Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

As cinco linguagens do amor

Escrito por Gary Chapman, o livro "As cinco linguagens do amor" promete trazer mudanças no seu relacionamento conjugal. Com táticas de comunicação e mudanças de comportamento, você vai passar para o próximo nível no seu casamento! Confira as melhores frases e ensinamentos deste manual!

Linguagens do Amor

Em seu livro ‘As 5 Linguagens do Amor’, o autor estadunidense Gary Chapman defende a própria teoria de que o amor é normalmente comunicado em cinco linguagens predominantes: ‘Palavras de Afirmação’, ‘Qualidade de Tempo’, ‘Receber Presentes’, ‘Formas de Servir’ e ‘Toque Físico’. Ele explica que, ao tentar expressar afeto, cada pessoa demonstra domínio sobre uma ou duas dessas linguagens.

Fracasso nas relações

Chapman também ilustra como é comum relacionamentos fracassarem porque os envolvidos não se comunicam através das mesmas linguagens. Por exemplo, se uma das pessoas nesse relacionamento demonstra afeto pelo toque (beijos, abraços, carícias) enquanto a outra parte prefere que os dois passem tempo de qualidade juntos, eles não estão se comunicando bem. É como tentar manter um diálogo com alguém que não compreende o nosso idioma.

Frases da literatura de quebrar o coração

O autor

Gary Chapman é pastor da Igreja Batista em Winston-Salem, Carolina do Norte. Filho amado de Sam e Grace, Gary aprendeu o significado da palavra ‘família’ com os pais, constituindo a própria ao lado de Karolyn, com quem tem um casal de filhos e um casamento extremamente bem-sucedido. Ele garante que a comunicação sempre foi um ponto forte dentro do lar construído ao lado da esposa.

Apaixonando-se

“Quando andamos de mãos dadas, é como se nossos corações batessem no mesmo compasso” é o que diz Chapman sobre a sensação de estarmos apaixonados, naquele período do romance em que não conseguimos enxergar incompatibilidades com a outra pessoa, mergulhando de cabeça no relacionamento. É nesse momento que as falhas de comunicação começam, mas as ignoramos por acreditarmos que a paixão durará para sempre.

Palavras de Afirmação

“Uma forma de se expressar o amor emocional é utilizar palavras que edificam.” A primeira linguagem descrita por Chapman dá-se através do uso de ‘palavras de afirmação’, ou seja, o autor acredita que algumas pessoas utilizem elogios e incentivos para demonstrar afeto. Se uma esposa gosta de ter suas qualidades listadas e o marido não está atento a elas, então existe uma lacuna entre os dois.

15 casas de escritores que você pode visitar

Qualidade de Tempo

A segunda linguagem do amor diz respeito aos períodos que passamos ao lado de nossos parceiros. Porém, é importante ressaltar que momentos de qualidade ocorrem quando as duas pessoas estão presentes e focadas: “Não faça outra coisa enquanto ouve seu cônjuge. Lembre-se: ‘Qualidade de Tempo’ é dedicar ao que lhe fala sua total atenção”. Em outras palavras, não se distraia com TV, celulares, redes sociais ou qualquer outro recurso enquanto estiver com seu parceiro.

Formas de Servir

“...Janice é a melhor dona de casa do mundo! Cozinha como ninguém. Minhas roupas estão sempre limpas e passadas [...], sei que ela me ama” São as palavras de um marido satisfeito só pelo fato de ter uma esposa dedicada às tarefas da casa. Mais recorrente do que se imagina, as ‘formas de servir’ seu parceiro também se configuram como uma expressão de amor. Chapman adverte que tarefas assim não devem ser cumpridas por parte de uma exigência do cônjuge. Um marido que lava a louça ou ajuda a cuidar dos filhos, o faz por amar e querer agradar a esposa e não porque ela exige que ele cumpra suas ordens.

Toque Físico

“Não caia no erro de achar que o que lhe traz prazer também trará a seu cônjuge.” Algumas pessoas se sentem amadas ao serem tocadas ou acreditam que a única maneira de expressar afeto é através do toque (beijam, abraçam, caminham de mãos dadas), mas é preciso estar atento às necessidades do parceiro para descobrir se ele ou ela se sentem realmente confortáveis com esse tipo de troca. Chapman dá alguns exemplos de como as pessoas podem se desencontrar ao não verbalizarem o desconforto com essa linguagem.

15 livros que contam histórias reais

Descobrindo sua linguagem

Gary Chapman nos ajuda a navegar pelo universo do amor e possibilita que façamos a distinção das necessidades de nossos parceiros com maior precisão. Além disso, ele viabiliza que identifiquemos a nossa própria linguagem – a linguagem que, se bem expressada, nos faz sentir amados.

Grande sucesso

No decorrer dos capítulos de ‘As 5 Linguagens do Amor’ e através dos exemplos dos casais descritos em cada um deles, é possível compreender a razão de Chapman ser um autor de sucesso entre cônjuges em crise e pessoas interessadas em melhorar seus relacionamentos com os parceiros.

Receber Presentes

“Um presente é algo que você pode segurar em suas mãos e dizer: ‘Ele pensou em mim!’ ou ‘Ela se lembrou de mim!’” Chapman explica como que, mais importante do que o objeto em si, dar presentes em uma relação tem a ver com intenção, atenção e dedicação da pessoa que oferta um símbolo de seu amor ao parceiro. Presentes carregam significado tanto para quem os presenteia quanto para quem é presenteado.

15 livros que toda mulher deveria ler