Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Tô te esperando aqui

Tem dias em que nosso coração aperta, sabe? É como quando a gente tá com medo e se enfia embaixo do cobertor, se enrolando bastante pra não entrar nem ar... É assim que acontece quando já não aguentamos mais de saudade!

Já vai chegar

Aqui, esperando você chegar, tantas coisas passam pela minha cabeça. O motivo do seu atraso – se sua mãe está bem, se o carro quebrou, se você está machucado. Tanta coisa boba, não é mesmo? Mas sei que é só essa ansiedade louca pra poder te ver. Esse coração que dispara quando te vê. Mesmo contra todas as possibilidades, sei que você vai chegar – porque você é assim. Sempre chega.

A esperança tá aqui

Mais do que saudade, quando você está longe, sinto mesmo é esperança. De dias melhores, da sua companhia, da crença no que a gente gente. Quando você está longe, penso em tudo o que faremos quando você estiver perto. Lembro de como você segura minha mão, como me fala tudo sem nem ao menos usar palavras, só com o olhar. Esperança é o que sinto no seu toque – e faz com que toda espera valha a pena.

Abraço de urso

Quando eu te encontrar, não solto mais, não. Nem ouse tentar se desvencilhar dos meus braços porque quero fazer valer cada segundo que a gente estiver junto. Quero dar aquele abraço de urso até que seu corpo se funde inteiramente com o meu, até que a gente esteja tão junto que dormir será tarefa fácil. Quero te abraçar até que toda essa saudade vá embora e a gente possa só ficar junto. Assim, sem nos movermos.

Espera que vale a pena

Existem coisas que a gente não consegue lidar, não é mesmo? Acho que saudade é uma delas. Aperta tão fundo o coração. Embrulha o estômago. Estraga a cabeça. Mas, além disso tudo, saudade é um sentimento que a gente tem orgulho de sentir – porque significa que a gente ama. Significa que a gente quer. Saudade é aquela dorzinha que vale a pena.

Sempre com você

Mesmo quando a gente não está no mesmo lugar, mesmo quando não estamos de mãos dadas, mesmo quando não estou te vendo, estou com você. Sempre com você por esse mundão afora. Mesmo quando meu coração não tá batendo do ladinho do seu, estou com você, porque amor é assim: é estar junto mesmo distante, sentindo a felicidade transbordar, a tristeza sentir e ansiedade bater. É estar – mesmo que não no mesmo lugar.

Basta um olhar

A gente não precisa se tocar. Se ouvir. Se sentir. Basta um olhar para que tudo faça sentido novamente. Essa saudade, essa que corrói meu peito e machuca meu coração, só está aqui porque você não está – então, aparece. Mostra a que você veio. Me faz cafuné, me faz sentir que você está aqui. Me faz lembrar do nosso amor. Olha pra mim como só você sabe olhar – me enxergando em cada pedacinho de mim.

Seguimos juntos

Quando penso que vou ter que enfrentar todo esse caminho só, lembro que não importa onde você esteja, te levo comigo. Aqui, nesse bolsinho da frente em que não guardo nada – nada sem valor, na verdade, porque guardo você. Guardo essa saudade que me dói o peito. E levo. E sigo. E vou – em busca de um sonho que não é só meu. É nosso.

Sonha comigo

Se não podemos estar no mesmo lugar fisicamente, então, podemos no mundo dos sonhos. Sonha comigo. Não me deixa passar em branco. Sonhe que estamos numa praia deserta, que podemos ver os peixes no fundo do mar. Sonhe que meu amor é teu. Sonha com a realidade, vida. Sonhe que estamos juntos – mesmo que não aqui nem agora.

Nossas lembranças

De todas as coisas que você me deu, a que eu mais gosto são nossas lembranças. Gosto de lembrar como você me faz sorrir quando estamos juntos, como me beija em momentos inesperados e como sempre sabe me surpreender – mesmo com um chocolate no ponto de ônibus. Lembro do toque das suas mãos e de nossas tardes no parque. Lembro do teu amor – e, então, tudo faz sentido.

Aquele aperto

Existem dias em que meu coração aperta, sabe? Como quando a gente tá com medo e se enfia embaixo do cobertor se enrolando bem pra não entrar nem ar. É assim que me sinto: sufocada sem você. Esperando que, quando eu menos imaginar, você levante o cobertor, me abraçe e diga que vai ficar tudo bem. Esperando que você chegue e faça todo o aperto passar.

Coração acelerado

Meu coração, esse tolo sentimental, não pode nem pensar em você que já dispara. Bate forte, sabe? Martela mesmo dentro do meu peito. Faz tudo passar mais devagar enquanto você não chega. Por isso, digo: chega logo, vai. O mundo tá aqui, girando tão rápido ao meu redor, fazendo minha vida correr. Mas não quero. Não sem você. Chega. Me abraça. Faz o tempo parar, o riso abrir e o coração disparar – agora por uma razão boa. Agora por você.

Ansiedade boa

Toda vez que vou te ver o coração dispara, a mão sua e fico sem vontade de comer. Você me deixa ansiosa – mas não como quando vou fazer um teste ou quando preciso tomar uma decisão. É ansiedade boa, que faz o estômago da gente dar cambalhota e a cabeça girar. Ansiedade pra ter você aqui comigo, do meu lado, me ensinando a amar.

Alegria mal contida

Nem consigo disfarçar quando você está por perto, sabe? Parece que todo mundo ao meu redor já sacou que é você o motivo do meu sorriso, o brilho nos meus olhos e os suspiros que dou no corredor do café. Quando penso em você, não me contenho. Não quero. Só sinto – sinto você ao meu lado, segurando minha mão e reforçando a cada dia que tudo vai ficar bem.

Riso bobo

O mundo é essa roda gigante que não para por nada. Pelo menos, é o que me disseram. Mas eu discordo. Discordo que este lugar enorme em que a gente vive não pare pelo seu sorriso. Duvido que essa saudade, essa distância, não se curvem diante do riso bobo que sai da sua boca, porque é disso que eu mais sinto falta: esse amor que você transmite sem palavras.

De cor e salteado

Saudade é sentir teu cheiro nas ruas por onde eu passo. Entrar em uma loja e ver algo que combina exatamente com você. Ouvir uma risada gostosa e lembrar do teu riso que fica, assim, ecoando na memória. Saudade é sentir teu toque, aquele que já conheço de cor e salteado, mesmo quando você não está comigo. Por isso falo: volta, volta logo, não demora não.

Surpresa boa

Então, já que a gente tá, assim, separado, me surpreende, vai. Aparece aqui em casa sem ninguém te convidar. Me sequestra daquele trabalho maçante. Me arranca de casa. Me diz que seu sorriso faz mais sentido ao meu lado. Chega, assim, de mansinho. Sem que eu veja que você tá chegando. Só aparece. Só me abraça. Só me ama.

Segura minha mão

Mesmo que você não esteja comigo nessa próxima etapa da vida, segura minha mão. Aperte bem firme e não solta. A gente pode estar longe, mas a mente e o amor estão juntos. Estou aí com você agora. Cuido de você a cada passo. Choro com você cada lágrima e rio com você cada sorriso. Basta que você segure a minha mão.

Não me esquece

Pode fazer qualquer coisa. Ir jogar basquete com suas amigas, pescar com seus pais, comer com seus vizinhos. Mas não me esquece, não. Não esqueça que sou teu amor. Daqueles que a gente demora bastante pra encontrar – como conchas coloridas na praia. Me guarda aí, nesse teu coração e me espera que o mundo vai nos levar um para o outro. Mesmo que demore. Vai levar.

Uma hora estaremos juntos

Sei que a saudade aperta o coração. Sei que dói lembrar que não estamos um ao lado do outro – mas isso é temporário. Não importam os dias, os meses. Não importa o lugar – uma hora estaremos juntos. Assim, como se nunca estivéssemos separados.