidade

Nós causamos um mal maior quando decidimos deixar alguém, porque as pessoas sentem pena, afinal a pessoa foi largada. Precisamos mudar esse foco, um relacionamento termina e o quanto cada um é responsável. Precisamos assumir a parte que nos cabe e não se vitimizar e piorar a situação para si e para o outro que assumiu a frente terminando o relacionamento. Nunca será fácil, mas a forma de se posicionar pode ser a diferença para não se vitimizar ou assumir o papel do vilão.

Relacionamento

A responsabilidade de assumir um final de relacionamento nunca é uma decisão fácil, quem a toma é mais racional e percebe a situação desgastada e assume a frente. O outro pode ser mais acomodado, sonhador e espera que algo mude. Não adianta apontar ou se fazer de vítima. Quem toma a decisão sofre e muito, precisou pensar em tomar a decisão, o momento certo para falar e o que se calou não tem o que fazer a não ser aceitar. As duas partes sofrem, não existem maneiras certas de deixar alguém e nem de ser deixado.

Problemas

Quando estamos envolvidos nos problemas do dia a dia, nos tornamos egoístas. Eu não percebi que o nosso relacionamento havia terminado, estava acostumada a vida que havíamos formado, mas já não existia nada, havia silêncio, havia um vazio, haviam duas pessoas solitárias. Assim que percebi não conseguia ter coragem de assumir uma postura e tomar a decisão de uma separação. Temia machucar mais do que já estávamos machucados.

Despropérios

Eu tinha uma amiga inseparável no tempo de escola, nós íamos ao cinema, a lanchonete, fazíamos parte de um grupo de dança onde tínhamos amigas em comum. Éramos muito ligadas! Certa vez ela começou a namorar e o namorado era uma pessoa estranha, porque além dela ele tinha outra namorada, mas parecia que ela não queria ver. Passeando no shopping com os meus irmãos, eu vi o namorado dela beijando outra garota na fila do cinema e aquilo me entristeceu. No final daquele dia fui me encontrar com a minha amiga e ela estava deprimida porque o namorado disse que tinha ido viajar, eu sabia que era mentira, mas preferi não contar para não chateá-la mais. Passaram-se alguns dias e outra pessoa contou tudo para ela e ela discutiu comigo porque eu sabia e não contei. Eu tentei explicar, mas ela não quis me ouvir! A nossa amizade ficou abalada. Ela, uma pessoa rancorosa, começou a falar despropérios ao meu respeito. Apesar da nossa amizade ser significativa, eu resolvi me separar dela. Eu parti nas férias de verão e nunca mais nos encontramos.

Coragem

Cheguei em casa pronta para conversar, dizer o que eu sentia, dizer que eu não estava feliz nesse relacionamento e dizer para darmos um tempo. Assim que cheguei em casa encontrei o meu companheiro desestruturado porque havia perdido o emprego. Ao ver o desespero em seus olhos, eu não tive coragem de dizer nada, me calei, o abracei e disse que ele seria capaz de encontrar um outro ainda melhor. Como é difícil encontrar o momento certo para dizer que acabou...

Superação

O nosso amor tomou um rumo inesperado, nós nos conhecemos e tivemos um caso. O que não esperávamos é que tivéssemos momentos maravilhosos, uma vida agradável um ao lado do outro. Tínhamos que contar para os nossos parceiros sobre nós e a nossa decisão de começarmos uma vida juntos. Tomamos a decisão de pedir a separação para os nossos companheiros e assim ficarmos juntos para viver aquele amor que nos deu forças para superarmos todas as dificuldades. A nossa maior dificuldade foi causar tanto sofrimento a quem um dia amamos e construímos as nossas famílias.

Término

A parte mais difícil não é perceber que o relacionamento terminou, mas dar um ponto final. Sempre que tomamos a coragem de falar, parece que algo te faz repensar e tentar em outro momento é muito difícil! Pensar que faremos a outra pessoa sofrer mais do que já está sofrendo é o que torna tudo mais complicado.

Perdendo um amigo

Eu me desentendi com o meu sócio, éramos amigos e construímos uma empresa juntos. A nossa sociedade estava indo bem até que percebi desvio de dinheiro e solicitei uma reunião para conversarmos sobre uma auditoria. Foi uma catástrofe a reunião, ele se ofendeu e quase nos pegamos no tapa. Eu via nele como a um irmão, foi muito difícil. Mas, resolvi me preparar para desfazermos a sociedade e com certeza a amizade não teria mais chances. Foi muito difícil perder um amigo!

Precipitação

A opção de deixar alguém martela na mente antes da separação e depois dela. Questiona-se se realmente fez a coisa certa, se não tomou atitudes precipitadas, se machucou o outro por não ter paciência e talvez esperar outro momento. Diferente da outra pessoa que não lhe restou opção, acabou e pronto, não tem volta. Às vezes se recupera mais rápido quem foi deixado do que aquele que deixou.