fechar
Receba diariamente lindas mensagens para se inspirar!

Você vai receber até 1 mensagem por dia R$ 0,39+tributos por mensagem recebida. Assinatura diária, renovação automática. Para cancelar envie
SAIR para o 50005. Se
tiver dúvida, envie AJUDA
para 50005. Serviço
válido para todas
as operadoras.

Anterior
Aniversário Perfeito

Mensagens para desejar parabéns a quem você mais ama!

Anterior
Próxima
Poesia do Bem

Lindas poesias para você expressar seu sentimento

Próxima

Poesias sobre amor não correspondido

Confira as melhores poesias cheias de sentimento e compartilhe.

Reflexo

Pablo Neruda

Se sou amado Quanto mais amado Mais correspondo ao amor. Se sou esquecido Devo esquecer também Pois amor é feito espelho Tem que ter reflexo.

facebooktwittergoogle+

O Amor

Fernando Pessoa

pinterest

O amor, quando se revela Não se sabe revelar Sabe bem olhar pra ela Mas não lhe sabe falar Quem quer dizer o que sente Não sabe o que há de dizer Fala: parece que mente Cala: parece esquecer Ah, mas se ela adivinhasse Se pudesse ouvir o olhar E se um olhar lhe bastasse Pra saber que a estão a amar! Mas quem sente muito, cala Quem quer dizer quanto sente Fica sem alma nem fala Fica só, inteiramente! Mas se isto puder contar-lhe O que não lhe ouso contar Já não terei que falar-lhe Porque lhe estou a falar...

facebooktwittergoogle+
Publicidade

Coisa Amar

Manuel Alegre

pinterest

Contar-te longamente as perigosas Coisas do mar. Contar-te o amor ardente E as ilhas que só há no verbo amar Contar-te longamente longamente Amor ardente. Amor ardente. E mar Contar-te longamente as misteriosas Maravilhas do verbo navegar E mar. Amar as coisas perigosas Contar-te longamente que já foi Num tempo doce coisa amar. E mar Contar-te longamente como dói Desembarcar em ilhas misteriosas Contar-te o mar ardente e o verbo amar E longamente as coisas perigosas.

facebooktwittergoogle+
sms

Amor alheio

Mario Quintana

Quiseste expor teu coração a nu E assim, ouvi-lhe todo amor alheio Ah, pobre amigo, nunca saibas tu Como é ridículo o amor... alheio!

facebooktwittergoogle+

O verbo no infinito

Vinicius de Moraes

Ser criado, gerar-se, transformar O amor em carne e a carne em amor; nascer Respirar, e chorar, e adormecer E se nutrir para poder chorar Para poder nutrir-se, e despertar Um dia à luz e ver, ao mundo e ouvir E começar a amar e então sorrir E então sorrir para poder chorar. E crescer, e saber, e ser, e haver E perder, e sofrer, e ter horror De ser e amar, e se sentir maldito E esquecer de tudo ao vir um novo amor E viver esse amor até morrer E ir conjugar o verbo no infinito...

facebooktwittergoogle+

Soneto de Fidelidade

Vinicius de Moraes

pinterest

De tudo ao meu amor serei atento Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto Que mesmo em face do maior encanto Dele se encante mais meu pensamento Quero vivê-lo em cada vão momento E em seu louvor hei de espalhar meu canto E rir meu riso e derramar meu pranto Ao seu pesar ou seu contentamento E assim, quando mais tarde me procure Quem sabe a morte, angústia de quem vive Quem sabe a solidão, fim de quem ama Eu possa me dizer do amor (que tive) Que não seja imortal, posto que é chama Mas que seja infinito enquanto dure.

facebooktwittergoogle+

Amar não é

Julyana Fernandes

pinterest

Amor não é se envolver com a pessoa perfeita Aquela dos nossos sonhos Não existem príncipes nem princesas Encare a outra pessoa de forma sincera e real Exaltando suas qualidades Mas sabendo também de seus defeitos O amor só é lindo quando encontramos alguém Que nos transforme no melhor que podemos ser.

facebooktwittergoogle+
sms

Confia em meu amor

William Shakespeare

Duvida da luz dos astros De que o sol tenha calor Duvida até da verdade Mas confia em meu amor.

facebooktwittergoogle+

Amor é fogo que arde sem se ver

Luís de Camões

Amor é fogo que arde sem se ver É ferida que dói e não se sente É um contentamento descontente É dor que desatina sem doer É um não querer mais que bem querer É um andar solitário entre a gente É nunca contentar-se de contente É um cuidar que se ganha em se perder É querer estar preso por vontade É servir a quem vence o vencedor É ter com quem nos mata lealdade Mas como causar pode seu favor Nos corações humanos amizade Se tão contrário a si é o mesmo amor?

facebooktwittergoogle+

Relógio do mundo

Mario Quintana

Quando duas pessoas fazem amor Não estão apenas fazendo amor Estão dando corda ao relógio do mundo.

facebooktwittergoogle+

Saudade

Pablo Neruda

pinterest

Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas o amado já... Saudade é amar um passado que ainda não passou, é recusar um presente que nos machuca, é não ver o futuro que nos convida... Saudade é sentir que existe o que não existe mais... Saudade é o inferno dos que perderam, é a dor dos que ficaram para trás, é o gosto de morte na boca dos que continuam... Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade: aquela que nunca amou. E esse é o maior dos sofrimentos: não ter por quem sentir saudades, passar pela vida e não viver. O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

facebooktwittergoogle+
sms

Beleza, bem, verdade

William Shakespeare

Não chame o meu amor de Idolatria Nem de Ídolo realce a quem eu amo Pois todo o meu cantar a um só se alia E de uma só maneira eu o proclamo. É hoje e sempre o meu amor galante Inalterável, em grande excelência Por isso a minha rima é tão constante A uma só coisa e exclui a diferença. "Beleza, Bem, Verdade", eis o que exprimo "Beleza, Bem, Verdade", todo o acento E em tal mudança está tudo o que primo Em um, três temas, de amplo movimento. "Beleza, Bem, Verdade" sós, outrora Num mesmo ser vivem juntos agora.

facebooktwittergoogle+

Soneto do Amor Total

Vinicius de Moraes

pinterest

Amo-te tanto, meu amor... não cante O humano coração com mais verdade ... Amo-te como amigo e como amante Numa sempre diversa realidade. Amo-te afim, de um calmo amor prestante E te amo além, presente na saudade. Amo-te, enfim, com grande liberdade Dentro da eternidade e a cada instante. Amo-te como um bicho, simplesmente De um amor sem mistério e sem virtude Com um desejo maciço e permanente. E de te amar assim, muito e amiúde É que um dia em teu corpo de repente Hei de morrer de amar mais do que pude.

facebooktwittergoogle+