Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Trechos Músicas de Thaeme e Thiago

Apadrinhados pela dupla sertaneja Fernando e Sorocaba, Thaeme e Thiago começaram a carreira no Paraná, em 2011, e desde então vêm fazendo sucesso pelo Brasil todo. Conheça algumas de suas músicas e vire fã também!

continue lendo
Compartilhar

CDs e Livros

Thaeme e Thiago

Cada sorriso numa foto
Lembranças do meu coração
Sentados no sofá da sala
Falamos da nossa paixão

Eu digo as palavras certas
Eu canto a nossa canção
Memórias de um filme de amor
Que terminou em traição

Pegue todos os cds, pegue os nossos livros
As fotografias, joga fora no lixo
Leve suas roupas, o quadro da sala
Sua liberdade, leve na sua mala

Eu fico num vazio imenso desse apartamento
Vou te arrancar do meu pensamento
Me deixe sozinho, eu e o violão
Vou te deletar do meu coração.

Cafajeste

Thaeme e Thiago

Marcelo me ligou
Me chamou para jantar
João já comprou flores
Mandou me entregar

Até declaração
O Pedro já me fez
Thiago já avisou
Que vai até o final

Só que tem um porém
Todos eles não sabem
O que eu gosto mesmo
É de amor com sal

Eu gosto é daquele cafajeste
Aquele que não liga
E que não me merece

Que só faz coisa errada
E que me enlouquece
Chega, faz e acontece

Eu gosto é desse animal
Por ele sou capaz
De crime passional
E de outras loucuras
Fora do normal

Amor, piração total.

Foi daquele jeito

Thaeme e Thiago

Tava de blusinha amarela
Jeito safadinho que é bem a cara dela
Chegou me xavecando, papo de gavião
Pediu meu telefone, mas não te dei atenção

E ainda pedi pra minha amiga te falar
Que eu tava namorando, pra não me incomodar
Mas quando eu vi a amiga dela
Fiquei arrepiado, parti pra cima dela
Eu fui me aproximando, chamando sua atenção
Daí que a sua amiga caiu na do meninão

Você não quis, vishe, bem feito!
Sua amiga quis e foi daquele jeito!

Eu te esperarei

Thaeme e Thiago

Eu te esperarei
E sentaremos juntos frente ao mar
E de mãos dadas vamos caminhar
Mesmo que passe toda a minha vida eu te esperarei
E nos teus olhos ainda existe amor
E seu olhar disse eu voltarei
Mesmo que passe toda a minha vida eu te esperarei

Sem me dar conta eu regresso, paro e penso
E eu confesso, espero que o perdão esteja em sua mente
Por isso rezo
Eu sou sincera, e eu prometo, não me olha
Depois que abrir essa porta
Aí eu digo: Se for, não volta
E 7 de setembro a tua amiga me ligou me dizendo
Que você estava morando perto dela
E eu confesso
Eu só queria te ver, ficar com você
Pra te dizer, pra te dizer

Não quero nada
Sigo cantando com a luz apagada
Porque a guerra me tirou seu olhar
Mesmo que passe toda a minha vida eu te esperarei
E nos teus olhos ainda existe amor
E seu olhar disse eu voltarei
Mesmo que passe toda a minha vida eu te esperarei.

Hoje não

Thaeme e Thiago

Hoje não, sou mais seu
Hoje não, me perdeu
Hoje não vai rolar
Não, não, não, não

Lembra daquele bolo que me deu?
Daquela noite que você não apareceu?
Foi cara de pau de me ligar de madrugada
Querendo se explicar, vindo aqui na minha casa

Pode gritar, fazer barraco
Pode até chamar o Papa
Pode querer, fica querendo.

Sinto saudade

Thaeme e Thiago

Sinto saudade já sentia até mesmo antes de te conhecer
Sinto saudade do domingo lá em casa sem ter nada pra fazer
Sinto saudade de deixar você prestando o quinto vestibular
Eu fiquei nervosa, torcendo, rezando, pra você passar

Sinto saudade da nossa primeira vez no parque de diversão
Eu tava com medo de ir no brinquedo e você segurou minha mão
Sinto saudade do nosso cinema, da cena, do beijo roubado
Do frio na barriga e a mão gelada sabendo que tava ao seu lado

Eu sinto saudade
Eu fico, eu vivo, sentindo a sua saudade, de nós, da voz
Saudade da gente, saudade é pra sempre
Eu vivo sentindo a sua saudade
Sinto saudade do meu corpo, corpo a corpo
Me descobrindo o seu

Da gente chorando, se amando sem acreditar no que aconteceu
Sinto saudade daquela covinha estampada em seu sorriso
Todo envergonhado quando eu te falei que não seria só um amigo
Eu sinto saudade

Eu fico, eu vivo, sentindo a sua saudade, de nós, da voz
Saudade da gente, saudade é pra sempre
Eu vivo sentindo a sua saudade
Eu sinto saudade.

365 dias

Thaeme e Thiago

Ainda vou aonde a gente ia
Pensando em te ver de novo
Minha esperança ainda fantasia nosso reencontro
Desenhei teu rosto no teto do meu quarto
Pra dormir sempre te olhando
E ao fechar os olhos me vejo te amando
Por isso que eu acordo sempre chorando

Hoje faz trezentos e sessenta e cinco dias
Faz um ano que você se foi
Refazendo um resumo da minha vida
Vejo que tudo que construí não me valeu a pena
Porque tudo que eu fiz foi pensando em nós dois

Ainda sei de cór seu telefone
Sei decifrar os seus quinze sorrisos
Conheço a palmo todo o seu corpo
Que era o meu paraíso
Comprei o mesmo perfume que o seu
Passei na roupa que você deixou e durmo abraçado, inconformado.
Me perguntando aonde foi que a gente errou.

 

Coração apertado

Thaeme e Thiago

Hoje eu não to afim de sair
Sem você não sei me divertir
Mas eu fico pensando e se eu não for

Eu to vendo as horas passar
E aqui dentro tudo faz lembrar
Seu cheiro ta grudado no meu cobertor

E já eh madrugada, já bate o desespero
Não vou ficar em casa, pra ver se eu te esqueço

Vai que a gente se encontra de novo
Numa balada no meio do povo
Eu meio travado, coração apertado
Se der um sorriso não vou resistir
Sua boca dizendo te quero pra mim
Que me esperou, que tava com saudade amor.

Deserto

Thaeme e Thiago

Vou construir um edifício
No meio do seu deserto
Pra ver se chego perto
De ter sua atenção

Vou enfeitar seu jardim
Com rosas de algodão
Vou regar com lágrimas de sangue
Sem tua atenção

Eu tô pintando a sua cara
Em cada rosto por esse universo
Pra te fazer tá perto
Em qualquer situação

Eu tô te vendo em todo mundo
Acho mesmo que eu tô ficando cega
Pode me chamar de louca
Mas isso me faz bem

Ouvi tua voz, te vi chegar
Eu te abracei, sem te tocar
Eu tô ficando louca
Mas isso me faz bem .

Perto de mim

Thaeme e Thiago

Aonde você quer chegar, se eu tô bem aqui
Aonde você não está não preciso ir
E quando eu não te encontrar
E quando eu não te encontrar
Eu vou te sentir...

Eu tô com medo de sair e você voltar
Eu não posso me permitir
Não vou me perdoar
Afinal, afinal te esperei tantos anos...

Meu corpo tá arrepiado, a meia hora eu tô chorando
Eu vejo os vulto dos teus passos, acho que tô delirando
Tô sentindo que você tá perto de mim...
Meu corpo tá arrepiado, a meia hora eu tô chorando
Eu vejo os vulto dos teus passos, acho que tô delirando
Tô sentindo que você tá perto de mim
Eu voltei...

fechar