Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Você ama ou depende?

Você consegue diferenciar amor verdadeiro de dependência emocional? Embora ambos envolvam a pessoa amada, o amor é o único que vai te fazer bem. Fique atento aos sinais do coração.

Você entende o que sente?

Você consegue entender o que sente de verdade? É amor ou uma certa dependência emocional daquela pessoa? Quando consegue perceber a diferença entre essas duas coisas, fica mais fácil de avaliar o que está acontecendo em sua vida e também de conseguir sair de situações desagradáveis.

O amor não é uma prisão

O amor te liberta das coisas ruins, te torna uma pessoa melhor e de bem com a vida. A dependência é, exatamente, o oposto. Ela te incapacita, te prende, te torna mais vulnerável e muito mais sensível. É difícil conviver sentindo todas essas coisas, não é?!

Desculpas constantes

Você sente a necessidade de pedir desculpas constantemente ao outro? Algo está errado... O amor não incorpora nenhum sentimento de culpa sem razão clara e importante.

Impossível tomar atitudes

Você pensa e repensa mil vezes antes de fazer qualquer coisa, porque tem medo que o outro te deixe. O amor te faz se sentir seguro, e não receoso quanto às vontades do parceiro (a). Isso é dependência.

Aprovação

Você começa a sentir que precisa da aprovação do outro para tudo e, de repente, não se imagina mais fazendo nada sem antes passar pelos pensamentos dele, sem antes imaginar o que ele acharia daquilo. Em uma relação, é importante pensar que o que faz afeta o outro, mas você jamais deve se deixar levar por essa sensação de que precisa da aprovação dele para tudo.

Apenas um opina

O medo de perder o outro é tão grande, que não consegue sequer opinar sobre a relação. Deixa o outro tomar todas as decisões e decidir o que é melhor para vocês... Isso não é amor.

Mudança de planos

Você muda seus planos pelo outro, mesmo sabendo que os dele não te incluem? Deixa de fazer as coisas que gosta para acompanhá-lo nas dele, enquanto ele nunca faz o mesmo por você? Olha que desigual essa situação... você acha mesmo que o amor é assim? O amor é uma troca!

O outro é tudo

Como dito, a dependência muda nossa forma de pensar. Se você anda preocupado demais com o outro, se estressa ao menor sinal de sumiço, se ele demora a te responder, não te atende ou anda ocupado para encontrá-lo e você não consegue suportar essa ideia, saiba: a dependência está te dando claros sinais.

Depender magoa

Quando você depende de uma pessoa, consegue se magoar com mais facilidade e tudo pode acabar se tornando dor. Quando amamos, conseguimos ser justos e entendemos que, às vezes, é melhor deixar o outro ir. Quando dependemos, não aceitamos as condições e podemos causar feridas difíceis de cicatrizar.

Seja honesto com você mesmo

Seja honesto com seus sentimentos, nós nunca conseguimos enganar a nós mesmos por completo. Você sabe que aquela relação não tem futuro, mas insiste em continuar por que se sentirá sozinho? Por que ainda não se imagina longe da pessoa, mas sabe que quando se separam, seus sentimentos ficam mais fracos? Então, talvez, você esteja enfrentando um caso de dependência e não de amor. Seja honesto!

Precisa se sentir amado

Vive perguntando ao outro se o ama e tem a necessidade que todos ao seu redor demonstrem o que sentem por você. A insegurança anda falando alto em sua vida, outro sintoma da dependência extrema.

Tudo se torna mais fácil

O amor deveria tornar as coisas mais fáceis para você, e não torná-las ainda mais complicadas. Se isso anda acontecendo, preste atenção e identifique se você não está se tornando dependente da outra pessoa. A dependência muda nossos pensamentos e ações, e tende a complicar as nossas relações.

Pula de relação em relação

Existem casos e casos, mas, geralmente, a dependência faz com que a pessoa acredite que não consegue ficar sozinha e, por isso, pula de relação em relação, sem esperar um tempo para reestabelecer as emoções. Ser feliz sozinho é possível, e é de suma importância que você aprenda isso.

Você faz o que não quer

Para manter a pessoa ao seu lado, você faz o que não quer, mesmo que sejam coisas que precisam de um grande e sonoro “não”. Por exemplo: aceitar falta de respeito, traições, mentiras... coisas que destroem qualquer relação.

Você se sente incapaz

Você acha que nada do que faz é suficiente para agradar a outra pessoa. Tem medo de errar e de ser quem você é. Mede suas palavras a todo momento e até deixa de se pronunciar se achar que aquilo o ofenderá. O amor não te torna essa pessoa, abra os olhos!

Não sente mais prazer nas atividades cotidianas

A situação está tão tensa e desgastante que você não consegue mais se sentir feliz fazendo o que sempre fez, e acaba descontando nas pessoas ao seu redor, ficando extremamente irritado, nervoso e sem paciência. E basta as coisas voltarem ao normal entre vocês que o seu mundo ganha cor novamente... A dependência está ficando séria!