Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

12 coisas que fazem o amor acabar

Um relacionamento é feito de detalhes, tais quais podem acabar prejudicando a relação. A vida a dois é complicada, mas é preciso tomar cuidado com o ciúmes excessivo, reclamações e até a falta de atenção! Esses são apenas algumas das coisas que fazem o amor acabar!

Mentiras

A confiança é muito importante dentro de um relacionamento. Quando você mente e quebra a confiança do outro, dificilmente, as coisas conseguem voltar ao normal em 100%. A desconfiança e o pé atrás estarão sempre presentes para lembrar o que houve no passado. O amor fica mais fraco com essa mágoa.

Falta de atenção

Quando um dos parceiros não dá atenção à relação e ao outro, o amor começa a desaparecer aos poucos, pois é como se a pessoa não estivesse mais presente dentro daquele relacionamento. Fora isso, faz com que o outro se sinta sozinho e menos importante. Não deveria ser assim, né?

Falta de lealdade

Traição virtual também é traição e, além disso, falta de lealdade com a outra pessoa. O flerte com outras pessoas, mesmo que à distância, também é falta de respeito com o parceiro e pode magoá-lo muito! Imagina descobrir que para outras pessoas o seu namoro nem existe?

Ciúme em excesso

O ciúme é perigosíssimo para uma relação, ainda mais em excesso. Ele desgasta e faz com que ambos briguem constantemente por coisas que, sequer, merecem atenção. Com ele, a desconfiança, o estresse e o desgaste aparecem em conjunto e ajudam a tornar a relação em algo desagradável.

Não admitir os erros

Todos nós erramos, a diferença é que alguns sabem assumir isso e correr atrás de consertar os erros. Mas, imagina, quando a pessoa não gosta de admitir que errou e não dá o braço a torcer por nada? Essa atitude, um tanto egoísta e imatura, pode acabar com o amor.

Falta de carinho

E não apenas o físico. O carinho alimenta a relação e faz o sentimento da outra pessoa se manter vivo. Há coisa melhor do que se sentir querido e amado pela outra pessoa? Se você ama, precisa demonstrar!

Falta de paciência

Paciência é uma das palavras-chave de qualquer relacionamento. Quando o outro se torna impaciente ou não tem mais o mesmo tato para lidar com as questões delicadas da relação, as coisas podem se tornar mais difíceis. Qualquer situação, por menor que seja, acaba virando o maior problema do universo... E aí a gente já sabe o que acontece, né?

Traição

Assim não há jeito mesmo. Uma traição, além de magoar muito a outra pessoa, tem o poder de acabar com o sentimento no mesmo momento. Só quem passa pela situação consegue entender o que se passa dentro do coração e da cabeça. A raiva e a mágoa acabam se sobressaindo ao amor que existia.

Falta de dedicação

Ninguém precisa nem deve viver para uma relação. Mas não se dedicar ao que vive nem à pessoa que está ao seu lado pode ser crucial para o amor que existe entre vocês. A outra pessoa começa a sentir que falta algo, que você não liga e não dá a mínima para fazer alguns esforços pelo relacionamento. O amor também precisa ser nutrido, viu?

Reclamações constantes

Queixas diárias não agradam ninguém. E ficar todo dia reclamando na orelha do parceiro só pode levar a um lugar: o fim da relação. Quando algo incomoda, devemos conversar e procurar resolver a situação, não ficar jogando constantemente no ar os problemas da relação. Assim, ninguém aguenta, né?

Rotina

Não há nada pior para um casal do que cair na rotina. Vocês podem se amar muito e adorar a companhia um do outro, mas viver em rotina, fazer sempre as mesmas coisas e não trazer novidades para a relação, pode acabar sendo fatal para vocês dois. Às vezes, o sentimento ainda está ali, mas o peso da rotina não deixa que vocês percebam isso.

Competição

Parece até mentira, mas existem muitos casais que competem entre si, sim. E pode ser em qualquer coisa! A ideia de uma relação é ter alguém ao seu lado que te ajude, te faça crescer e queira se tornar alguém melhor ao seu lado. Não ficar competindo e medindo conquistas. Não há amor que aguente.