Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Frases de membros da ABL 4

Fundada por escritores como Machado de Assis, Olavo Bilac e Graça Aranha, a Academia Brasileira de Letras é uma instituição literária que reúne os grandes nomes da nossa literatura. Confira frases dos escritores que integram a ABL.

Cadeira 6, Fundador

Teixeira de Melo

Hei de abafar o coração no peito!
Hás de mesmo pensar que te esqueci!
Mas não hei de sofrer os teus sarcasmos,
Embora eu me votasse inteiro a ti.

Cadeira 36, Patrono

Teófilo Dias

Tu viste a populaça, amarelenta e nua,
No lodo da miséria exausta se arrastando;
Um prostíbulo infame aberto em cada rua;
A embriaguez a rir; crianças soluçando;
O poder apoiando as pontas das espadas
Ao corpo social que verga-se ao grilhão,
E nota espavorido as fauces esfaimadas
Que o fitam, do canhão.

Cadeira 17, Posição 3

Roquette-Pinto

A mestiçagem deu o jagunço; o jagunço não é mameluco, filho de índio e branco. Euclides estudou-o na Bahia; pois Bahia e Minas são os dois Estados da União em que mais se espalhou o africano.

Cadeira 38, Patrono

Tobias Barreto

Toda a filosofia até o aparecimento de Kant, como ensina Schopenhauer, não passou de um sonho estéril de falsidade e servilismo intelectual, do qual os novos tempos só se libertaram pelo grado partido da Crítica da Razão Pura.

Cadeira 37, Patrono

Tomás Antônio Gonzaga

Eu, Marília não sou algum vaqueiro,
que viva de guardar alheio gado;
de tosco trato, de expressões grosseiro.
dos frios gelos e dos sóis queimado.
Tenho próprio casal e nele assisto;
dá-me vinho, legume, fruta, azeite;
das brancas ovelhinhas tiro o leite,
e mais as finas lãs, de que me visto.
Graças, Marília bela,
graças à minha estrela!

Cadeira 7, Fundador

Valentim Magalhães

Aí terminaram, por fim, as torturas inenarráveis do ineditismo; terminaram as lutas, os labores, as angústias inominadas de autor in partibus: o cérebro atulhado de livros imortais... e nenhum na rua!

Cadeira 32, Posição 3

Viriato Correia

Lá de dentro do quartel mandam-lhe dizer que a metralhadora que o governo ali colocara para combater a sublevação, está às suas ordens. Pouco depois o chefe do movimento conferencia com o brigadeiro Almeida Barreto, que volta a colocar-se à frente das forças do governo. Ordena ao tenente coronel Silva Telles que suba ao quartel para intimar o ministério, que lá dentro está reunido, a abandonar o seu posto. Minutos mais tarde Floriano Peixoto vem conferenciar com o marechal revolucionário.

Cadeira 4, Posição 3

Vianna Moog

O que temos a fazer é separar o Rio Grande afirma o promotor, olhos postos no prefeito como a pedir aprovação. E como visse que o chefe aprovava com a cabeça, acrescentou: O Norte é o peso morto do Brasil: só dá seca, impaludismo e febre amarela. Mas lembrando-se de que Geraldo era amazonense, procurou suavizar: Aqui o amigo não repare. Que diabo! Já come churrasco e toma chimarrão.

Cadeira 29, Posição 2

Vicente de Carvalho

Branca vela errante, branca vela errante,
Como a noite é clara! como o céu é lindo!
Leva-me contigo pelo mar... Adiante!
Leva-me contigo até mais longe, a essa
Fímbria do horizonte onde te vais sumindo
E onde acaba o mar e de onde o céu começa...

Cadeira 40, Patrono

Visconde do Rio Branco

Nós esperamos que os fluminenses que sem esse edificante exemplo outrora procederam tão cavalheira e generosamente para com a família do Dr. Otaviano da Rosa, agora não ficarão aquém da fraternidade e gratidão dos franceses.

Cadeira 37, Fundador

Silva Ramos

Aqui, nesta Veneza americana, quem quiser divagar, por noites de luar, o instrumento de que se deve munir não é o mandolim, é o apito. E isto porque os legisladores provinciais têm da lua esta elevada compreensão: que ela foi criada com o fim meramente econômico de evitar aos municípios grandes dispêndios de luz, e, em virtude desta idéia conspícua, estabelecem e determinam que a cidade se abstenha de dar-se ao luxo de uma iluminação, em noites de luar.

Cadeira 12, Posição 3

Vítor Viana

A elite brasileira venceu a crise de confiança. Nas novas gerações se nota a reação salutar a que aludimos. Esse mal terrível de cepticismo, que gera a covardia intelectual, que arruína a coragem sadia de pensar para agir e restringe a capacidade mental na compreensão para rir, apontou sempre os vícios fundamentais da climatologia e da raça como as condições esmagadoras da nossa inferioridade.

Cadeira 28, Posição 2

Xavier Marques

Jana se havia acomodado numa caixa de mantimentos, e de frente para o pescador, que governava recostado à popa, ia relatando as peripécias e os casos banais da sua vida na cidade, com acentos de mágoa longamente padecida.

Cadeira 23, Posição 6

Zélia Gattai

Chego à vossa ilustre companhia, talvez trazida por uma estrela. Venho para ocupar com orgulho e, sobretudo, com humildade, a Cadeira que foi, durante 40 anos, de Jorge Amado, Cadeira que tem como fundador Machado de Assis e cujo patrono é José de Alencar. Três escritores da minha paixão, escritores da maior grandeza que tiveram, cada qual com seu estilo, o poder de transportar-me em mundos de magia, na emoção da leitura de seus livros a embalar meus sonhos, fazendo-me descobrir a beleza e as maldades da vida.

Cadeira 35, Fundador

Rodrigo Octavio

Pode-se afirmar que o prestígio e o sucesso da Academia Brasileira eram a grande preocupação do Mestre. Machado não era um homem sociável, era mesmo de difícil familiaridade. Finamente polido, atencioso para com toda a gente, tinha ele, entretanto, um muito limitado círculo de relações de visita, e essas mesmas, confinadas no seu bairro, dentro de um pequeno raio da casa em que, por tantos anos, viveu.

Cadeira 35, Posição 2

Rodrigo Octavio Filho

O fato é que durante certos períodos a literatura se estabiliza. Por isso pensam que ela quer se tornar acadêmica e que tudo que é acadêmico deve ser destruído, para que novos movimentos sejam impulsionados. Pura ilusão. Nada menos estático do que uma Academia. A nossa, a brasileira, por exemplo, guarda, mas não destrói.

Cadeira 10, Fundador

Rui Barbosa

Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus soldados, engana-se a si mesma e prepara a própria queda.

Cadeira 20, Fundador

Salvador de Mendonça

Estrela d`alva, protetora estrela,
Rasga o véu que procura inda escondê-la,
Torna a guiá-la, estrela do futuro!

Cadeira 7, Posição 8

Sergio Corrêa da Costa

Não tem o menor fundamento a alegação de que D. Pedro perdeu os direitos de cidadão por ter violado o § 2° artigo 7° da Constituição quando empregou-se no serviço do país a que primeiro pertencera, sem a necessária licença.

Cadeira 13, Atual

Sergio Paulo Rouanet

Estou muito curioso em saber o que vocês têm a ganhar conversando comigo, pois sou um amador em psicanálise. Tenho algum conhecimento teórico geral, mas sou basicamente um ensaísta.

Cadeira 19, Posição 2

Silvério Gomes Pimenta, Dom

Instava a partida, e não pouco embaraçados se viam os dois peregrinos, por nada terem absolutamente, e exigir a jornada inevitáveis despesas.

Cadeira 32, Atual

Zuenir Ventura

Jornalismo e literatura são irmãos que nasceram muito diferentes e que hoje são mais parecidos do que nunca.

Cadeira 13, Posição 4

Sousa Bandeira

Entre as tradições convencionais que nos legou a antiguidade, figura o uso de consagrar a memória dos grandes homens por meio de estátuas erigidas nas praças públicas.

Cadeira 13, Fundador

Visconde de Taunay

Ao norte, do lado de Mato Grosso, eram as operações infinitamente mais difíceis, não só porque ocorriam a milhares de quilômetros do litoral atlântico, onde se concentram todos os recursos do Brasil, como ainda por causa das inundações do rio Paraguai, que, cortando na parte superior do curso terras baixas e planas, transborda anualmente, a submergir então regiões extensíssimas. Consistia o plano de ataque mais natural em subir as águas do Paraguai, do lado da Argentina, até o coração da república inimiga e, do Brasil, descê-las a partir de Cuiabá, a capital mato-grossense que os paraguaios não haviam ocupado.

Cadeira 34, Patrono

Sousa Caldas

Ó homem, que fizeste? tudo brada:
Tua antiga grandeza
De todos se eclipsou; a paz doirada,
A liberdade com ferros se vê presa,
E a pálida tristeza
Eu teu rosto esparzida desfigura
De Deus, que te criou, a imagem pura.

Cadeira 2, Atual

Tarcísio Padilha

Os anos fluem vertiginosamente, os cabelos ganham tons de prata ou mesmo embranquecem como as neves. A biografia se abre para o reconhecimento do que cuidam havermos feito ou simplesmente buscamos aconchego no convívio com nossos pares em academias e instituições culturais similares.

Cadeira 35, Patrono

Tavares Bastos

Demais, meu amigo, assim como há vocações nos indivíduos, assim existem gênios ou tendências especiais em cada povo, segundo os climas, os pontos do globo, os graus de civilização, causas seculares, tradições de raça.