Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Como lidar com a crise dos 20 e poucos anos

Como dizem, depois que você chega aos 18 anos. o tempo passa mais rápido do que você imagina. Está passando por essa fase? Reflita com nossas dicas!

continue lendo
Compartilhar

Estou em crise?

Pode até demorar, mas a famosa crise dos “20 e poucos” chega para todo mundo! E aí não adianta tentar escapar. O jeito é aprender alguns macetes para lidar com esse período e tirar de letra os estresses e as preocupações que surgem durante essa fase. Mas relaxa! Essa crise não é nenhum bicho de sete-cabeças e quando você menos esperar já vai ter passado.

Faculdade? Profissão?

Geralmente, os jovens entram na faculdade um pouco antes dos 20 e na metade do curso é que as dúvidas e problemas começam a surgir. De repente, uma pulguinha atrás da orelha te faz se sentir insatisfeito com a profissão escolhida, te faz sentir medo de não conseguir um trabalho legal ou, até mesmo, planta a ideia de que você precisa escolher outra coisa para fazer da vida! Tenha calma, não adianta nada tomar decisões de cabeça quente. Por isso, pense bem, avalie as opções e procure ajuda de seus amigos ou familiares. Espere o momento conturbado passar um pouco e veja se o sentimento persiste.

Trabalhe pela própria felicidade

Ser feliz é um trabalho só seu. Você sabe o que te faz bem, por isso trabalhe para se proporcionar muitas alegrias. Não começamos a vida fazendo aquilo que queremos ou no nosso emprego dos sonhos, mas tenha em mente o que quer para você e que esse é só o começo de sua jornada. Hoje você pode não ter um trabalho ideal, mas e amanhã? Você ainda não sabe! Por isso, não desanime.

Não seja egoísta

Não ser egoísta também é importante. Muitas vezes, assim como na adolescência, tendemos a pensar que só os nossos problemas é que são grandes e merecem atenção. Mas nem sempre é assim. E também não seja egoísta com você mesmo. Você não está sozinho! Procure ajuda e converse com as pessoas. Muitas vezes quem está fora da situação consegue nos ajudar de muitas formas e, principalmente, nos abrir os olhos para algumas coisas.

Não tenha medo de tentar

Não tenha medo de tentar e se arriscar só porque nesse momento tudo parece um pouco mais complicado. Você pode acabar perdendo várias oportunidades e muitas experiências legais. Não deixe que essa fase te impeça de viver e se torne maior do que é.

Não se subestime

Nessa fase, é comum pensar que não somos capazes de fazer nada sério e complexo. Ainda mais quando os amigos estão casando, tendo filhos ou indo morar sozinhos. Você é capaz de muitas coisas e também pode dar grandes passos na vida. Não se subestime!

Saiba ouvir

Na crise dos 20, podemos voltar a ser um pouco adolescentes. Não queremos ouvir, não queremos saber de falar e só pensamos que tudo vai de mal a pior. Mas aprender a ouvir é essencial para enfrentar esse momento. Não importa se são nossos pais ou amigos, apenas ouça o que eles têm a dizer. Guarde consigo as palavras deles. Você verá como isso faz diferença depois!

 

Persistência

Persistência é a palavra para atravessar essa crise de idade. Se você se deixar abater pelos pensamentos ruins logo de cara, ficará difícil mesmo de conseguir superar esses sentimentos confusos. Muitas coisas poderão acontecer para acentuar esses problemas, mas você precisa se manter de cabeça erguida e ter em mente que tudo é apenas uma fase! Não desista!

Compreenda

É importante, também, que você entenda o momento pelo qual está passando. Tudo parece três vezes pior ou mais complicado em sua cabeça, enquanto para outros tudo está normal. Você passou por algo parecido na adolescência e hoje dá risada quando lembra. Daqui a algum tempo pensará o mesmo a respeito do momento atual. Seja compreensivo consigo mesmo.

Multitarefas

Um dos agravantes dessa crise é a nova realidade de ter várias coisas para fazer ao mesmo tempo e muitos problemas para administrar sozinho. É importante que você saiba separar as coisas e, principalmente, os problemas. Dê a cada um a sua devida importância e saiba pesar o que merece ou não mais atenção em cada momento. Assim, fica bem mais fácil de lidar com tanta coisa.

Não se compare

A grama do vizinho pode sempre parecer mais verde, mas nem sempre é a melhor e, no fundo, você não sabe o que está além daquela cor tão linda e brilhante. Por isso, não se compare a ninguém. Não importa se seu irmão ou primo estava diferente na sua idade ou se aquele amigo já conquistou a independência dele, pois cada caso é um caso. Quando se compara aos outros, cria um sentimento muito ruim para você mesmo.

Seja justo

Não seja injusto com você ou com o mundo ao seu redor. Como dito, não vale a pena tomar atitudes de cabeça quente. Agindo por impulso você não estará sendo justo com você nem as próprias vontades.

Haja paciência!

Esta é uma coisa que os pais sempre dizem e parece o maior clichê do mundo, mas é verdade: ter paciência é fundamental nessa etapa. Nada cai do céu e não será de um dia para o outro que sua vida mudará drasticamente. Por isso, tenha paciência! Trabalhe, estude e siga a sua vida com calma. As coisas acontecem na hora que têm de acontecer.

Seja você mesmo

Não é porque o tempo passou e a idade está avançando que você precisa mudar quem é. Ficar mais velho não implica em precisar agir como mais velho em tudo ou abandonar seus gostos e suas vontades por isso. Não é bem mais legal ser um adulto responsável e ainda poder compartilhar os gostos da adolescência ou infância? Você não precisa mudar para se tornar um adulto, pois essas mudanças são mais relacionadas a atitudes e pensamentos do que gostos.

Esteja aberto

É sempre bom receber um carinho, uma palavra amiga ou um simples gesto de preocupação. Esteja aberto às pessoas ao seu redor e não pense que estarão te julgando pelo que está acontecendo. Isso acontece com todo mundo!

fechar