Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Mensagens para meus 68 anos

Só você pode saber o que viveu neste ano, suas experiências e os caminhos que te trouxeram até aqui. Comemorar 68 anos é ter uma vida e muitas histórias para contar. Leia estas mensagens e emocione-se agradecendo por cada ano vivido, lembrando sempre dos amigos, alegrias e bençãos.

continue lendo
Compartilhar

Só tenho a agradecer

Só tenho a agradecer pelas pessoas com quem convivi até agora. Ao longo destes meus 68 anos, tive a oportunidade de conviver com pessoas incríveis. A todas vocês, meu muito obrigado por fazer parte da minha história de vida.

Cabelos brancos, com muito orgulho

Mais cabelos brancos? Sim, e com muito orgulho. Aliás, já os tenho desde bem mocinha. Mas o que conto nestes 68 anos não são os novos fios que ganhei, e sim toda a experiência e coisas boas que me aconteceram. Esse é o melhor registro da vida de alguém!

68 anos, e ainda contando

Acabo de completar 68 anos de uma vida agitada e cheia de aprendizado. Não consigo parar de mover essa engrenagem chamada vida. Por aqui, são 68 anos bem vividos, dia após dia, com muita história para contar e muita coisa para experimentar. Sim, 68 anos, e ainda contando.

A melhor idade a gente que faz

Dizem que a melhor idade começa entre o 60 e 65 anos. Então, do alto dos meus 68 anos, já me sinto um expert nessa fase da vida. Mas a gente não precisa de rótulos ou nomenclaturas, muito menos de números. A melhor idade é a gente que faz, levando a vida que desejamos e sem medo de ser feliz.

A tecnologia não assusta mais

Sabe aquela imagem da velhinha de 68 anos meio perdida na frente do computador? Pois é, eu não sou essa daí. Acesso as redes sociais, pago minhas contas pelo celular e ainda me arrisco nos aplicativos de paquera. Com a chegada de mais um ano, continuo vivendo plenamente, e não tem nada que me assuste.

68 anos e missão cumprida

Cheguei aos 68 anos com a sensação de dever cumprido. Tive meus filhos, criei meus netos e agora curto os bisnetos. Tenho uma família linda e grandes amigos, o que mais posso querer da vida? Agora é hora de colher os frutos e viver a minha vida de forma tranquila e sem pressa.

 

Em plena forma aos 68

Envelhecer não é sinônimo de sedentarismo. Eu me exercito todos os dias, caminho, faço hidroginástica, tenho uma alimentação saudável. Já me arrisquei em aulas de lutas, mas eu gosto mesmo é de dançar. Assim, eu sigo em forma e, do alto dos meus 68 anos, sinto-me bem mais disposto do que quando muito jovem.

68 oportunidades

Sou daquelas pessoas que acreditam que tudo na vida é uma oportunidade. Cada ano em que comemoro meu aniversário, acredito que tive a chance de fazer o meu melhor. E agora, recém-chegado aos 68 anos, tenho certeza de que a vida me proporciona mais uma possibilidade de evoluir.

Ainda sonho muito

Acabei de completar 68 anos, e ainda tenho tantos sonhos! Estou cursando faculdade, acabei de voltar de uma viagem incrível e ainda reencontrei um antigo amor. Quem diria! Quantas coisas tive coragem de fazer. A vida é mesmo incrível para quem nunca para de sonhar.

O titio mais feliz do pedaço

Não tive filhos mas fui muito feliz por ter participado de cada momento da vida de meus sobrinhos. Acompanhei as lutas e as vitórias, e me sinto um pouco avô dos filhos deles. Sei que hoje, ao comemorar meus 68 anos, terei todos por perto, brindando comigo com todo o amor que a gente merece.

Um brinde aos 68 anos

Hoje quero reservar o melhor champanhe para comemorar meus 68 anos com muito requinte. São muitas coisas boas para celebrar, e eu quero que estejam comigo as pessoas que marcaram a minha vida de maneira significativa. Vamos brindar ao que é essencial: a vida, o amor e os amigos.

A melhor jornada, sem dúvida

68 anos... olho para trás e vejo que trilhei um caminho lindo, cheio de coisas boas (e não tão boas assim). Mas eu não me arrependo de absolutamente nada. Minha vida é a soma de todas as experiências que tive – e terei, porque eu ainda tenho muita coisa pela frente.

fechar