Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Biografia de John Lennon

Para todos os fãs de John Lennon de hoje e sempre, dedicamos essa página com música, afeto, histórias e amor.

O sucesso das músicas

O grupo Beatles foi um dos maiores fenômenos da música popular de todos os tempos. Ao longo de apenas oito anos, os Beatles mudaram a face do rock and roll, criando uma linguagem musical única e influenciando profundamente o comportamento dos jovens de sua época.

George Martin foi o produtor responsável pela maioria dos discos dos Beatles, tanto que era chamado de o quinto beatle.

A discografia dos Beatles lançada no mundo todo compõe-se de 22 compactos e 13 LPs oficiais. Mas os discos lançados em diversos países têm repertórios diferente das edições originais inglesas, isso porque as gravadoras locais faziam seleções incluindo faixas que tinham sido bem-sucedidas nos discos anteriores. No Brasil, a partir de Help!, seguiu-se os originais ingleses.

O nome Beatles faz um trocadilho com beetles (besouros) e beat (batida ou compasso ritmado). Todos os integrantes do grupo - John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr - nasceram na cidade de Liverpool, na Inglaterra. O empresário do grupo, Brian Epstein foi quem descobriu os rapazes, vendo-os tocar num pub chamado The Cavern Club.

O grupo gravou nos estúdios Abbey Road o compacto Love me do-P.S. I Love You, com canções de Lennon e McCartney, lançado em 5 de outubro de 1962 pela Parlephone (EMI) e atingiu o número 17 nas paradas de sucesso inglesas.

Em 1963, John Lennon e Paul McCartney foram eleitos os melhores compositores do ano. Aumentou o número de shows e suas músicas não paravam de ser tocadas nas rádios. No ano seguinte os Beatles conquistaram os EUA.

Mito da Morte

Cássio Tomaim

O sangue escorria pela escadaria ao som de gritos dolorosos que sucumbiam o silêncio daquela noite de oito de dezembro de 1980. Quem viu a cena não esquece jamais: às 22h48 um homem de quarenta anos estava caído no chão após ter sido baleado em frente ao edifício Dakota em Nova York. Sangrava muito e sua mulher que acompanhara toda a cena gritava apavorada: Foi baleado! Atiraram nele! Foi baleado! O assassino, Mark David Chapman, um jovem de 25 anos de idade, foi preso sem nenhuma resistência minutos após o assassinato poucos quarteirões dali. Calmamente em pé lia O Apanhador no Campo de Centeios, de J. D. Salinger. O homem baleado foi levado rapidamente para o Hospital Roosevelt, mas pouco depois da meia-noite o anúncio de sua morte veio através das palavras do diretor do serviço de emergência, Stephan Lynn: "Foram feitos vários esforços para tentar ressuscitá-lo, mas mesmo com transfusões e outras providências emergenciais não foi possível salvá-lo. Ele sofreu múltiplos ferimentos à bala no peito, braço esquerdo e nas costas. Ao todo, havia sete ferimentos no corpo, não sei exatamente ainda quantas balas. O ferimento mais grave atingiu os principais vasos do peito, que provocaram uma perda significativa de sangue. Essa hemorragia foi a responsável pela sua morte. Tenho certeza de que ele morreu segundos depois que os primeiros tiros o atingiram". Os tiros foram certeiros e o jovem assassino sabia o que estava fazendo, ele selava de vez, mesmo que de forma trágica, o homem que dava lugar ao mito: John Lennon.

Comentários