Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

10 melhores livros nacionais

A literatura brasileira é um acervo de bons livros, e no meio dessas milhares de histórias boas, nós fizemos uma lista com os 10 livros nacionais que você precisa ler. Romances, suspense, drama... Tem livro para todos os gostos!

continue lendo
Compartilhar

Nove Noites

Bernardo Carvalho

Um romance-reportagem que combina registros epistolares e relatos de uma investigação acerca do estranho suicídio de um antropólogo norte-americano em terras indígenas. Carvalho usa a ficção como argamassa para casar os fatos desses dois universos distintos: a experiência de um homem solitário no coração da selva e as representações da cultura da tribo. O resultado propicia inúmeras leituras.

Iaiá Garcia

Machado de Assis

Casamentos arranjados, amores proibidos e jogos de interesse, são assuntos que tomam conta desse romance. O livro conta a história de um rapaz, Jorge, apaixonado por uma moça, Estela. Mas a mãe de Jorge não permite o romance, pois acha a moça inferior. O interessante da obra é que Iaiá, a personagem principal, mal aparece nas primeiras 100 páginas, já que no começo da história ela era apenas uma criança. Mas a leitura até o final vale a pena, já que o desfecho é impressionante.

Eles eram muitos cavalos

Luiz Ruffato

O livro narra um dia na grande cidade de São Paulo. Os habitantes seguem realizando pequenos e grandes feitos cotidianos, protagonistas de uma narrativa subterrânea. Ruffato estruturou seu romance em 69 episódios, cada qual com registro próprio, alternando entre poesia, discurso publicitário, música, teatro e prosa, instantâneos de uma cidade que só se move deixando para trás um rastro de esquecidos. Ao jogar luz sobre esses anônimos, o autor iluminou também as circunstâncias em que eles se confrontam, em atos que se alternam entre a solidariedade e a frieza.

Enigma na Televisão

Marcos Rey

Uma série de assassinatos começa a acontecer, nos estúdios da TV Mundial, uma grande emissora de televisão. Em meio aos atores decadentes, atrizes em ascensão e jornalistas apaixonados por livros, um jovem repórter, com muita coragem, segue as pistas da trama sinistra e ameaçadora armada pelo criminoso. Uma história com muita ação, suspense, emoção e romance.

O Cortiço

Aluísio Azevedo

O Cortiço é um romance de tese que mostra como as pessoas são influenciadas pelo meio, pela raça e pelo momento histórico em que vivem. Conta a história do caminho que João Romão percorre para ficar rico. Para conseguir atingir esse objetivo, ele, que é o dono do cortiço e de uma pedreira, explora os seus empregados e até comete furtos.

Dom Casmurro

Machado de Assis

O romance é narrado por José Bento, o Bentinho (apelidado, na velhice, de Dom Casmurro, por viver recluso e solitário), que tenta reviver emoções afetivas com o objetivo de reconstituir o passado e sua história amorosa com Capitu. Torturado pelo ciúme, por não saber se Capitu havia ou não o traído com o amigo Escobar, Bentinho não consegue mais suportar a presença da mulher e do filho Ezequiel. Decide, então, separar-se deles.

O Movimento Pendular

Alberto Mussa

O carioca Alberto Mussa é um dos mais inventivos escritores do nosso tempo. Dono de uma excepcional habilidade de transformar lances surreais em algo cotidiano, em "O Movimento Pendular", o autor propõe uma teoria universal do triângulo amoroso. Algumas premissas originais são consideradas — o narrador, por exemplo, acredita que um triângulo amoroso pré-histórico originou todas as demais relações do gênero. Com isso, por meio da ficção, Mussa leva o leitor a uma investigação pessoal sobre as razões de amar.

 

A Marca de Uma Lágrima

Pedro Bandeira

O livro tem como público-alvo os jovens, contando a história de Isabel, uma menina de 14 anos. Ela se acha feia, gorda e, por isso, vive se colocando para baixo. Seu pior inimigo é o espelho, pois ele aponta exatamente cada um de seus “pontos fracos”. Isabel se vê apaixonada pelo seu próprio primo, Cristiano, mas logo descobre que ele está interessado na sua melhor amiga, Rosana. Isabel faz de tudo para ajudar os dois a ficarem juntos, mesmo sofrendo, e não percebe que o seu verdadeiro amor está o mais próximo do que parece. Em meio a tantos sofrimentos, a ideia da morte passa a rondar a mente de Isabel.

O Tempo e o Vento

Érico Veríssimo

O Tempo e o Vento é uma série de romances que narram 200 anos do processo de formação do estado do Rio Grande do Sul. Dividido em 3 partes, O Continente (1949), O Retrato (1951) e O Arquipélago (1961), o romance conta uma parte da história do Brasil vista a partir do Sul - da ocupação do "Continente de São Pedro" (1745) até 1945 (fim do Estado Novo), através da saga das famílias Terra e Cambará. É considerada por muitos a obra definitiva do estado do Rio Grande do Sul e uma das mais importantes do Brasil.

Vidas Secas

Graciliano Ramos

O livro conta a história de vida de uma família do Nordeste e toda a dificuldade que enfrentam em meio aos problemas reais e a busca por uma melhor qualidade de vida. O personagem principal, Fabiano, é um homem rude, típico vaqueiro do sertão nordestino. Sem ter frequentado a escola, não é um homem com o dom das palavras, e chega a ver a si próprio como um animal às vezes.

fechar