Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

10 curiosidades sobre sonhos

Os sonhos são reflexos de nossas frustrações, angustias e felicidades. Uma noite de sono é sempre bem-vinda, ainda mais quando sonhamos. Reunimos aqui dez curiosidades sobre os sonhos. Aprenda como sonhar pode interferir em vários aspectos da vida.

continue lendo
Compartilhar

1. As pessoas cegas sonham

As que ficaram sem visão após o nascimento, podem ver imagens em seus sonhos. E as que nasceram cegas também sonham ainda que não vejam imagens, seus sonhos envolvem mais a seus outros sentidos como cheiro, tato e som. É difícil para uma pessoa que enxerga, imaginar isto, mas a necessidade do corpo pelo sonho é tão forte que é capaz de manejar virtualmente todas as situações físicas para que isto aconteça.

3. Todos sonham

Todos os humanos sonhamos -a exceção em casos de extrema desordem psicológica-, mas os homens e as mulheres têm diferentes sonhos e reações físicas. Os homens tendem a sonhar mais a respeito de outros homens, enquanto as mulheres sonham igualmente com homens e mulheres

6. Nem todos sonham colorido

Todas as pessoas tendem a sonhar com coisas em comum cheias de cor e vida: situações relativas ao colégio ou a universidade, ser perseguido, correr em algum lugar, fugir, cair, chegar tarde, dentes caindo, voar, etc. Mas aproximadamente 12% destas pessoas sonham só em preto e branco. É desconhecido se os sonhos relacionados com violência ou morte têm uma carga emocional mais forte sobre as pessoas que sonham colorido em relação as que não

10. Paralisado enquanto sonha

Ainda que pareça incrível, seu corpo fica totalmente paralisado durante o sonho. Isto é para prevenir que seu corpo realize as ações de teus sonhos. Aliás algumas glândulas começam a segregar um hormônio que ajuda a induzir o sonho e teus neurônios enviam sinais à medula espinhal que provoca o relaxamento do corpo e mais tarde seja essencialmente paralisado.

2. Esquecemos 90% de nossos sonhos

Nos primeiros 5 minutos depois de acordar já esquecemos da metade do sonho, e depois de tão somente 10 minutos 90% do sonho já se foi. O poeta Samuel Taylor Coleridge, acordou uma manhã após ter um fantástico sonho, e dispôs-se a escrever sua “visão no sonho” que se converteu em um dos mais famosos poemas: “Kubla Khan”, mas foi interrompido. Coleridge tentou continuar com o poema, mas não conseguiu recordar o resto de seu sonho, e o poema nunca foi terminado. Curiosamente, Robert Louis Stevenson disse que história de “O estranho caso do Dr. Jekyll e Mr. Hyde” veio através de um sonho, e há mais escritores que afirmam isto: Mary Shelley criou “Frankenstein” logo após um sonho.

4. Os sonhos previnem a psicose

Em estudos recentes demonstrou-se que as pessoas que foram acordadas no momento exato do início do sonho, mas que ainda assim dormem suas 8 horas, experimentaram dificuldades de concentração, irritabilidade, alucinações e sinais de psicoses após somente 3 dias.

 

5. Só sonhamos com o que conhecemos

É natural que nossos sonhos estejam cheios de estranhos, no entanto sua mente não inventa suas caras, são caras de gente real que conhecemos ao longo de nossa vida, mas que não recordamos. Motivo pelo qual o malvado assassino de seu último sonho poderia ser a pessoa que viu no posto de gasolina há anos. Todos vemos centenas e mais centenas de faces durante nossa vida e nossa mente tem um sem fim de personagens que utiliza durante os sonhos.

7. Os sonhos não são do que tratam

Se teu sonho é a respeito de alguma coisa em particular nem sempre trata disso. Os sonhos falam em uma profunda linguagem simbólica. A mente inconsciente trata de comparar seu sonho com alguma outra coisa similar a este; é como em um poema que diga “O grupo de formigas é como uma máquina que nunca se detém”. Nunca compararia o significado dessa linha com, por exemplo, “Esse belo entardecer é como esse belo entardecer”. Por isso é pouco provável que seu sonho se refira exatamente àquilo que você vê.

9. Estímulos externos invadem nossos sonhos

sto é conhecido como “Incorporação do Sonho” e é a experiência que seguramente muitos têm quando um som real se incorpora de algum modo ao que sonhamos (costuma acontecer quando dorme escutando música). São inúmeras as ocasiões em que sonhamos com alguma canção e quando acordamos vamos nos dar conta que estávamos sonhando especificamente com essa canção que está tocando.

fechar