Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Lições que só um animal de estimação ensina

Quem é que disse que os animais de estimação não podem nos ensinar coisas preciosas? Além de amor e companheirismo, eles trazem alegria e diversão para a sua vida.

Amor incondicional

Não importa se você foi promovido, se perdeu tudo, se acabou de casar ou tomar um fora… Todos podem te abandonar, menos o seu mascote! É um amor que supera qualquer barreira para ser demonstrado, sentido e aproveitado. Só quem tem sabe o que é ter um companheiro para contar em qualquer, qualquer momento.

A vida é curta

Por vir ao mundo já sabendo amar é que os mascotes se vão tão cedo. A gente passa 50, 60, 70 anos aqui e, às vezes não aprendemos. Eles já nascem sabendo e deixam um vazio gigante na gente quando vão embora, com seu amor, inocência e sabedoria. Aprendemos com eles o amor e que a vida passa mais rápido do que imaginamos. Vamos viver!

Passear é uma delícia

O simples som da coleira faz explodir a casa num furacão de pulos e alegria! Seja mais ou menos comportado, é possível dizer que dá pra ver o sorriso no rosto do mascote quando ele descobre que vai dar uma volta no quarteirão. Quem não se alegra com isso não pode ter coração!

Comer é muito bom

Uns mais, outros menos e alguns muitos mais! Essas gracinhas amam comer como se fosse a última vez… Pedem, suplicam, choram por um pedaço daquela guloseima! Eles nos fazem rir, mas nos lembram o quanto é bom ter comida na mesa sempre que quisermos.

Inocência é uma graça

Todos os mascotes tem seu “quê” de serelepe: fuçam, aprontam, exploram com uma inocência que é uma graça. Se você já teve um mascote e está agora lembrando de alguma peraltice, tente não rir. Aposto que não deu, né?

Que adotar é apaixonante

Saber que você pode fazer a diferença eternamente na vida de um bichinho é uma oportunidade única. Quem começa não consegue parar e, todos os dias, é convencido de que não tem do que se arrepender.

A saudade dói

E como doi! Eles passam como um raio na nossa vida, fazem a gente se apegar e, do jeito que chegaram — graciosos, carinhosos, amorosos e inocentes —, se vão. Deixando só saudades e lembranças que marcam a gente pelo resto das nossas vidas. Vamos rir mais uma vez com essas lindas memórias… Não tem homenagem melhor.

A felicidade está nas coisas simples

Ele não precisa de festas, vários amigos, comidas caras nem roupas de grife. Tudo o que seu animal de estimação precisa é de sua companhia e atenção. Se tiver isso, para ele basta. A alegria dele está nas coisas mais simples possíveis: um carinho e um afago. Essa é uma lição importante que levamos para toda vida!

Carinho nunca é demais

Não importa se o cafuné vai durar cinco minutos ou duas horas, eles sempre vão querer mais… Ronronando, se esfregando e pedindo uma voltinha a mais dos seus dedos atrás da orelha ou na barriga.

O ciclo se renova

A vida continua! Pode ser com uma grande ninhada ou com uma nova adoção, o amor ensinado pelo primeiro mascote pode e deve ser repassado para outro e mais outro, afinal para que aprendemos grandes lições senão para colocá-las em prática, certo? Que o amor dos animais de estimação domine o mundo!

Companheiros das horas difíceis

Nas horas de desamparo, nada melhor do que uma “pata amiga”. Isso vale para o animal ou para a parte do corpo! Eles nos fazem companhia e sentem quando mais estamos precisando. Quem tem sabe.

A casa é um coração de mãe

Quem adota um muitas vezes pega gosto pela coisa e traz mais de um mascote para dentro do lar. Eles provam que não é difícil dividir quando se tem pureza no coração e vivem felizes em famílias de qualquer tamanho.

Compaixão

Se fosse para listar apenas um sentimento que aprendemos com os mascotes, seria a compaixão que eles despertam na gente. Não tem como não se cativar quando se divide o mesmo teto com um animal de estimação.

Eles são mais espertos do que parecem

Além da “inteligência emocional”, ou do “feeling”, que eles têm, os bichinhos são muito inteligentes no sentido mais clássico da palavra. Aprontam cada uma que desacreditamos e aí a casa toda tem que ser adaptada, de tempos em tempos, para prevenir as travessuras que essas criaturinhas aprontam.