Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Sempre vou te fazer presente

Sempre é bom relembrar os bons momentos que vivemos, e no Dia da Saudade, comemorado em 30 de Janeiro, relembre aquilo que seu coração mais sente falta! Não permita que seu coração chore de pesar... Alivie a dor da saudade!

O coração não esquece

Saudade, um sentimento que não tem como arrancar do peito, mas que sempre tem uma direção certa ou pessoa da qual ela é concentrada. E o mais engraçado é que qualquer coisa, lugar ou momento que tenha vivido, é constantemente lembrado, porque o coração não esquece o que a mente tenta afastar.

Um sentimento sincero em meu coração

Se eu tenho saudade é porque amei, ainda amo e me faz falta. Se nasceu um sentimento assim em meu coração, é porque é sincero. A falta de algo me corrói por dentro, é como se um vazio dominasse o meu peito e me impossibilitasse de ser feliz sem essa parte.

A outra parte de mim são só lembranças

Parte do meu ser responde por uma saudade imensa, um vazio que toma conta de mim. A outra parte são só lembranças boas de um momento feliz, do qual me tornei completa. Mas passou. Agora o meu maior desejo é reencontrar você e desfazer esse nó que está amarrado em meu peito.

Todo cômodo desta casa me faz lembrar de você

Para mim, todo dia é o dia da saudade. Todo momento é oportuno para eu me lembrar de você. Todo cômodo desta casa me faz sentir o seu cheiro, ouvir sua gargalhada. Vivo em uma corda bamba de recordações, das quais eu me apego com firmeza para viver um pouco de você.

Até a eternidade estaremos juntos

Sempre vou te fazer presente, seja em meu coração ou mente. Você nunca sairá da minha vida, não importa a circunstância. Pode passar o tempo que for, pois o meu amor por ti jamais diminuirá, e pode apostar, até a eternidade estaremos juntos.

Nada seria fácil sem a sua recordação

Meu mundo não teria sentido algum se eu tirasse você da minha vida, se limpasse as minhas lembranças e recomeçasse do zero. Nada seria bom, nem mesmo fácil sem a sua presença constante, sem a recordação dos seus sábios conselhos, sem o que me ensinou até aqui.

Sem o que vivi, eu sou metade

Saudade é a prova de que algo muito bom aconteceu e, depois que passou, deixou marcas eternas. Por isso, eu sou dotada de tanta saudade, da falta incessante de pessoas queridas, de lugares especiais e de coisas que fizeram parte da minha vida. Sem isso, eu sou metade.

A ausência de pessoas especiais

O que me incomoda é a ausência de pessoas especiais, de momentos marcantes, de situações que passaram. O que eu mais prezo é por reviver momentos que jamais poderão voltar, mas que mesmo assim me parecem os melhores que um dia ei de viver.

Eu não cheguei até aqui sozinha

Quem é sensível ao coração sabe que saudade dói e que momentos inesquecíveis são marcantes demais para serem esquecidos. Por isso, eu sempre estou com falta de algo, seja de alguém, lugar ou coisa, porque não cheguei até aqui sozinha, precisei de cada detalhezinho para ser feliz.

Não julgo quem vive sentindo falta de alguém

Somente o que é importante desperta saudade. Basta que se afaste um instante e isso já é motivo para tristeza e dor no coração. Por isso, eu não julgo quem vive sentindo falta de alguém, aceito, afinal, quem nunca precisou se afastar para dar um valor a mais a quem se ama?

Preciso consertar essa saudade

Todo o tempo eu tenho saudade. Sinto falta do que passou, da minha juventude, dos amores e dos amigos que o tempo afastou. Preciso urgentemente consertar isso, mas não sei como, já que não posso voltar ao passado e reviver tudo outra vez.

Sem perceber estamos sufocados, prontos a pedir arrego

A saudade tem o dom de apertar com força o peito da gente. Sem perceber estamos sufocados, prontos a pedir arrego. Ela demonstra o quanto consideramos importante um momento ou pessoa em nossas vidas, mas infelizmente ela não tem o poder de nos trazer de volta uma situação vivida.

Somos dependentes, mesmo livres

Toda vez que o peito palpita de saudade é um sinal de que o amor está distante, e então o corpo padece. São momentos assim, cheios de vazios, que nos fazem perceber o quanto somos dependentes mesmo sendo livres.

Uma sensação momentânea de paz

Não dá para medir a saudade, mas dá para apaziguá-la revivendo todas as pessoas queridas, indo aos lugares que marcaram as nossas vidas e sentindo as boas vibrações de quem admiramos. Voltar ao passado e tentar se aproximar de novo do que foi vivido é uma coisa boa, prova de uma sensação momentânea de paz.

A saudade insiste em aparecer o tempo todo

O desejo de estar junto de quem hoje se faz longe, é chamado de saudade. O tempo todo ela insiste em aparecer e nos fazer entender que a vida tem muito mais sentido quando estamos ao lado de quem amamos, de pessoas realmente especiais que nos fazem evoluir e nos sentir em paz.