Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Curiosidades sobre a série Narcos

A Netflix mais uma vez acertou em suas produções. Narcos conquistou um grande público, além de ganhar continuidade em 2016, com sua segunda temporada. Conheça mais sobre a série e veja curiosidades.

1. Narcos não é uma série brasileira

Apesar de ter Wagner Moura no elenco e José Padilha na direção e produção executiva, Narcos é uma série dos EUA. A linguagem mais utilizada é o inglês, porém o espanhol também surge de vez em quando. Os criadores da série são Adam Fierro, criador da bem-sucedida The Walking Dead, e Chris Brancato, que foi roteirista de Hannibal.

2. O protagonista não é o Wagner Moura

O ator Wagner Moura, eterno Capitão Nascimento e agora, famoso Pablo Escobar, pode até parecer, porém não é o protagonista da série. Isso se dá porque a história do narcotráfico é contada por uma divisão da polícia americana que luta contra esse tipo de crime, a chamada DEA (Drug Enforcement Administration); ela atua como um tipo de BOPE nos EUA.

4. Quando a história se passa

A produção é do ano de 2015, porém a história se passa em 1970-80 e, por esse motivo, as várias críticas ao sistema americano preenchem a série de uma forma muito deliciosa. Isso acontece porque os americanos não conseguiam ver a América Latina com bons olhos e até mesmo apoiavam alguns períodos negros da história como, por exemplo, a ditadura brasileira. Você sabia que os EUA apoiavam a ditadura? Só mudaram de lado quando o bolso começou a apertar.

7. Direção brasileira

Dois episódios se destacaram, o sétimo e oitavo, e o mais interessante é que o responsável pela parte da direção não é ninguém mais nem menos do que Fernando Coimbra, do incrível “O Lobo Atrás da Porta”.

8. Muita contribuição brasileira

Os brasileiros não gostam tanto de coisas nacionais, mas isso acontece mais aqui dentro mesmo. Já lá fora, nossos artistas são muito bem vistos. Uma prova disso é a música da série, composta por Rodrigo Amarante, um outro brasileiro e ex-Los Hermanos, conhecido pela canção Ana Júlia.

9. Destaque feminino

Destaques à parte, um outro ponto que valoriza bastante a produção da Netflix é a ilustre presença de Stephanie Sigman. Ela já fez grandes trabalhos na sua cidade natal e viverá em breve um dos papéis femininos mais desejado por uma grande parte das atrizes: a bondgirl.

10. A Diversidade

Filmada em quatro meses, a série Narcos tem um elenco grande, com atores do Chile, Colômbia, Brasil, Estados Unidos e Argentina. Entre eles, está Pedro Pascal, que representou o personagem Oberyn Martell na conhecida série Game of Thrones.

12. A jornalista

Ainda falando sobre Stephanie, ela atua como a jornalista Valeria Velez, que nunca existira na história verdadeira do cartel de Pablo. No entanto, a personagem foi baseada numa jornalista que de fato existiu e que foi amante de Pablo Escobar. Essa jornalista escreveu até mesmo uma biografia contando sua relação com o famoso traficante.

13. Frieza

Um detalhe cruel é a personagem que representa o braço direito de Escobar e viveu na pele o intenso drama do narcotráfico daquela época. E viveu tanto que teve seu tio morto num atentado causado pelo próprio Pablo. Ele não media esforços e também pouco se preocupava com aqueles que pegavam carona nos seus atentados. A maior prova disso são as 110 vítimas no maior de seus ataques de aviões.

15. Preparação

Wagner Moura foi até a cidade de Medellín para compreender a fundo e estudar melhor Pablo Escobar. O ator teve de aprender a falar espanhol de forma fluente, além de ter de que ganhar 20 quilos para a interpretação do traficante.