Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Mike Patton

Mike Patton, vocalista do Faith No More, sempre foi uma figura de polêmica do mundo do rock. Conheça mais sobre ele, apreciando algumas de suas frases.

Época de escola

Mike Patton

Eu levava as coisas a sério. No primário e no ginásio tinha poucos amigos porque sempre me preocupava em estudar e tirar notas boas. Cheguei até o segundo ano de Literatura na universidade.

Se eu fosse brasileiro ficaria com raiva dele...

Mike Patton

Detesto o Sting. Acho ridículo essa coisa de ele ter adotado um índio. Se eu fosse brasileiro ficaria com raiva dele. Exibir uma pessoa como se fosse um animal de estimação é algo que não se faz com seres humanos, mas com macacos. (Em 1991).

Mito

Mike Patton

Eu acho que é um mito que o cantor precisa de atenção. As bandas de perpetuar esse mito.

Mulheres e fama

Mike Patton

O fato de as mulheres serem mais acessíveis não significa que você irá encontrar alguém que goste realmente de você.

Amazônia

Mike Patton

Nos Estados Unidos circulam muitas lendas sobre a Amazônia. As pessoas dizem que está quase tudo destruído, e nós pensamos que iríamos encontrar apenas uma floresta queimada, tratores e coisas do gênero. Chegamos lá e não era nada disso.

Lugares que visitou no Brasil em 1991

Mike Patton

Fui a um terreiro de macumba onde baixou o espírito de alguém que me disseram ser um tal de Preto Velho. Ele falou através de uma mulher. Disse que eu precisava ser purificado e que se rezasse para os espíritos me tomaria mais famoso ainda. Preto Velho sabia que eu era cantor e me aconselhou a lavar a garganta todos os dias com água e sal. Não fiz isso ainda, mas seguirei fielmente suas instruções, caso contrário pode baixar em mim algum mau espírito e atrapalhar os shows.

Não queremos exagerar

Mike Patton

A coisa meio que esgotou. Talvez sejamos conscientes demais, para o nosso próprio bem. Há uma linhagem de bandas que só pensa em faturar. Somos muito preocupados com isso, não queremos exagerar. (Sobre prosseguir ou não com o Faith No More, em 2013)

Assédio dos fãs

Mike Patton

A sensação é de um animal no zoológico. Não estou acostumado com isso, já que só sou admirado assim no Brasil. Nos Estados Unidos e na Europa,andamos na rua e nada acontece. Aqui as garotas gritam, choram, reagem como se fôssemos os Beatles.Sempre que venho aqui, e esta é a segunda vez — a primeira foi no Rock in Rio II , tenho a impressão de que sou uma atração da Disneylândia. (Em 1991)

Popularidade entre os brasileiros?

Mike Patton

Acho que o público funciona de maneira meio diferente. Bandas como os Bee Gees, que ninguém mais ouve em nenhum país do mundo. ainda fazem sucesso no Brasil. Acho que aqui deve ser mesmo um bom lugar para um roqueiro morar. NosEstados Unidos, os grupos fazem sucesso por pouco tempo e depois ninguém mais se lembra deles. No Brasil, pelo que pude notar, as pessoas, quando gostam de um grupo, o ouvem a vida inteira. (Em 1991)

Experiências com a música nacional

Mike Patton

Fui à Escola de Samba do Salgueiro e gostei. Toquei tamborim no meio da bateria da escola, mas toquei tão mal que me senti como um americano estúpido tentando fazer o que não sabe. Se eu fosse o Paul Simon diria “olhem para mim” e tentaria chamar atenção dos fotógrafos. Como não sou o Paul Simon, fiquei apenas deslocado. (Em 1991).

Uma cidade para morar no Brasil

Mike Patton

Acho que São Paulo é a melhor cidade. O Rio de Janeiro é muito caro e é também muito parecido com Los Angeles, que é uma cidade muito exagerada. onde as pessoas fazem tudo para aparecer. São Paulo é um lugar mais frio, se parece mais com Nova York. (Em 1991).

Sobre adotar causas nobres

Mike Patton

O problema é que só se defende causas das quais ninguém discorda. É claro que isso é feito para vender. O rock é antes de tudo um grande negócio, e sempre foi assim, desde os tempos de Woodstock. Nos intervalos entre um show e outro, fizemos questão de conhecer Cubatão. É espantoso. Você não consegue ver o céu. E muito louco. Mas mesmo assim achamos que não é papel do rock despertar a consciência das pessoas para problemas como esse. (Em 1991).

Sobre tocar no Brasil

Mike Patton

O Brasil é muito divertido, temos muitos amigos lá. O público é ótimo. A comida é extraordinária. É um dos nossos lugares favoritos no mundo.