Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Santa Doroteia

Conheça um pouco mais sobre a linda história da santa das flores, Doroteia!

continue lendo
Compartilhar

Doroteia

Santa Doroteia, foi uma jovem capadócia, conhecida por oferecer sua virgindade a Deus e por este motivo fora perseguida e martirizada. Também conhecida pela devoção popular como a santa das flores. Nobre, muito rica e bem educada, Doroteia viveu em Cesareia, capital da província romana da Capadócia e foi, segundo a lenda, martirizada por ser cristã no ano de 304 d.C., vítima das perseguições do Imperador Diocleciano.

Conversão

Na época, segundo esse mito, governava o pretório de Cesareia o nobre Fabrício, que mandou trazer a jovem à sua presença e a indagou a respeito de sua condição cristã. Como a bela moça respondesse sabiamente a todas as perguntas, alegadamente desarticulando as intenções dos juízes de ridicularizarem a religião cristã e muito zeloza de sua pureza, foi obrigada a viver durante uma semana na companhia de duas jovens licenciosas e perversas, de nome Crista e Calista, mas a constância de Doroteia acabou por convertê-las à fé cristã e ambas foram mortas.

Mártir

Dito isso, o anjo desapareceu e a espada caiu sobre Doroteia, que subiu radiante ao céu. No tribunal, segundo esse mito, Teófilo continuava a zombar do caso de Doroteia quando lhe apareceu o anjo e transmitiu-lhe o recado da virgem cristã. Assombrado com o estupendo milagre de receber as maçãs e as rosas, em época de inverno rigoroso, Teófilo se converteu e, pedindo perdão a Deus e a Doroteia, também morreu mártir.

Curiosidade: Os santos e as flores - São Domingos

São Domingos Sávio

Quando São Domingos Sávio já no Céu, apareceu à Dom Bosco, mostrou um ramalhete de flores. Falou: “Vês estas flores? Representam as virtudes que mais agradam ao Senhor. A rosa é símbolo da caridade; a violeta da humildade; o girassol da obediência; a genciana da penitência e da mortificação; as espigas da Comunhão frequente; o lírio indica a bela virtude da qual está escrito: “Erunt sicut Angeli Dei in caelo”: a castidade. E a sempre-viva significa que todas essas virtudes devem durar sempre, ela simboliza a perseverança.”

Outros casos

O lírio aparece nas mãos de muitos santos representando sua pureza. E tem também o cajado de São José que floriu…
Além disso, há Santa Terezinha do Menino Jesus! Seu pai a comparou com uma florzinha no dia em que ela pediu para entrar no convento e isso nunca mais parou! Um dia ela disse: “Farei cair uma chuva de rosas do céu.” E fez mesmo!

 

Praticante da fé cristã

A jovem teve, segundo a lenda, os pais martirizados no anfiteatro, fez um voto de castidade a Cristo e transformou a própria casa numa espécie de igreja, onde passava os dias em meio a jejuns e orações, e valendo-se da própria fortuna para fazer caridade aos pobres. Tanto zelo e piedade da jovem levavam os cristãos de Cesareia a procurarem-na para os mais sábios conselhos. Isso fez com que seu nome fosse citado no Tribunal Romano como praticante da fé cristã.

Zombaria

Não satisfeito com isso, segunda a lenda, Fabrício lhe imputou a pena capital: a morte pela espada. Ao escutar a moça dizer que iria para o céu onde era eterna a primavera, um dos pretores, de nome Teófilo, zombou dela dizendo: "Pois já que vais ao jardim de teu esposo onde a primavera é eterna, envia-me de lá frutos e rosas perfumadas".

O feito

Doroteia prometeu realizar sua vontade. Antes de a espada dobrar sobre sua cabeça, ela rezou e pediu a Deus que realizasse sua promessa. Apareceu-lhe subitamente um anjo, tendo às mãos uma cesta com três belas maçãs e três perfumadas rosas. Doroteia tomou um lenço, enxugou com ele o suor e entregou-o ao anjo, dizendo-lhe: "Vai e leva a Teófilo e diz que Doroteia, serva de Cristo, lhe envia os frutos e as flores que ele pediu. E diz também que, se ele quiser mais, que vá ter com ela no paraíso".

Oração a Santa Doroteia

Santa Doroteia, serva de Cristo, dirijo-me a vós pedindo vossas orações para que eu me torne mais simples e humilde, sem pretensões e vanglórias, peço-vos para passar por esta vida sempre lembrando a glória da eterna.

Lembre-me, ó santa das flores, de que a nossa vida é passageira como uma rosa, que é bela num dia e no outro já despareceu.

Retire de mim todo medo. Encha-me de amor à vida. Faça-me agir com grandeza, nobreza e naturalidade em tudo.

Rodeia-me de proteção e bons amigos e boas companhias.

Faça com que eu reconheça boas pessoas.

Vós que não tivestes medo do martírio por amor a Jesus, ensine-me a viver com intensidade cada momento, sem medo, e a ser ousado e confiante em mim mesmo e em Deus.

Amém.

Curiosidade: Os santos e as flores - Fátima

Nossa Senhora de Fátima

Nossa Senhora também gosta de flores e disse à Lúcia em sua aparição aos Três Pastorinhos de Fátima: "Jesus quer servir-se de ti para Me fazer conhecer e amar. Ele quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. A quem a abraçar, prometo a salvação e serão queridas de Deus estas almas, como flores postas por Mim a adornar o seu trono."

O Padroeiro dos Jardineiros

São Focas

Em 110, O Bispo Focas deu abrigo aos soldados romanos que haviam sido mandados pelo imperador romano para matar os cristãos.
Depois de abrigá-los e alimentá-los, os homens lhe contaram que estavam atrás de um Bispo.
Este, como adorava plantar e cultivar a jardinagem, cavou sua própria cova no dia seguinte e se apresentou aos soldados dizendo: "Aqui me tens! Eu sou este homem a quem procurais".
E assim, deu sua vida em nome de Jesus.

fechar