Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Ronda Rousey

Ex-judoca, Ronda Rousey se tornou mundialmente conhecida graças ao talento no MMA. Ela também já se aventurou no cinema. Conheça um pouco mais desse grande nome do UFC e aprecie algumas frases dela.

Férias no Brasil

Ronda Rousey

Eu trouxe a minha família inteira para o Rio e vamos tirar férias aqui logo após a luta. Faz muito tempo que não tiro férias, então achei que se tivesse que viajar para qualquer lugar teria que ser no Brasil, porque eu amo tanto esse país. Vamos passar um tempo aqui, vou tomar aquele famoso drink brasileiro, a caipirinha. Vou celebrar a vitória sobre a Bethe tomando muita caipirinha com a minha família.

Torcida brasileira

Ronda Rousey

Se a torcida estiver dividida, vai ser uma experiência maravilhosa! Eu sempre quis ter uma experiência à la Rocky Balboa. Se realmente puder trazer a torcida para o meu lado no final, vai ser um sonho se tornando realidade. Toda vez que venho competir no Brasil, mesmo que a torcida não goste de mim ou torça contra mim, ainda tenho uma experiência super incrível. Há tanta energia aqui, que ela toma conta do ambiente. É uma atmosfera única e é um privilégio lutar em frente ao público brasileiro. Eu já lutei em vários lugares no mundo, e os ginásios muitas vezes estavam vazios, ninguém dando a mínima para o combate e isso era algo que eu não gostava. Lutei aqui no Mundial de 2007 e os fãs brasileiros estavam enlouquecidos. Me lembro de ver os brasileiros fazendo tanto barulho que foi como se estivessem colocando o teto da arena abaixo e aquilo foi uma das coisas mais legais que vi na vida.

Encarada com Miesha Tate

Ronda Rousey

Miesha Tate disse que na nossa encarada eu estava tremendo e piscando muito, e que estava com medo dela… Eu falei: 'tá bom, volte lá pra sua aula de psicologia'. A encarada tem seu valor promocional, é mais um lance de mídia do que de luta. É na luta que você aprende sobre a outra pessoa.

Dificuldades pra encontrar roupas pra lutar

Ronda Rousey

É difícil, porque precisa servir exatamente. O problema é que tudo acontece de última hora, com chegada de patrocinadores, e não dá tempo nem de ir experimentar e escolher um modelo. Uma vez pedi roupas iguais à da (Sarah) Kauffman e, quando chegou, estava errado. E não há como mudar um dia antes da luta. Então, tive que improvisar e usar outro sutiã por baixo… Eu tenho este estilo de corpo em que perco peso primeiro na região do peito e depois na do bumbum. Meu corte de peso é um pouco mais fácil do que com as meninas em que acontece o inverso. O meu sistema é eficiente.

Sobre Bethe Correia ter falado de seu pai

Ronda Rousey

Ela começou a passar dos limites. Falou coisas tipo: espero que não volte a usar drogas depois de apanhar de mim. Espero que ela não se mate. E dar risada. É algo bem documentado e sabido que meu pai se matou. Foi aí que ela passou do limite. Entre mexer com minhas amigas e pegar uma chance de lutar pelo título, ela desrespeitou a maior tragédia que minha família já viveu. E deu risada. Isso não é promover a luta. Ela foi longe demais e eu não perdoo coisas assim.

Sexo antes da luta

Ronda Rousey

Para uma garota, aumenta a testosterona, então eu tento transar o máximo possível antes de lutar, na verdade. Não com qualquer um, não coloco um anúncio na Craigslist (site de classificados dos EUA) ou coisa parecida. Mas se eu tenho um parceiro fixo, vou ficar meio 'ei, a hora da luta está chegando'.

Miesha ou Bethe: quem é a mais odiada?

Ronda Rousey

Odiar é uma palavra muito forte, que eu não gosto de usar, mas definitivamente minha antipatia por Bethe é maior do que a que eu tenho pela Miesha. Isso é verdade. Ela desrespeitou as pessoas com as quais me importo muito mais do que a Miesha. E sim, tudo é possível, eu já pensei que poderia não gostar de alguém tanto ou mais do que não gosto da Miesha. E eu não me arrependo, porque essas garotas fazem muito dinheiro quando me irritam (risos).

Um elogio

Ronda Rousey

Não me ofendo. Realmente não acho que isso seja sério. Para mim é um elogio as pessoas considerarem essa ideia. (Ronda disse não se preocupar com as perguntas sobre enfrentar lutadores).

Trabalho duro

Ronda Rousey

Eu trabalho duro para a luta ser fácil. Se você não trabalhar duro, então a luta será difícil.

Favoritismo contra Bethe Correia

Ronda Rousey

Na minha cabeça, eu sou sempre a zebra, sou sempre a lutadora que tem algo a provar. Sempre sinto que estou lutando contra o mundo quando piso no octógono. Não entro lá pensando que tenho uma vantagem só porque já fui campeã antes. Essa é uma característica minha. Desde que comecei a lutar MMA, eu não gosto de segurar o cinturão antes de uma luta, porque se eu tivesse que entrar em um campeonato de judô ostentando as minhas medalhas conquistadas no ano anterior, acho que me sentiria estúpida. Por que fazer isso? O que você fez antes não tem nada a ver com o que você está fazendo naquele momento, é um capítulo completamente novo. Eu sempre penso que tenho muito mais a perder e a provar. Acredito que sempre há muito mais pressão sobre os meus ombros e me saio melhor assim. Eu quero ser uma daquelas atletas únicas que se aposentam no topo e a razão pela qual as pessoas não acreditam que isso seja possível, é porque ainda é algo muito incomum, mas vou provar ao mundo que é possível.

Inspiração em José Aldo

Ronda Rousey

O tipo de domínio que José Aldo é capaz de manter por tanto tempo tem sido uma grande inspiração para mim. Ele está invicto há tantos anos! Outra coisa que me inspira é que a sua única derrota foi bem no começo de sua carreira. É incrível que ele tenha mais de 10 anos de domínio absoluto. Essa jornada tão sensacional, com ele no topo de sua divisão por tanto tempo, é algo realmente inspirador.

Colocar limites

Ronda Rousey

Eu nunca digo que não sou capaz de bater em qualquer um, porque não acredito em colocar limites em mim mesmo.