Poemas / Amizade

Poemas de Amizade Verdadeira

Deixe o dia ainda mais belo com verdadeiras declarações de amizade! Emocione seus amigos e transmita seus sentimentos.

Sua Visita

Amadeu Garrido

Amiga! Meu maior presente foi seu olhar tão belo
embora visto num rápido momento, aligeirado
num dia que nada tem de especial, é o singelo
instante em que vi esta vida, no passado.

Seja de manhã, ao meio-dia, ou no sombrio poente
Minha lembrança de tua figura pequena é especial
Que abrandará meus sofrimentos, eternamente
E tornará o bem um anjo para enfrentar o mal!

Jamais esquecerei sua visita, que meu coração
guardou mais do que as todas as mensagens
Em toda minha vida foi a mais linda emoção
E o presente a carícia de suaves massagens.

Hoje, ao sentir meu passado e meu destino
sinto ainda que sua figura dissipa as agruras
e no espelho da rua ainda vejo aquele menino
Que sonhou com uma amiga das mais puras.

Você, meu amigo

Hermes José Novakoski

Construímos ideais,
Buscamos verdades,
Cultivamos a fé,
Saboreamos vitórias,
Choramos derrotas,
Festejamos alegrias,
Duvidamos incertezas,
Colhemos o que plantamos,
Vivemos o que somos,
Aceitamos o que não temos,
Sorrimos o mesmo sorriso,
Buscamos o mesmo Deus,
Temos o sangue da mesma cor,
Vivemos guiados por um único amor,
Professamos a mesma fé.
Mas o que nos torna amigos
Ultrapassa o que pensamos,
O que sentimos,
O que buscamos.
Pois a amizade se enlaça naquilo que somos...
Se não te procurei
Foi porque eu sabia que tu não virias antes e nem depois,
Mas na hora certa.
Passos dados,
Sonhos construídos,
Caminhos andados,
Braços unidos,
Assim vamos.
Assim vão os verdadeiros amigos.

Poema para um amigo

Aprigio Barcelos

Amigo,
Não me importa que não tenhas estudo,
E que não tenhas frequentado uma Faculdade!
Não me importa também, se fores um doutor,
Não estou interessado no teu diploma!
Não me importa que tenhas a mão calejada,
E a fronte suada de um trabalhar sem fim!
Não me importa que sejas um jogador,
Ou que tenhas a mão de um banqueiro,
Não estou interessado no teu dinheiro!
Não me importa que estejas na cadeia,
Cumprindo pena pelo teu erro!
Na cadeia ou fora dela,
Eu irei te visitar!
Não estou interessado no teu crime!
Não me importa que tenhas família,
Que tenha filhos, ou que tenhas mulheres!
Não me importa também,
Que não tenhas ninguém por ti,
Que seja um abandonado ou um solitário!
Não estou interessado no teu passado!
Amigo,
Eu quero te oferecer a minha mão amiga,
Para quando não tiveres um amigo,
Você possa contar comigo!
Eu quero te oferecer o meu perdão!
Para quando tu não souberes perdoar,
Eu possa perdoar por ti!
Estou interessado na tua sensibilidade,
No teu íntimo, nas tuas horas amargas e tristes!
Para eu poder te dizer, uma palavra amiga!
E quem sabe dividir meu pão contigo!
Estou interessado nas tuas lágrimas,
Quando choras a perda de um ente querido!
Quero que sintas nos meus olhos,
A sinceridade, o afeto e o amor!
Saibas perdoar, pois perdoando,
Estarás bem perto do filho de Deus!
Que mandou perdoar,
Quantas vezes necessário fosse!
Eu quero poder te ouvir,
Para podermos entender o teu problema!
Eu quero falar, e quero que me ouças!
Quero que sintas a minha mão,
E não penses que a ofereço a ti,
Interessado em alguma coisa!
Não amigo, a minha mão,
É o símbolo da amizade, da fraternidade e do amor,
Que tudo dá, e nada pede em troca!
Amigo,
Eu ofereço a minha amizade,
Sem precisar retribuir!
E se precisar de mim,
Me mande um recado,
Pelo tempo ou pelo vento,
Pela noite ou pelo dia,
Pela chuva ou pelo sol,
Que eu saberei te ouvir!

Amizade

Jayanna Ramalho e Taylla Lourenço

Como relembrar a melodia da música que se gosta...
Como gargalhar sem ter em mente nenhuma proposta...
Como recorrer a detalhes daquele ser ausente...
Como fazer de um simples momento um grandioso presente.
Como imaginar-se no futuro na mesma sintonia fraternal...
Como unir os pensamentos buscando aquele ideal...
Como sentir-se alegre sem ter motivo...
Como não limitar-se para deixar bem vivo.
Como refletir na ambiguidade do movimento interpretado no agora...
Como permitir a felicidade sem ter certa hora...
Como ouvir ajuda no silêncio que não se escuta...
Como comunicar-se numa linguagem oculta.
Como tentar definir o incompreensível...
Como aguçar o desejo de enxergar o invisível...
Como confiar de olhos fechados no caminho não explicitado...
Como descobrir a sensação de ser amado.

Amigo

Leonardo Oliveira

Estarei contigo, amigo,
Quando a sombra do medo
Encobrir o brilho da tua imensa coragem.
Estarei contigo
Nas tuas horas de angústia e solidão,
Encorajando-te a continuar a luta.
Estarei contigo
Quando as trevas do erro
Te impedirem de caminhar na luz.
Estarei contigo, enfim,
Quando não te restar mais nada,
Nem mesmo uma gota de esperança
Para brotar em manancial de fé na vida.
E quando, então,
Palavras não forem suficientes
Para estancar as chagas da tua angústia,
Estarei contigo,
Para te oferecer o meu silêncio,
Humilde e sereno.

Pausar a vida

Júlio Oliveira

Eu queria poder pausar a vida agora.
E se possível, retroceder no tempo.
Reviver tudo aquilo que foi belo e engraçado.

Risadas...
Tombos...
Aventuras...
Tudo!

Rever meus amigos que Deus já levou.
Às vezes não damos a importância à vida.
Esquecemos de agradecer todos os dias.
Coisas simples...
Que por menores que sejam.
Fazem parte de nossas vidas.

Hoje é mais um dia.
Parei...
Pensei...
Puxa! Como é bom ter amigos.
E poder curtir a vida com eles.

Uma boa prosa, um abraço, uma brincadeira.
Às vezes nem dizemos como foi bom esse momento.
E se não falei como você é importante para mim.

Digo agora! E agradeço por você ser meu amigo!

Importância da Amizade

Antonio Marcos Pires

A amizade é muito importante
Para a saúde de qualquer ser humano.
Ninguém vive sozinho!
Ser amigo é ser companheiro.
Guerreiro. É acreditar no outro,
e incentivá-lo com bravura nas
horas difíceis da vida.
Ser amigo é ser escoteiro.
Entender quando o outro não está bem.
Vibrar com as suas vitórias, mas sem
Exigir reciprocidade, porque a amizade
É dom natural. Vem de mansinho,
Sem exigir, sem cobrança,
é um bem-estar muito grande na vida saber com quem contar.
Desabafar os problemas.
Dividir as alegrias.
Repartir as tristezas.
Gozar de momentos Inesquecíveis.
Rir juntos.
A amizade é um dos sentimentos mais preciosos da Vida.
Não existe ciúme entre amigos.
Somente Compreensão.
Não existe disputa.
Apenas sonhos diferentes.
Apoio.
Quem tem amigo verdadeiro, nunca está só,
Pois sabe que, em todos os momentos da vida,
pode Contar com uma mão firme para segurar e apertar,
Trocando boas energias para seguir sempre em frente,
na doce tranquilidade da verdadeira amizade.

Amizade, Amigos

Fábio Ramos dos Santos

Tantas descrições de “amigo”, “amizade”
Palavras confusas, carregadas
Amizade, Amigos

Tão simples, singela, inocente
Um sentimento, uma sensação, emoção de leve querer
Da amizade nada pedir, apenas esperar
Porque ela sempre está ali, de tantas maneiras
Quando menos se espera, e quando mais precisa
Leve, sutil ou, aquela que chega fazendo alarde e gritando ao mundo
Que te sente, que te venera e porque não, Te Ama

Amigos que vem e vão, partem e ficam
Amigos tão presentes, outros tão distantes
Amigos reais, amigos virtuais
Todos ligados em uma energia que,
Não sei de onde vem, como acontece porque,
Simplesmente vem e acontece
Amizade, amigos

Apenas viver o inesperado, o inexplicável
Apenas sentir o inevitável, que vem e toma conta
E simplesmente te faz Feliz.
Ser amigo, ser amizade, bem maior do que se pode imaginar.

Amigos para Sempre

Luiza Pinto Moura

O tempo vem, o tempo vai
Nestes encontros e desencontros
Há sempre a esperança
De se vivenciar momentos mágicos

Junto a um amigo de infância
Aquele amigo irmão
Que vem no coração

Como naquele tempo
Em que escondíamos
Os chinelos do vovô
E a malícia não existia

Quisera poder reencontrar
Aquele amigo irmão
E poder abracá-lo

Como naquele tempo
Em que sonhávamos
Com uma amizade
Que durasse a vida inteira.

No ontem, no hoje
O segredo desvendado
Amigos para sempre
Mesmo que separados.

comentários

anterior

7 Coisas que você precisa fazer para você mesmo

Escolha um dia da semana para mudar e se comprometer consigo mesmo.

próxima

Luis Fernando Veríssimo

A literatura divertida de um mestre das letras