Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Preta Gil

Cantora, atriz e apresentadora. Preta Gil é um ícone revolucionário que luta contra o preconceito e a adversidade. Uma cantora de muito sucesso, que apresenta o talento de sua família. Conheça suas frases e saiba mais.

08/08/1974
continue lendo
Compartilhar

Lábia

Preta Gil

Eu tenho os meus truques, eu tenho um bom papo, sou simpática. Além disso, eu tomo iniciativa num grau que beira a doença. Um dia ainda vou escrever um livro sobre isso!

A bandeira do orgulho

Preta Gil

Eu levantei essa bandeira gay antes de todo mundo. Tenho isso do discurso do meu pai, sou brava, persisto. Quando vi, tinha três bandeiras fincadas em mim: das gordinhas, dos gays e dos excluídos em geral. Eu pensava: “Por que eles precisam de uma voz, de uma musa?”. Eu nunca sofri preconceito, eu sou do jeito que sou. As pessoas se amavam de maneiras diversas na minha família, tinha casais de vários tipos. Eu nunca soube que existia preconceito.

A vida é uma festa

Preta Gil

Minha vida, desde que me entendo por gente, é uma festa. É música, casa cheia, irmão demais, primo demais, ter que dividir tudo com todo mundo, nada é seu, nada é meu, tudo é nosso.

Grana dos pais

Preta Gil

Meu pai ajudava da maneira que eu acho bem correta. Ele é muito sério nessa questão dos filhos. Nunca deu dinheiro na minha mão, mesada. Mas pagava meu plano de saúde e, quando fiquei grávida, me deu um apartamento. Quando fiz 18 anos, me deu um carro – velho, mas deu. E eu, muito cedo, ganhei muito dinheiro. Montei uma produtora de vídeo, a Dueto Filmes, com a Monique Gardenberg, e virei uma grande empresária com 23 anos. Era “a workaholic”. Ganhei muito dinheiro no mercado publicitário.

 

Hoje

Preta Gil

Sou mais calma. Queria ser reconhecida, queria que me aceitassem. E foi muito surpreendente nesses dez anos ver que quem me aceitou, elevou e exaltou como cantora foi o público. Não foi a mídia nem a imprensa, não foi a crítica especializada, não foi a classe, não foram os amigos nem a família. Foi o público. Meus cinco primeiros anos de carreira ficaram muito marcados pela Preta Gil polêmica.

Casamento dos sonhos

Preta Gil

O que importa é que eu trabalhei muito, tenho condições e pude fazer um casamento dos meus sonhos e a festa que sempre sonhei para receber meus amigos e convidados. Valores nessa hora é muito cafona, é muito de menos. O que a gente está esbanjando hoje é amor, amizade e paixão.

Era uma vez...

Preta Gil

Tudo o que tinha para falar de indecente e imoral já falei. Fico refletindo a imagem de uma Preta do passado que já não existe. Não namoro mulher há, sei lá, uns dez anos.

Aprendizados da vida

Preta Gil

Aprendemos a amar, respeitar ao próximo, cuidar e proteger quem amamos. Meu caráter foi formado nessas bases e assim eu eduquei meu filho. Somos incapazes de ofender, diminuir ou menosprezar os outros, seja ele um homem rico ou pobre, preto ou branco, gordo ou magro, hétero ou gay.

Programas na TV

Preta Gil

Não sei se lembram que eu tive dois programas. Um deles, o Caixa Preta, foi em 2003, quando eu estava começando a carreira. Eu gritava, era louca, histérica e ainda tomava remédio pra emagrecer. Quero ter outro, mas só quando for mais velha.

Sem caretice

Preta Gil

Eu podia fazer qualquer coisa, não existia não. Nunca minha mãe olhou um caderno meu de escola. Nunca perguntou se eu tinha feito um dever de casa. Nunca sentou pra estudar comigo. Tinha hora de ir pra escola. Problema meu se eu dormi cedo, dormi tarde. Meus pais nunca olharam boletim, nunca foram a reunião de escola. Uma irmã do meu avô materno, a tia Léia, virou a pessoa que tomava conta de tudo e de todos. Ela que ia na escola, que falava para meus pais que tinham que colocar a gente na natação, essas coisas. Minha mãe era uma supermãe. Mas não tinha aquela coisa careta, sabe?

Espontânea

Preta Gil

Sou muito espontânea. Mas acho que já tenho dentro de mim um senso, um filtro. Hoje eu sei que, se eu falar uma coisa pra uma revista, a frase vai aparecer totalmente fora de contexto em um programa de fofoca da tarde, na capa de um jornal popular...

Toda boa

Preta Gil

Que piada sem graça, chega disso! Chega uma hora que essas piadinhas cansam. Eu adoro o CQC mas não conheço esse garoto, sei que ele é talentoso mas essa não precisava. Quando eu perco a minha paciência acham ruim. Mas se coloquem no meu lugar, cadê o respeito? Sou uma típica mulher brasileira: TODA BOA.

fechar