Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Sinais de que você está apaixonado

Não é novidade para ninguém que o corpo humano é capaz de nos enviar sinais sobre nosso estado de saúde. Mas ele seria capaz de nos dizer quando estamos apaixonados? A resposta é sim. Segundo cientistas, há alguns sinais físicos que demonstram que você pode estar perdidamente apaixonado por alguém.

continue lendo
Compartilhar

Sem que você perceba, fica olhando fixamente para o outro

Dizem que os olhos são a janela da alma e talvez por isso, este seja o sinal mais claro de amor. Naturalmente, nós seres humanos somos adeptos ao contato visual, por isso, é extremamente normal quando se está apaixonado, olhar de maneira involuntária para a pessoa amada e mantê-los focados no objeto de sua adoração. Afinal, quem nunca viu os olhos brilhando por alguém?

Você sente-se sempre bem

Alguns estudiosos comparam os sintomas físicos da paixão com os efeitos que a droga causa no corpo humano. Isso porque muitos desses sintomas são os mesmos como, por exemplo, aumento da pressão arterial - em especial quando se encontra a pessoa amada - aumento de energia, perda de apetite, incapacidade de dormir e aumento do batimento cardíaco.
Em suma, isto acontece porque quando estamos apaixonados, o cérebro humano acaba produzindo em maior quantidade as substâncias chamadas dopamina e norepinefrina química, causando assim uma aceleração do coração.

Objeto de adoração: eu só quero ele (ela)

Sempre que iniciamos um relacionamento, queremos ou pelos menos temos a intenção de que ele seja duradouro e para a vida inteira. Isso significa dizer que quando encontramos a pessoa amada, nossos sentimentos se fortificam a ponto de estreitar o nosso olhar para apenas uma pessoa.
Um estudo realizado no ano de 2002 revelou que se um indivíduo realmente está apaixonado pelo seu parceiro, o seu desejo para manter uma união emocional se sobressairá sobre o desejo sexual.

Inclinações involuntárias

Quando estamos apaixonados, involuntariamente nossos corpos acabam se inclinando na direção da pessoa amada. Podemos dizer que esta é uma manifestação física do nosso desejo e do nosso cérebro para estabelecermos uma intimidade emocional.

A única coisa que você vai pensar é na pessoa amada

Como já dissemos aqui, há um aumento da produção de dopamina no nosso corpo, e por este motivo, grande parte do dia passaremos a pensar na pessoa amada. Este sintoma também é chamado de pensamento intrusivo.
Isso é bem comum no estágio inicial da paixão. A maioria dos indivíduos não consegue deixar de pensar um minuto sequer na pessoa amada e isso acaba se tornando uma obsessão. Este nível obsessivo é na maioria das vezes comparado com o nível de transtorno obsessivo compulsivo.

Por você eu faço tudo

É muito comum surgirem sentimentos de empatia para com a pessoa amada. Por isso, é normal pegarmos as dores de outra pessoa como se fossem nossas e sacrificarmos tudo pela pessoa amada.

 

Estudos comprovam

Você já teve a impressão de que estava apaixonado, mas tempos depois percebeu que não estava? Pois agora a ciência tem como dizer, segundo os cientistas, se você está realmente apaixonado ou se é apenas uma empolgação sem importância.
Segundo um estudo da antropóloga Helen Fisher, dos Estados Unidos, o cérebro de um indivíduo apaixonado é totalmente diferente de um que não está e que experimenta um período de luxúria, bem como ainda o cérebro de uma pessoa que está em um relacionamento longo.

Eu quero ser o único na sua vida

A fidelidade é uma questão complicada em relacionamentos. Desejo sexual pela pessoa amada é muito comum, mas esse sentimento está intimamente ligado com possessividade e ciúme extremo.

Instabilidade emocional

Pessoas apaixonadas passam por momentos de grande instabilidade, tanto fisiológica quanto emocional. Os sentimentos variam entre euforia, insônia, alegria, perda de apetite, coração acelerado, ansiedade, aumento de energia, tremores, respiração acelerada, insônia, sentimentos de desespero, pânico ou sofrimento com algum contratempo. Por isso, é comum vermos comparações entre os efeitos de drogas no corpo humano com os sintomas de se estar apaixonado.
Em geral, quando estamos vivendo esse sentimento e vemos fotos da pessoa amada, nosso cérebro ativa as mesmas regiões que são ativadas por um viciado em drogas. Cientistas e pesquisadores consideram a paixão uma espécie de vício.

Obsessão

A maioria das pessoas apaixonadas acaba gastando a maior parte de seu tempo refletindo acordadas sobre o ser amado, cerca de 85% do dia. Esse tipo de comportamento recebe o nome de “pensamento intrusivo”.

Eu quero é estar sempre junto do meu amado

Um pensamento bem comum de pessoas apaixonadas é querer ficar todo o tempo possível ao lado do seu objeto de adoração. Assim, elas acabam apresentando alguns sinais de total dependência emocional a outra pessoa, incluindo ciúme, ansiedade de separação, possessividade e medo de ser rejeitado.

Final de conto de fadas

Quando estamos em um relacionamento amoroso, buscamos diversas maneiras de nos aproximarmos cada vez mais da pessoa amada, e sonhamos acordados com um futuro em que possamos estar juntos.

Não é apenas sexo

Para os casais apaixonados, o mais importante são os bons momentos juntos. Segundo um estudo, a maioria dos casais discordaram que o sexo é a parte mais importante de um relacionamento.

Meu amor é o único

Quando você está apaixonado por alguém, passa a pensar que o ser amado é a única pessoa realmente certa para você, o homem ou a mulher da sua vida. Neste estágio da paixão, é impossível amar ou enxergar as qualidades de outra pessoa, a não ser do indivíduo amado.

Ele não tem defeitos, apenas qualidades

Indivíduos realmente apaixonados acabam ignorando os defeitos da pessoa amada e só conseguem se concentrar nas qualidades. Também é muito comum sonharmos acordados com momentos e lembranças especiais e preciosos que vivemos juntos com a pessoa amada.

Eu faço o que você quiser

Você conhece uma pessoa, mas acaba sempre tentando mudar alguma característica nela que não lhe agrada muito. Além disso, você acaba reorganizando suas prioridades diárias, e começa a mudar alguns de seus hábitos, roupas e valores, com o objetivo de agradar cada vez mais o seu amado.

fechar