Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Dicas para aproveitar as sobras de Natal

Nos tempos atuais, precisamos ter cada vez mais consciência de desperdício e saber aproveitar a comida que temos. Uma ceia de Natal farta pode ser o sonho de muitas pessoas, e a consequência dela pode ser uma grande quantidade de sobras no dia seguinte. Não jogue nada fora antes de conhecer o mundo de possibilidades que estes restos podem participar! É possível aproveitar até o fim todos os alimentos natalinos e aprender receitas maravilhosas a partir deles. Que tal presentear a si e aos seus entes queridos uma pós-ceia com gostinho de conscientização? Com certeza isso lhe fará um bom menino e lhe garantirá muitos pontos com o Papai Noel nos próximos anos!

continue lendo
Compartilhar

Sobra também é comida

Desperdício é algo que deveria ser repensado nos dias de hoje, principalmente num mundo em que a fome atinge uma grande quantidade de pessoas. Jogar comida boa fora é mais que um pecado, é uma verdadeira falta de consciência social e ambiental, pois ainda que a comida se degrade no ambiente de forma mais rápida e quase completa (a depender do tipo de alimento), em algum momento vamos ter um descarte de resíduos sólidos e líquidos. Sem falar que o que pra você é dispensável, para alguém pode ser a única refeição do dia. Portanto, não desperdice. Sobra também é comida. E nas épocas de festas de fim de ano, em que a fartura toma conta das mesas, o que mais tem é sobra de comida. Mesmo depois dos consecutivos “enterros dos ossos”, ainda pode sobrar comida. E aí, o que fazer? Aqui vão algumas dicas para você reaproveitar bem os alimentos que sobram das festas de Natal e Ano-Novo.

Recupere-se dos exageros do fim de ano com essas 10 receitas detox

Arroz

Grãos de arroz em cima de mesa de madeira.

Esse acompanhamento da ceia de Natal geralmente é feito em grandes quantidades. Pode ser arroz branco, arroz colorido, com bacalhau, não tem problema: sobrou, tem jeito! Se não quiser congelar para consumir depois, que tal fazer bolinhos de arroz? Você pode rechear com queijo, empanar e fritar ou se preferir uma receita mais saudável, levar para assar no forno. Uma informação importante: não deixe o arroz fora da geladeira por muito tempo, pode provocar uma intoxicação chamada síndrome do arroz frito. Portanto, se quiser de fato reaproveitar, leve à geladeira assim que terminar de consumir. Assim, quando for preparar os bolinhos, o seu arroz ainda estará próprio para o consumo.

Panetone

Panetone em cima de mesa de madeira com árvore de natal ao fundo.

Acabou o Natal, e sobrou aquela quantidade enorme de panetone? Já pensou em fazer rabanadas ou torradas? Para a rabanada, é só seguir os mesmos passos da tradicional (mergulhar no leite e ovos, fritar ou assar, e depois polvilhar canela e açúcar). Para as torradas, corte tiras mais finas e coloque para assar. Guarde em potes de vidro bem fechados, para manter a crocância. Depois, é só comer no café da manhã ou da tarde, acompanhado de manteiga, geleia (das frutas natalinas), requeijão, cream cheese. Outra opção bem bacana é fazer um pavê com o panetone. Agora, se você quer uma opção mais fora da caixa, experimente fazer um pudim de panetone. Fica parecendo um pudim de pão, só que com um sabor todo especial.

Compras de natal: saiba o essencial para não exagerar

Aves

Frango assado em meio a mesa montada para a ceia.

Continuando a falar sobre o Natal, pois é uma época em que sobra muita comida. No caso das aves, sobra bastante carne, apesar de aparentemente acharmos que só tem carcaça ali. Uma dica de ouro é desfiar a carne e fazer omeletes ou panquecas, tortas, arroz de forno (pode até ser com aquele arroz que sobrou e você congelou), salpicão, empadas ou sanduíches.

Compartilhe o espírito natalino com essas mensagens

Frutas decorativas

Mesa de frutas decorativas.

Você montou aquela mesa linda, toda decorada com as frutas da estação. Mas com tanta guloseima, muita gente acaba ignorando as frutas, que ficam esquecidas depois que a ceia termina. Então, o que fazer com elas? Podem ser congeladas, para serem posteriormente usadas em doces, sucos, vitaminas, iogurtes. Se você não desejar congelar e preferir consumir logo depois da ceia, pode apostar em sucos frescos, saladas, geleias. Existem métodos de congelamento correto para cada tipo de vegetal. Procure fazer aquele que se adequar ao tipo de fruta dessa época e você as terá por um bom período.

Bacalhau

Prato de bacalhau assado.

Tem gente que espera o Natal chegar pra fazer aquele prato delicioso com bacalhau. Se você preparou um bacalhau simples, uma dica é preparar uma salada gelada com o peixe (pode usar batata, azeitonas, cebolas e outros legumes cozidos) ou uma empada. Se você fez uma salada com alguns legumes, experimente fazer um bolinho de bacalhau frito. Ou ainda, experimente inovar: faça uma deliciosa panqueca, usando o bacalhau na massa (fazendo uma panqueca mais “gordinha”) ou no recheio.

Tender

Tender de natal.

Essa carne é ótima para rechear sanduíches. Experimente equilibrar um pouco utilizando ingredientes mais leves, como pão integral, verduras como rúcula e alface, cenoura crua ralada, cebola. Pode ser uma excelente opção para lanches, piqueniques. Para quem costuma trabalhar entre as festas de fim de ano, pode ser uma ótima opção de marmita, nutritiva, saborosa e com gostinho de Natal.

 

Pernil

Pernil assado com fogo de churrasqueira ao fundo.

O pernil é uma carne versátil, pode ser usada em sanduíches, croquetes, salpicão, tortas. Experimente criar um prato funcional, para agregar valor nutritivo ao que você come. Ainda mais nessa época do ano, em que a gente resolve “meter o pé na jaca” mesmo. Uma boa saída é fazer um escondidinho de pernil com batata-doce, aipim ou batata-baroa. Assim você aproveita essa carne super saborosa com um prato versátil e cheio de saúde.

Castanhas e outras oleaginosas

Mesa decorada com nozes, castanhas e outras oleaginosas.

Há quem tenha a tradição de servir castanhas e outras oleaginosas no Natal. Com o que sobrar, você pode preparar bolos e pães super nutritivos ou granola. Assim você tem uma opção de alimento saudável para o café da manhã. Aqui você também pode usar a geleia das frutas que sobraram para passar nas torradas ou bolos de castanhas. Refeições fitness e saborosas!

10 dicas para entrar no clima de Natal

Rabanada

Prato com rabanada doce.

Esse tradicional e tão esperado doce de Natal é tão delicioso que é pouco provável que sobre depois das festas. Mas se sobrar alguma rabanada, você pode fazer um pudim ou torta gelada. Para acompanhar a torta, experimente servir uma bola de sorvete de creme e polvilhe com um crumble, que pode ser feito com as castanhas e amêndoas que também sobraram.

fechar