Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Biografia de Oliver Stone

Com mais de quarenta anos de carreira, Oliver Stone se consagrou no cinema dirigindo Platoon. Conheça algumas curiosidades sobre a vida e carreira do diretor, que sempre é relacionado à teorias da conspiração por suas obras.

15/09/1946
continue lendo
Compartilhar

Quem é Oliver Stone?

William Oliver Stone é um cineasta, roteirista, produtor e veterano de guerra estadunidense nascido em 15 de Setembro de 1946 na cidade de Nova Iorque.
Stone cresceu em Manhattan e frequentou a Trinity School até seus pais o enviarem para estudar em uma escola preparatória em Pottstown, no estado da Pensilvânia. Em 1962 seus pais se divorciaram e sua mãe foi ausente por grande parte da sua vida motivo pelo qual, no futuro, a relação entre pai e filho seria constantemente abordada em seus filmes. Em 1963, com 17 anos, um acontecimento marcou a sua adolescência: o assassinato do Presidente Kennedy, em Dallas.

Guerra

Depois de dar aulas em uma escola de Saigón, no Vietnã (hoje Cidade de Ho Chi Minh), e trabalhar como marinheiro, alistou-se no Exército, sendo ferido durante a guerra do Vietnã. Ele foi enviado com apenas 19 anos de idade em setembro de 1967 para o sudeste asiático, numa região próxima à fronteira do Camboja, com o objetivo de combater o comunismo dos chamados vietcongues, com os Estados Unidos novamente impondo sua ideologia política. Deixou o Exército em 1968. Na volta do Vietnã aos EUA, condecorado com uma Estrela de Bronze pela bravura exibida em combate, decidiu estudar cinema.

Sua direção

Uma característica dos filmes de Oliver Stone reside no uso de câmeras e formatos de filme diferentes, que podem ir do VHS ao filme de 8mm até 70mm. Seus trabalhos normalmente combinam diferentes formatos de filme em uma só cena, além de focarem, em sua maioria, em problemas políticos e situações controversas envolvendo o governo estadunidense.

A teoria da conspiração

Por gostar bastante de fazer filmes que causam alguma polêmica, alguns críticos acusam Stone de ser um teórico da conspiração e que os seus filmes manipulam os espectadores, mas apesar disso muitos consideram também que Stone é um dos melhores realizadores de Hollywood e também o mais controverso.

Seus empregos

Seu primeiro trabalho foi o curta-metragem Last Year in Viet Nam e entre esse curta e seus primeiros trabalhos como diretor, Stone trabalhou como taxista, assistente de produção e vendedor até se firmar como roteirista no final dos anos 70.

Livro:

No ano de 1997, Oliver Stone publicou um romance autobiográfico intitulado "O Inferno dos Sonhos".

 

Quando ele decidiu tentar a sorte no cinema?

Na volta do Vietnã aos EUA, condecorado com uma Estrela de Bronze pela bravura exibida em combate, decidiu estudar cinema na cidade de Nova York, onde graduou-se em 1971. Seu primeiro professor foi Martin Scorsese. No 56º Festival de Cannes, Stone disse ter feito 'uns curtas horríveis' e que recebeu de Scorsese conselho para realizar algo pessoal. Dirigiu, então, O Ano Passado no Vietnã, um relato autobiográfico, em 14 minutos, filmado à maneira do francês Alain Resnais (O Ano Passado em Marienbad). Ao final da projeção para a classe, Scorsese sentenciou: 'Aqui existe um cineasta'. Em Cannes, Stone confidenciou à platéia: 'Nunca me esquecerei desse momento. Você se torna louco e alguém ainda lhe compreende'.

Alguns de seus filmes mais consagrados:

Snowden (2015)
Selvagens (2012)
Wall Street - O Dinheiro Nunca Dorme (2010)
Ao Sul da Fronteira (2009)
As Torres Gêmeas (2005)
Reviravolta (1997)
Nixon (1995)
Assassinos por Natureza (1994)
JFK - A Pergunta Que Não Quer Calar (1991)
The Doors (1990)
Nascido em 4 de Julho (1989)
Platoon (1986)

Stone escreveu ou participou em todos os filmes que dirigiu, exceto em U Turn, de 1997. Além disso, ele ajudou nos roteiros de O Expresso da Meia Noite, Conan, o Bárbaro, Scarface e Evita.

Premiações

Oscar

· Venceu na categoria de melhor diretor por Platoon (1986) e Nascido em 4 de Julho (1989).
· Venceu na categoria de melhor roteiro adaptado por O Expresso da Meia-Noite (1978).
· Recebeu duas indicações na categoria de melhor direção por Nascido em 4 de Julho (1989) e JFK - A Pergunta que Não Quer Calar (1991).
· Recebeu duas indicações na categoria de melhor filme por Nascido em 4 de Julho (1989) e JFK - A Pergunta que Não Quer Calar (1991).
· Recebeu duas indicações na categoria de melhor roteiro adaptado por Nascido em 4 de Julho (1989) e JFK - A Pergunta que Não Quer Calar (1991).
· Recebeu três indicações na categoria de melhor roteiro original por Nixon (1995), Platoon (1986) e Salvador - O Martírio de um Povo (1986).

Globo de Ouro

· Venceu na categoria de melhor direção por Platoon (1986), Nascido em 4 de Julho (1989) e JFK - A Pergunta que Não Quer Calar (1991).
· Venceu na categoria de melhor roteiro por Nascido em 4 de Julho (1989) e O Expresso da Meia-Noite (1978).
· Recebeu duas indicações na categoria de melhor roteiro - cinema, por Platoon (1986) e JFK - A Pergunta que Não Quer Calar (1991).
· Recebeu uma indicação na categoria de melhor direção por Assassinos por Natureza (1994).

BAFTA

· Venceu em 1988 na categoria de melhor direção por Platoon (1986).
· Recebeu três indicações na categoria de melhor roteiro adaptado, por Evita (1996), Nascido em 4 de Julho (1989) e JFK - A Pergunta que Não Quer Calar (1991).

Festival de Veneza

· Ganhou o Prêmio Especial do Júri em 1994 por Assassinos por Natureza (1994).

Festival de Berlim

· Ganhou o Urso de Prata, por Platoon (1986).
· Ganhou o Urso de Ouro Honorário em 1990 em comemoração aos 40 anos do Festival.

Independent Spirit Award

· Venceu nas categorias de melhor roteiro e melhor direção em 1987, por Platoon (1986).
· Recebeu duas indicações na categoria de melhor direção por Talk Radio (1988) e Salvador - O Martírio de um Povo (1986).
· Recebeu indicação na categoriade melhor roteiro por Salvador - O Martírio de um Povo (1986).
· Recebeu indicação na categoria de melhor filme por Salvador - O Martírio de um Povo (1986).

Framboesa de Ouro

· Recebeu duas indicações na categoria de pior diretor por Reviravolta (1997) e Alexander (2004).
· Recebeu uma indicação na categoria de pior roteiro por O Ano do Dragão (1985).

Festival Internacional de Bruxelas: Ganhou o prêmio Íris de Cristal.

Festival de Hermosa Beach: Ganhou na categoria de melhor documentário por The Last Days of Kennedy and King (1998).

Sua prisões

Stone foi preso em junho de 1999 por porte de haxixe e por dirigir bêbado, mas aos 21 anos de idade já havia sido preso no México por porte de maconha.

fechar