fechar
Receba diariamente lindas mensagens para se inspirar!

Você vai receber até 1 mensagem por dia R$ 0,39+tributos por mensagem recebida. Assinatura diária, renovação automática. Para cancelar envie
SAIR para o 50005. Se
tiver dúvida, envie AJUDA
para 50005. Serviço
válido para todas
as operadoras.

Anterior
Paulo Leminski

O senhor dos haicais, Leminski foi um grande poeta

Anterior
Próxima
Começar o Dia Bem

Comece o dia com o pé direito. A vida te espera!

Próxima

Poemas de Casimiro de Abreu 2

A Uma Platéia

Baixe o PDF do Livro!

"A Uma Platéia" é um poema escrito por Casimiro de Abreu em 1858, no qual ele apresenta a uma plateia o "desabrochar" de um artista e o compara à vida de uma planta. Pequeno, mas profundo e belo.

facebooktwittergoogle+

Canto de Amor

Baixe o PDF do Livro!

"Canto de Amor", escrito por Casimiro de Abreu, fala sobre um rapaz que sempre sonhava com uma moça quando fechava seus olhos e clamava por um amor. Certo dia, ele encontrou-a e soube, de imediato, que era ela: a garota que ele sempre sonhava. Porém, o que poderia ser uma história de amor não aconteceu. Ela nem sequer notou a presença do rapaz, que voltou novamente a sonhar com ela.

facebooktwittergoogle+
Publicidade

No Jardim

Baixe o PDF do Livro!

O poema "No Jardim", escrito por Casimiro de Abreu, é dividido em duas partes, nas quais ele contempla a beleza de uma criança que brinca despreocupadamente no jardim correndo atrás de uma bela borboleta, que roça a sua rósea face. Depois, mostra-se preocupado com o futuro, recomendando que ela aproveite enquanto a infância faz parte da sua vida.

facebooktwittergoogle+

Palavras no Mar

Baixe o PDF do Livro!

Em "Palavras No Mar", o poeta lamenta não ser amado e não ter ninguém a quem amar, faz suposições de como seria receber os longos beijos de uma mulher e estar nos braços de uma! Mas tudo o que ele sente é a dor de estar sozinho. Escrito por Casimiro de Abreu.

facebooktwittergoogle+

Pepita

Baixe o PDF do Livro!

Em "Pepita", Casimiro de Abreu dá vida a um homem apaixonado que sabe que sua vida é feliz e plena, mas que precisa dela, Pepita, para que tudo melhore ainda mais. Um poema com lindos versos! Delicie-se com esse grande autor.

facebooktwittergoogle+

Saudades

Baixe o PDF do Livro!

"Saudades": poema de Casimiro de Abreu no qual o eu-lírico conta sobre a saudade que sente dos seus amores e da sua terra, principalmente ao cair do dia, quando as estrelas cintilam e o mar se aquieta. Lindos versos, recomendado a todas as pessoas!

facebooktwittergoogle+

Segredos

Baixe o PDF do Livro!

"Segredos" é um lindo poema escrito por Casimiro de Abreu no qual ele joga por alto seu amor dos tempos antigos, uma jovem pequena de olhos azuis e tranças compridas que certo dia, em um baile, valsou com ele e se jogou em seus braços. Ele sempre dizendo que não quer, não pode e não deve contar nada além disso.

facebooktwittergoogle+

Deus!

Baixe o PDF do Livro!

"Deus!" é um lindo poema escrito por Casimiro de Abreuque conta a história de um menino que ouviu falar de Deus pela primeira vez quando estava na praia com sua mãe. Impressionado com o tamanho do mar e com a força do vento, ele perguntou à mãe o que poderia ser maior que tudo aquilo, ao que ela lhe respondeu que havia um Ser que não se podia ver, mas que era muito maior que tudo o que podiam enxergavar: esse Ser era Deus!

facebooktwittergoogle+

Dores

Baixe o PDF do Livro!

No poema "Dores", o eu-lírico criado por Casimiro de Abreu tenta nos mostrar como é forte a dor do amor. Quanto tempo gastamos durante nossa vida em noites de luxúria sem compromisso algum? No futuro, nos falta alguém com quem deveríamos partilhar os últimos momentos de vida. Um poema muito bonito, que deve ser lido devagar, saboreando as palavras.

facebooktwittergoogle+

Horas Tristes

Baixe o PDF do Livro!

"Horas Tristes" é um poema de Casimiro de Abreu escrito em abril de 1858, no qual o eu-lírico narra suas dores e sofrimento, dizendo sentir que sua hora está chegando, que a morte já lhe bate à porta e já não sente mais felicidade. Em contrapartida, ele não se importaria de morrer se a mulher de seus sonhos estivesse junto com ele, dando-lhe alegrias e amor. Assim, morreria feliz, agradecendo a Deus.

facebooktwittergoogle+

Meus Oito Anos

Baixe o PDF do Livro!

"Meus Oito Anos" é o poema mais conhecido de Casimiro de Abreu. Conta sobre a saudade que sente da sua infância, a doce alegria de ser criança, a inocência e a ingenuidade fazendo parte de seu ser, inclusive sobre como tudo era muito mais fácil e mais gostoso. Um poema realmente belo, recomendado para todas as idades! Vale a pena.

facebooktwittergoogle+

Moreninha

Baixe o PDF do Livro!

No poema "Moreninha", o eu-lírico de Casimiro de Abreu sofre de amores pela Moreninha, bonita moça de tranças presas com fitas que, por onde passa, faz os homens suspirarem. O eu-lírico sonha em obter o amor da moça, prometendo a ela todo o amor, flores e canções possíveis caso ela se torne sua amada.

facebooktwittergoogle+

Na estrada

Baixe o PDF do Livro!

O poema "Na Estrada", de Casimiro de Abreu, conta a história de um pobre velho mendigo, sem família, sem lar e sem comida que, ao pedir esmolas humildemente, foi brutalmente ignorado por um homem que passava com seus companheiros, vangloriando-se de seus lucros. Um poema muito interessante que vale a pena ser lido.

facebooktwittergoogle+

Folha Negra

Baixe o PDF do Livro!

"Folha Negra" é um poema escrito por Casimiro de Abreu em Setembro de 1858.

facebooktwittergoogle+