Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Biografia de Paul McCartney

Conheça um pouco mais sobre a história do eterno Beatle!

Quem é Paul McCartney?

Sir James Paul McCartney MBE é um cantor, compositor, baixista, guitarrista, pianista, multi-instrumentista, empresário, produtor musical, cinematográfico e ativista dos direitos dos animais britânico. McCartney alcançou fama mundial como membro da banda de rock britânica The Beatles, com John Lennon, Ringo Starr e George Harrison. Lennon e McCartney foram uma das mais influentes e bem sucedidas parcerias musicais de todos os tempos, "escrevendo as canções mais populares da história do rock". Após a dissolução dos Beatles em 1970, McCartney lançou-se em uma carreira solo de sucessos, formou uma banda com sua primeira mulher Linda McCartney, os Wings. Ele também trabalhou com música clássica, eletrônica e trilhas sonoras.

Em 1979, o Livro Guinness dos Recordes declarou-o como o compositor musical de maior sucesso da história da música pop mundial de todos os tempos. McCartney teve 29 composições de sua autoria no primeiro lugar das paradas de sucesso dos EUA, vinte das quais junto com os Beatles e o restante em sua carreira solo ou com seu grupo Wings.

Paul McCartney é o canhoto e baixista mais famoso da história do rock, embora também toque outros instrumentos, como bateria, piano, guitarra, teclado, etc. É considerado como um dos mais ricos músicos de todos os tempos. Foi eleito, em 2008, o 11º melhor cantor de todos os tempos pela revista Rolling Stone. Fora seu trabalho musical, McCartney advoga em favor dos direitos dos animais, contra o uso de minas terrestres, a favor da comida vegetariana e a favor da educação musical. Em 1997 foi publicada a biografia intitulada Many Years From Now, autorizada pelo músico e escrita pelo britânico Barry Miles. Sua empresa MPL Communications detém os direitos autorais de mais de três mil canções, incluindo todas as canções escritas por Buddy Holly.
Paul McCartney é vegetariano e já declarou à imprensa como tomou essa decisão: "Há muitos anos, estava pescando e, enquanto puxava um pobre peixe, entendi: eu o estou matando, pelo simples prazer que isso me dá. Alguma coisa fez um clique dentro de mim. Entendi, enquanto olhava o peixe se debater para respirar, que a vida dele era tão importante para ele quanto a minha é para mim". É membro honorário e participante ativo das campanhas do PETA (People for the Ethical Treatment of Animals, ou Pessoas pelo tratamento ético dos animais, em português). Em 2006 no Grammy Awards ele cantou com Linkin Park e Jay-Z uma versão de "Numb/Encore" incluindo a sua música "Yesterday".

Anos 1960 - Parte I

No ano de 1957, McCartney então com quinze anos conheceu John Lennon ao assistir ao show de uma banda chamada Quarrymen em Woolton (subúrbio de Liverpool). Esta seria a banda que daria origem aos The Beatles. No início, a tia de John desaprovou a amizade dos dois pois McCartney vinha da classe operária. A entrada de McCartney para a banda se deu após Lennon ver McCartney tocar a canção "Twenty Flight Rock" de Eddie Cochran. John Lennon acabou o convidando para entrar para a banda. Os dois começaram a compor juntos algumas canções. Em 1958, McCartney convenceu Lennon a aceitar George Harrison na banda. Lennon estava relutante ao aceitá-lo já que Harrison era considerado muito novo. Após a entrada de Harrison, Stuart Sutcliffe, amigo da escola de artes de John Lennon, entrou para a banda como baixista.

Os Quarrymen mudaram de nome várias vezes até começaram a se chamar The Beatles. Em 1960, a banda foi pela primeira vez tocar em Hamburgo. Na época, Jim McCartney relutou bastante em deixar seu filho ainda adolescente, Paul, ir a Hamburgo. Paul e o baterista Pete Best acabaram sendo deportados da Alemanha após darem início a um pequeno incêndio no local onde estavam hospedados.

Em 21 de março de 1961, os Beatles fizeram seu primeiro show no Cavern Club.
Após Paul McCartney notar que outras bandas de Liverpool tocavam as mesmos covers que eles, ele e John se intensificaram em compor novas canções. No mesmo ano, os Beatles retornaram a Hamburgo para fazer shows em clubes noturnos, neste momento Paul passou a tocar baixo pois Stu largara a banda e então os Beatles se tornaram um quarteto com dois guitarristas (John e George), um contrabaixista (Paul) e uma baterista (Pete). Foi ainda no mesmo ano que os Beatles conheceram Brian Epstein e logo depois conseguiram o contrato com a EMI Parlophone após serem recusados pela Decca Records. Com a assinatura do contrato, Pete, o baterista, foi dispensado e em seu lugar entrou Ringo Starr.

Anos 1960 - Parte II

Durante os Beatles, McCartney formou junto a John Lennon uma dupla de compositores, e combinaram que mesmo quando alguma canção fosse escrita só por um deles, ela traria a assinatura de Lennon/McCartney. Nos Beatles, McCartney era o que mais escrevia canções românticas. São de sua autoria canções como "Yesterday", "And I Love Her", "Michelle" e "Here There and Everywhere". Embora Paul sempre fosse acusado de só escrever baladas, ele também escreveu várias canções com um estilo mais pesado como "Back In The USSR", "Helter Skelter" e "The End". A canção "Yesterday" é a mais regravada por outros artistas em todos os tempos. Nos anos 60, Paul ainda escreveu canções para outros músicos entre elas "A World Without Love" gravada por Peter & Gordon que atingiu o primeiro lugar nas paradas de sucesso). Em 1966 os Beatles, no auge da fama, pararam de fazer shows ao vivo. No mesmo ano, Paul McCartney foi o primeiro beatle a desenvolver um projeto musical solo, onde compôs a trilha sonora para o filme televisivo The Family Way. Pelo trabalho, McCartney ganhou o prêmio Ivor Novello como melhor tema instrumental.

Depois que Brian Epstein morreu em 1967 e John Lennon passou os Beatles para segundo plano, após conhecer Yoko Ono, McCartney se tornou a figura central da banda, o que acabou gerando conflitos com Lennon. Ele e Lennon também entraram em conflito na hora de escolher um novo empresário para a banda. Em 1969, McCartney tentou convencer os outros beatles de voltarem a fazer apresentações ao vivo. Neste mesmo ano, por sua sugestão os Beatles gravaram o filme/documentário Let It Be pensando que isto os reaproximaria, o que não aconteceu. Em dia 10 de abril de 1970 Paul McCartney anunciou publicamente o fim dos Beatles em entrevista coletiva e anunciou o lançamento de seu primeiro álbum solo. Embora eles já não quisessem mais continuar juntos a entrevista antecipada de Paul sem o consentimento dos demais integrantes gerou mágoas a ponto de ser acusado por eles de traidor.

O lançamento do álbum Let It Be quase um mês depois da declaração oficial do fim dos Beatles deixou Paul insatisfeito. A produção do álbum foi entregue a Phil Spector, e McCartney ficou desapontado com o tratamento que Phil deu a suas canções, principalmente em "The Long and Winding Road".

Anos 1980 - Novos álbuns solo - Parte I

Seu primeiro álbum solo da década foi o McCartney II, com ênfase em sintetizadores ao invés de guitarras. A canção "Coming Up" atingiu o segundo lugar na Inglaterra e primeiro nos Estados Unidos. e "Waterfalls" foi outro Top 10 inglês.

O álbum seguinte, Tug of War, de 1982, marcou a reunião com o produtor dos Beatles, George Martin, e com Ringo Starr. McCartney cantou no álbum em dueto, com Stevie Wonder em "Ebony and Ivory" e fez um tributo a Lennon, "Here Today". O álbum se tornou um de seus maiores sucessos em toda sua carreira solo. Ringo Starr tocou bateria em "Take It Away". Carl Perkins cantou em dueto com Paul a canção "Get it" e Stevie Wonder as canções "Ebony and Ivory" e "Whats That You are Doing?". No mesmo ano, Paul gravou uma canção com o megastar pop emergente Michael Jackson ("The Girl is Mine"), que foi lançada no álbum de Michael, Thriller.
No ano seguinte, McCartney lançou o álbum Pipes of Peace e alcançou sucesso com as canções "Pipes of Peace", "So Bad" e "Say, Say, Say", esta última em parceria novamente com agora então consagrado Michael Jackson. O álbum trazia novamente a participação de vários artistas além de Michael Jackson, Ringo Starr, Eric Stewart e Denny Laine (ex-Wings), além da produção novamente de George Martin.

McCartney escreveu e atuou no filme de 1984 Give My Regards to Broad Street. A trilha sonora atingiu o Top 10 americano e inglês assim como a canção "No More Lonely Nights" (que contou com a participação de David Gilmour, guitarrista da banda britânica Pink Floyd na guitarra solo), mas o filme não se saiu bem comercialmente e recebeu críticas negativas. No filme, atuaram junto a McCartney sua mulher, Linda, o ex-beatle Ringo Starr e sua mulher Barbara Bach e a atriz Tracey Ullman. No final do mesmo ano, McCartney lançou a canção "We All Stand Together", canção principal do desenho animado Rupert and the Frog Song e escreveu e cantou a canção principal do filme Spies Like Us.

Anos 1980 - Novos álbuns solo - Parte II

A amizade de Paul McCartney e Michael Jackson acabou em pouco tempo. Eles começaram a se tornar amigos na época da gravação das canções "The Girl is Mine" e "Say Say Say". Após o lançamento de Thriller, Michael tornou-se um dos maiores megastars do mundo pop e acabou comprando o catálogo da Northern Song com isso tornou-se dono dos direitos autorais das canções de Lennon/McCartney, para desgosto de Paul McCartney, que sempre quis comprá-las.

Em 1986 ele lançou o álbum que foi considerado um dos mais fracos de sua carreira solo: Press to Play. E em 1988 lançou CCCP, com canções clássicas do Rock and Roll. Foi originalmente um álbum lançado somente na USSR que posteriormente teve seu lançamento mundial.

No final da década de 80, McCartney começou uma parceria com o compositor e músico Elvis Costello. As canções compostas apareceram em vários singles e em álbuns de ambos artistas, destacando-se "Veronica" do álbum Spike de Elvis Cosltello, e "My Brave Face" do Flowers in the Dirt de Paul, ambos lançados em 1989. Este álbum, Flowers in The Dirt, atingiu o primeiro lugar na Inglaterra. No álbum Flowers in The Dirt, Paul homenageia o líder seringueiro brasileiro assassinado em 1988 Chico Mendes, na faixa intitulada How Many People. Em 1989, McCartney embarcou em sua primeira tournê após a morte de John Lennon e a primeira pelos Estados Unidos após 13 anos, a tournê chamada "The Paul McCartney World Tour" foi documentada no álbum Tripping the Live Fantastic.

Anos 1980 - A morte de John Lennon

Em uma entrevista em 1980, Lennon disse que a última vez que viu McCartney foi quando eles assistiram ao programa de tv Saturday Night Live juntos em maio de 1976, onde Lorne Michaels fez uma proposta de 3.000 dólares para reunir Lennon, McCartney, Harrison e Starr em um show. McCartney e Lennon tinham considerado a proposta mas estavam cansados demais para seguir até o estúdio. Na noite de 9 de dezembro de 1980, McCartney acordou com as notícias do assassinato de John Lennon. A morte de John Lennon criou um frenesi em torno dos outros Beatles vivos.Na tarde de 9 de dezembro, ao sair de um estúdio na Oxford Street, McCartney ficou rodeado de jornalistas perguntado a respeito da morte de Lennon. McCartney disse, "Eu estou chocado - isto é uma notícia terrível" e disse ainda que passou o dia no estúdio por não querer ficar em casa sentado sem fazer nada." McCartney foi muito criticado pela frieza com que recebeu a notícia da morte de John Lennon. Em entevista para a revista Playboy em 1984, McCartney disse que ele ficou assistindo ao noticiário na televisão aquela noite e chorou a noite inteira. Ele relembrou ainda do seu último telefonema a John Lennon, pouco após o lançamento do álbum Double Fantasy de John e Yoko. Segundo McCartney, no telefonema Lennon disse rindo a Paul, "Esta esposa quer uma carreira!" O termo esposa foi usado em referência ao termo esposo-Lennon que tomou conta do filho durante anos.

Após a morte de Lennon, McCartney voltou ao trabalho mas ficou durante muito tempo sem tocar ao vivo. Ele explicou que isto era devido ao nervosismo de ser o próximo a ser assassinado. Isto entrou em desacordo com Denny Laine, que queria continuar a fazer shows. Em 1981, seis meses após a morte de Lennon, McCartney fez parte da vocalização do tributo de George Harrison a Lennon, na canção "All Those Years Ago", junto com Ringo Starr.

Anos 1990

Em abril de 1990 McCartney tocou pela primeira vez no Brasil, a apresentação foi no estádio de futebol Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro.

Em 1991, lança seu primeiro álbum de música clássica, Liverpool Oratorio. Dividindo opiniões de críticos e público, o álbum foi bem recebido comercialmente, mas considerado irregular por parte dos críticos de música clássica.

Em 1993, McCartney lançou o álbum Off the Ground e a canção "Hope of Deliverance" fez um sucesso modesto. No final de 1993 o músico lança nos Estados Unidos o primeiro álbum sob o pseudônimo The Fireman, em parceria com Youth. Strawbery, Ocean, Ships, Forest marca as incursões de Paul McCartney no gênero eletrônico-instrumental Trance Music.

No ano de 1995 Paul McCartney reuniu-se com os ex-Beatles George Harrison e Ringo Starr para a realização de The Beatles Anthology, que englobou um documentário em vídeo, um livro biográfico e três CDs duplos com algumas canções inéditas (gravadas na época da existência do conjunto na década de 60) e canções conhecidas em versões diferentes.

Em 1997 McCartney lançou o álbum Flaming Pie. O álbum foi o primeiro a atingir o Top 10 das paradas de sucessos americanas depois do lançamento de Tug of War. Pelo álbum, McCartney seria indicado ao Grammy.

Em 1999 lançou o álbum Run Devil Run, com releituras de clássicos do rock além de participações de músicos consagrados como David Gilmour, Ian Paice e Mick Green. No final da década, McCartney novamente se envolveu em uma discussão com a viúva de Lennon.

Anos 2000

Em 2001 Paul lança o livro Blackbird Singing, com poemas de letras de suas canções. Em 11 de julho de 2002 casa-se com a modelo Heather Mills, na Catedral do Castelo Leslie, na Irlanda. Em 2003 nasce Beatrice. Em 2006 o casal se separa, em 2008 depois de uma batalha judicial, ficou determinado que Paul McCartney pagaria 24,3 milhões de libras para Heather.

Em 2007, Paul oficialmente saiu da Capitol Records e ingressou para a rede de cafés Starbucks com o seu selo musical " Hear Music", lançando o álbum Memory Almost Full no dia 4 de junho. Para promover o álbum, Paul apareceu no comercial da Apple Computer, iPod+iTunes. No dia 26 de junho de 2007, McCartney apareceu no programa de Larry King da rede CNN com Ringo Starr, Yoko Ono Lennon, Olivia Harrison e Guy Laliberté para promover o "Revolution Lounge" situado em Las Vegas, Nevada e comemorar um ano do aniversário da apresentação LOVE do Cirque Du Soleil.

No ano de 2010 se apresenta na Casa Branca para o Presidente Obama e várias personalidades. Nesse mesmo ano faz show no Brasil, nas cidades de Porto Alegre e São Paulo, com a turnê Up and Coming. Volta ao Brasil em maio de 2011, e se apresenta no Estadio de Engenhão no Rio de Janeiro. Em 9 de outubro de 2011 Paul casa-se com Nancy Shevell, empresaria americana.

No dia 9 de fevereiro de 2012 ganha uma estrela na calçada da fama. Em abril de 2012 faz sua turnê pela América do Sul com o show "On The Run". Nos dia 21 e 22 se apresentou na cidade de Recife, no Estádio do Arruda e no dia 25 fez show em Florianópolis, no Estádio da Ressacada.

Comentários