Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

A Sorte de um Amor Tranquilo

Cazuza, um grande músico, mas acima de tudo, poeta. Como ele já dizia, aquilo que queremos é ter a sorte de um amor tranquilo, que nos bote no colo e nos ame. Confira uma seleção de mensagens que provam que um amor tranquilo é a melhor coisa do mundo!

continue lendo
Compartilhar

O amor mais sereno

Meu amor por você é um amor calmo, sereno. É aquele que não precisa de lutas para conquistar, mas de um bom diálogo.. O Amor mais sereno é aquele que você e eu possamos nos entender tranquilamente, sem desavenças, sem decepções, sem guerra...

Queremos paz

Às vezes, queremos paz. Queremos um amor que conserve tranquilo o coração, beijos que silenciem bocas, e rostos que se colam frente a um mar de poucas ondas. Queremos confiança de um serenar duplo, um olhar recíproco com sorrisos sem dentes aparentes e um deitar de colo estendido.

Do que precisamos

Karina

Um amor calmo
É disso que a gente precisa
Um amor puro, no claro, escuro
É claro que a gente precisa
Amor sem cachaça , sem tapa, sem choro
Feliz na partida
De brancos lençóis e beijo que tanto combina
De toque suave
De língua atrevida
Amor sem pudor, sem roupa, sem dor
De mais uma chance é o que a gente precisa
A gente merece, a gente se esquece do que foi ruim
Domar os instintos na intimidade
É cedo pro fim
Pois quando nascer amanhã
Os corpos suados
Dormir lado a lado
A gente precisa…

A vida implora

Frederico Elboni

Se entregar a verdade de amar é sentir-se leve o suficiente para viver um amor sem vaidade e orgulho. Coisa para poucos, eu sei. Mas chega um dia, ou pelo menos deveria chegar, que a maturidade da nossa vontade de amar transborda. E transborda tanto, que sentimos saudade do pouco que muito diz e, como quem nada quer, transforma eletricidades em calmaria.

Chega uma fase onde a vida pede, implora, calma e companheirismo. Pede varanda, pede cautela, pede silêncio em dupla e pede sinceridade em forma de risada e beijo.

 

A sorte

Não quero muito da vida, quero a sorte de um amor tranquilo, um amor paciente, um amor companheiro. A sorte de ter alguém para viver a vida, compartilhar os bons momentos e superar os maus. A sorte de ter alguém compreensivo, alguém tranquilo, com muito carinho e amor para dar. A sorte de um amor sereno, suave, com respeito. A sorte de ter apego e afeto, dedicação e atenção, simpatia e ternura, zelo e cuidado, atração e paixão, amor e sentimentos, correspondidos. Arrumar alguém para ser minha vida e ser a vida de alguém, ter a sorte de um amor verdadeiro.

Amores intensos

Augusto Branco

Pode ser que um dia
Eu queira a sorte de um amor tranqüilo
Mas enquanto este dia não chega
Prefiro viver os amores intensos
Irresponsáveis
Coloridos

Por que amor bom é amor que tira o fôlego
Que nos faz perder a cabeça
Que mexe com nossos sentidos

Mas, sim, talvez um dia
Eu queira a sorte de um amor tranqüilo
Mas por hora eu prefiro deixar levar-me
Pelos braços do desconhecido
Por hora eu só espero
Que você venha comigo...

Ser resgatado

Talvez a sorte de um amor tranquilo esteja em um lugar cheio de turbilhões, simplesmente à espera de um dia ser resgatado e ser vivido intensamente.

Dar e receber

Como diria o grande poeta Cazuza: “eu quero a sorte de um amor tranqüilo”, e quem não quer!? - Eu quero. Se não for para ser um amor meu, um amor bonito, que abstraia o meu melhor, nem se aproxime, quero o amor singelo, simples, sem interrupções de terceiros, quero o amor, mas que seja apenas eu & ele, quero que ele queira ser meu, e que se orgulhe de ser meu, que me dê cuidados, dê carinho, dê abrigo na hora em que eu estiver cansada de caminhar. Já cansei de cuidar, de mimar, de estender a mão, de dar e nada receber, portanto se não for pra ser assim, se não for para ter amor por mim, já disse, nem se aproxime.

Amor que não assusta

O melhor amor do mundo é o amor tranquilo. Aquele que não assusta, não te faz acordar no meio da madrugada, não deixa o coração na boca e nas mãos. O melhor amor do mundo é amar em paz.

Que me desculpem aqueles que gostam de emoção. Depois de uns anos e um pouquinho de experiência, a gente deixa o ciumes e a insegurança lá na paixão. A paixão é imatura e sabe lidar com os embaralhos do coração. O amor tranquilo é maduro e não aceita lidar com meninice.

Esqueçam os joguinhos. Falar e berrar nossos sentimentos fazem parte sim do melhor amor do mundo. Mas com a deliciosa diferença de se faz tudo isso junto. A gente também explode. Só que na mesma intensidade.

Amar em sintonia. Sem sufoco. O melhor amor do mundo aparece nas pequenas coisas. O amor tranquilo faz ler pensamentos. E o que ele tem de mais sincero é o andar de mãos dadas.

Eu faço um brinde a emoção que o melhor amor do mundo nos faz sentir. A de que haverá sempre a manha seguinte, o próximo beijo, os futuros planos.

Todos os dias

Todo dia quando acordo, eu lembro do seu rosto... Como é lindo o brilho que irradia dos teus olhos. Esse brilho me ajuda a seguir em frente com prazer e alegria, pois você é, e sempre será, muito especial pra mim. Muito obrigado pelo simples fato de você existir e me deixar fazer parte da sua vida, eu me sinto um privilegiado. Te amo!

Devagar para durar

Eça de Queirós

Love me little, love me long. Há muita verdade neste lindo provérbio inglês. O que é violento é perecível. O que é calmo é duradouro. Um amor brusco e irrefletido, e com natureza de chama participaria da essência dessa primeira ilusão de que eu falei há pouco, e estaria condenado, como toda a chama, a consumir-se a si mesmo. É necessário que as coisas cresçam devagar e lentamente — para que durem muito.

Certas coisas não mudam

Clarissa Corrêa

Você pode até me achar conformada ou fraca, mas algumas coisas resolvi deixar pra lá. Não entro mais em certas brigas, não emito opinião quando vejo que o negócio não vai dar em nada, não insisto no que vejo que não mudará um milímetro. Deposito minha energia, trabalho e força no que vejo que ainda tem sentido ou remédio. Aprendi, depois de muitas quedas, que certas coisas não mudam, que lutar por nada desgasta e que falar com as paredes é coisa de maluco.

fechar