Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Sentimentos Embolados

Nosso coração é um órgão muito estranho. Às vezes sentimos um carinho enorme, uma felicidade enorme... Outras vezes estamos pra baixo, querendo apenas encontrar algo para nos fazer feliz. Dê um pouquinho de sua confusão (e felicidade) através de mensagens cheias de sentimento.

Poucas certezas

Bruno Érnica

Tenho poucas certezas
e uma delas é
que gosto
de você...

Me ajude a ter mais certezas,
me ensine a não te perder.

Voz da mudança

Bruno Érnica

Ela prometeu que tudo ficaria bem. Ela disse que a vida era assim, cheia de altos e baixos e que depois do desespero vem a redenção. Ela me contou que toda vez que ela sentia que não ia conseguir, que estava quase desistindo, ela puxava toda as forças que restavam e tentava novamente, e a calmaria chegava. Ela disse que vai passar. Vai passar quando eu parar de me lamentar e começar a tomar alguma atitude, pois reclamar não resolve problema, só faz ele ficar mais forte. Ela falou que só depende de mim. Depende da mudança de hábito, de falar mais do que fazer, de ser mais do que se é, de depender menos do que se pede. Ela parou de falar. Ela foi embora e me deixou sozinho... Ela sumiu para que eu começasse a mudar.

Alegria por aí

Bruno Érnica

Busquei por muito tempo formas de me manter alegre. Ajudei os outros, contei piadas, falei sobre o bem, sorri, fui gentil, fiz compras, comi meus pratos favoritos, viajei. Nada me bastou.

Aí deixei de procurar a alegria por aí. A encontrei em mim!

Se você deseja

Bruno Érnica

Se você deseja amar, deixe-se
levar
estar
conquistar.

Se você deseja um amor,
seja você,
seja como for!

Novo começo

Bruno Érnica

Por mais cruel que possa parece, o fim quer nos ter para não se tornar o que ele é por natureza. O fim, por mais fim que seja, nunca é o final. Não deixamos que um fim seja nosso. O fim é o nosso aliado na redenção. Todo fim é um novo começo.

Não deixe

Bruno Érnica

Não deixe. Não deixe para trás tantas promessas, ainda que elas já não façam mais tanto sentido para você. Não deixe de sorrir, ainda que os motivos para manter os dentes expostos não sejam tantos. Não deixe de acreditar, ainda que a mentira tenha dominado a maior parte das pessoas e saber quem é real é praticamente impossível. Não deixe a sua personalidade, ainda que o mundo te coíba a fingir para ser aceito. Não deixe de sonhar, ainda que dormir sem ter pesadelos não seja uma tarefa fácil. Não deixe de dizer o que sente, ainda que as outras pessoas não estejam prontas para ouvir. Não deixe de ser sincero, ainda que o mundo prefira a hipocrisia. Não deixe de você. Não deixe.

Me encontra

Bruno Érnica

Me encontra. Procura ali no nosso primeiro encontro, beijo ou transa. Me encontra, olha ali no cantinho do nosso pedido de namoro, do sim, da aliança. Me encontra, vá atrás daquele dia em que fomos tão felizes que mal coube na gente. Me encontra, naquele lugar que você me pegava e me devolvia, naquele lugar onde o nosso infinito acabava com a volta ao cotidiano...

Me encontra, busca o momento em que me perdi de mim, de você, de nós e me devolve ao que eu era antes.

A impressão de um like

Bruno Érnica

Já sei que você não gosta de mim. Isso fica muito nítido quando curte e comenta nas fotos de todos os meus amigos, menos nas minhas. Acho que você cancelou a assinatura do meu perfil, mas não tenho certeza, porque toda oportunidade de curtir o comentário de alguém que está fazendo alguma brincadeira de mal gosto comigo aparece, você curte sem dó. Não precisa mais ficar fazendo cena quando me vê. Pare de puxar assunto, de fingir que está interessado na minha vida ou com o que faço dela. Já sei que você é falso, então não precisa forçar a falsidade. E por que eu não dou um basta em tudo isso? Porque quero ver até onde você vai. Não vou contar para as pessoas quem você é, vou deixar que você demonstre isso sozinho, por si só. Você sabe dissimular, eu sei desvendar.

Marcas e traumas

Bruno Érnica

Abri a folha do passado. Estava amassada, jogada em um canto, mas isso não me impediu de consumir o seu conteúdo. Assim como as marcas da folha, descobri de onde vinham as minhas marcas. Minha mente ficou junto com o passado e fez questão de tentar apagar o motivo de alguns traumas. Compreendo a boa intenção como mecanismo de defesa. Infelizmente, apagando a raiz de uma dor ela só ramificou inúmeras outras. A mente tentou passar a folha do passado, na esperança de desfazer todas as marcas do papel. Mas marcas não somem, não se apagam, são eternas, assim como um trauma. Para anular o peso de um trauma, basta entender os motivos do passado... Um trauma não some, ele perde a força.

Novo fim

Bruno Érnica

Desprenda-se do que não te faz bem. É bobeira insistir em algo que não tem mais futuro, já que o amanhã é você quem faz. O que te fará feliz ao acordar? Você jamais saberá a resposta se não largar o comodismo hoje. Tendemos a achar que a vida vai melhorar, mas a mudança vem da gente, não do aguardo, da espera. Quem acredita sempre alcança, mas sem subir um degrau nada mudará. Encontre seus objetivos nas aspirações. Quem sonha sem aplicar o sonho vive de ilusão. Quem sonha acordado vive um pesadelo. Mude a rotina, encontre um foco, se paute em você. Não espere um novo final parado no início. Inicie agora o fim que você sempre esperou.

Só se há

Bruno Érnica

Só se sente arrependimento quando se gosta, mas se arrepender é relativo. Só se gosta quando o outro se faz envolver, mas o envolvimento morre quando não há mais interesse. Só há interesse quando uma das partes tem algo a oferecer, mas o oferecimento é benefício de quem tem muitas qualidades. Só há qualidades quando existe empatia, mas só se é empático quando a importância do outro é equiparável a sua. Só há empatia, qualidades, oferecimento, interesse, envolvimento, gostar e arrependimento quando existem duas pessoas. Quando uma sente mais do que a outra, só se há, nunca se é.

Comanda

Bruno Érnica

Pare de me entregar desmontado, sabendo que eu devolvo pronto. Pare de me amar pela metade, eu amo por completo. Pare de forjar os sentimentos, isso não é uma disputada de quem gosta mais... Pare de me tentar e continue tentando.

O amor não é uma comanda de paciência onde você vai gastando a sua consumação até ela estourar.

Marmita

Bruno Érnica

Quero levar
seu afeto
num potinho,
pra abrir
e consumir
sempre que
estiver sozinho.

Solidão

Bruno Érnica

Escolhi ser só, porque estar sozinho é um ponto de vista.
Ao ver um amigo, eu mato a solidão por algumas horas. Nas restantes, a solidão é a minha amiga. Quando nos encontramos, juntamos as solidões. Estamos sozinhos, mas coletivamente. Ao estar com alguém da família, com colegas de trabalho ou em um relacionamento, só ensinamos a nossa solidão a conviver em sociedade. Cada solidão possui um interesse e quando as solidões são compatíveis, surge um vínculo. E no fim da noite, quando estamos a sós, com a consciência e o travesseiro, quem deita ao nosso lado e conforta o nosso âmago é a solidão...

Ao aceitar a solidão, ela se torna a melhor companhia.