Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

A maturidade é um encontro consigo

Tenha calma, paciência e muita cautela. Encare o seu caminho de frente e espere. Olhe para o seu destino atentamente. Saiba que você é uma pessoa única e que tudo acontece no seu tempo certo. A maturidade chegará em sua vida no momento ideal.

continue lendo
Compartilhar

Crescer dói

Crescer não é uma tarefa fácil. Quando somos crianças, queremos, a qualquer custo, ter mais idade, sair com nosso amigos, fazer o que queremos. Quando ficamos mais velhos, passamos a ter mais responsabilidades, mais cobranças… Tudo começa a ficar mais complicado, não é mesmo? Mas, em compensação, parece que ficamos um pouquinho mais sábios – pouquinho, mas ficamos.

Vá em frente

O futuro parece muito mais assustador quando nós já estamos crescidos, não é mesmo? Mas tente não pensar nas coisas que te assustam e nas incertezas, mas sim no que poderá te fazer feliz daqui para frente. Foque em todas as oportunidades que estarão diante de você, nas novas experiências pelas quais você vai passar. Tente pensar os pontos positivos de amadurecer e vá sempre em frente.

Aprenda com o passado

Tudo o que aconteceu na sua vida tem um porquê. Nada aconteceu ao acaso – nem as coisas boas, nem as ruins. Leve seu passado como uma experiência pessoal, aprenda com ele. Você pode ultrapassar seus limites diariamente, então por que não fazê-lo? Evite repetir os mesmos erros e invista em coisas novas, coisas que te farão mais pleno e feliz.

Tenha cautela

Uma das coisas que o tempo e a experiência nos ensinam é a ter cautela. Arrisque-se, porém saiba onde você está pisando. Dê uma chance, mas avalie com calma se essa pessoa ou se essa oportunidade merece isso de você. Faça tudo o que quiser fazer, mas com calma. Vá devagar. Se o que você quer for seu, então estará no lugar prometido quando você estiver pronto.

Saiba dizer não

Muitas vezes, passamos grande parte das nossas vidas agradando aqueles que nos cercam. Auxiliamos em alguma coisa aqui, ajudamos alguém acolá, mas nunca lembramos de nos colocarmos em primeiro lugar. Portanto, agora mais sábio e mais decidido, saiba dizer não. Entenda que você também é uma pessoa e que também tem sua individualidade – não precisa fazer tudo para os outros sempre. Pense um pouco em si mesmo.

Encare seu caminho

Não deixe para depois o que você sabe que precisa fazer agora. Encare seu caminho de frente. Olhe para seu destino atentamente. Pense no que você está fazendo com sua vida e decida se vale a pena ou não continuar. Decida se você está satisfeito com o rumo das coisas e se não estiver, faça diferente. Recomece e tente de novo.

Solidão

Quando somos jovens, esquecemos de ter prazer com a solidão. Evitamos fazer as coisas sozinhos, evitamos estar sozinhos. Mas a verdade é que é muito melhor sentir satisfação ao estar sozinho e somente estar com os outros ao sentir prazer nessa companhia. A solidão é a plenitude que temos conosco. É aceitar e amar quem somos. A solidão é necessária com o amadurecimento.

 

Plenitude

Com o passar dos anos, uma das coisas que passamos a buscar é a plenitude, aquela sensação gostosa de amarmos ser quem somos, estar onde estamos. Plenitude é uma satisfação da alma – não significa estar acomodado com alguma coisa, mas sim estar feliz por estar em algum lugar. A vida passa rápida demais para deixarmos nossa plenitude para depois.

Ame mais

Mais sábio e mais maduro, você agora sente que precisa desesperadamente amar mais. Amar o próximo da forma mais plena que conseguir. Isso porque o amor nos renova. É por meio dele que conseguimos mudar, que conseguimos evoluir. Se você não tiver chegado a essa conclusão ainda, aguarde. Você verá que o amor é a coisa mais essencial de todas – ainda mais na velhice.

Doe-se

O mundo é um lugar cruel em que as pessoas parecem, na maioria das vezes, evitar envolvimento emocional com as outras. Por isso, faça diferente, seja diferente e doe-se. Doe-se para aqueles que você ama e para as experiências que te fazem bem. Doe-se para o amor e para o carinho com quem te cerca. A gente sempre recebe o que dá – se você doa amor, também receberá amor.

Viva plenamente

Chega de ter medo de viver, não é mesmo? Você pode ter passado grande parte da sua vida com medo de novidades, de experiências diferentes e de gente nova na sua vida, mas esse tempo acabou. A partir de agora, viva plenamente a sua vida. Viva até dizer chega, até acreditar que, sinceramente, você está satisfeito com a forma como viveu.

Aceite quem você é

Mais do que tentar ser diferente ou ser melhor, você precisa aceitar quem você é. Mudar e evoluir sempre são coisas positivas, mas só são possíveis se você realmente aceitar suas qualidades e defeitos, evitando ficar se martirizando por qualquer coisa. Você pode ser mais, de fato, mas não precisa se machucar por ainda não ter chegado aonde você quer.

Não se cobre tanto

Em um mundo de tantas falhas, é natural que a gente, quando jovem, se cobre muito para ser melhor. Queremos sempre acertar, não é mesmo? Mas isso não é necessário. Todo mundo erra e isso é natural. Agora, mais velho e experiente, não se cobre tanto – você não pode controlar tudo à sua volta. Dê um tempo a si mesmo. Aceite suas falhas.

Vá a luta!

Chega de ficar se conformando com tudo o que acontece com você. Chega de desistir dos seus sonhos ou de se autoboicotar. A partir de hoje, vá à luta. Busque seus sonhos, encare seus monstros e lute. Não aceite ficar em sua zona de conforto – você sabe que tem capacidade suficiente para alcançar seus sonhos, então o que ainda está fazendo sentado aí?

Valorize-se

Que tal você parar de se autoboicotar e passar a se valorizar? A gente passa tanto tempo da nossa vida odiando quem somos, que esquecemos completamente de ter o mínimo de amor-próprio. De agora em diante, ame-se e valorize-se. Exalte suas qualidades e melhore seus defeitos.

Busque melhorar

Todos os dias, ao acordar, tente ser alguém melhor. Lembre do que aconteceu no dia anterior, reflita, e pense no que você pode fazer diferente. Não precisa ser muita coisa não, pode ser apenas algumas pequenas atitudes, detalhes que farão a diferença mais tarde. Você é forte o suficiente para se enxergar claramente e mudar aquilo que está errado.

Trabalho

Os anos passam e a gente volta a descobrir uma coisa que já sabia quando era jovem: trabalho precisa ser prazeroso. Não basta ter um bom salário se sua vida desmorona todos os dias quando você chega ou sai da empresa. Trabalho é algo que faz parte das nossas vidas e ocupa grande parte do nosso tempo, portanto tem que ser algo que a gente ame, algo que nos faça feliz. Lembre-se disso.

Escolha por prazer

Antes, quando éramos jovens, dávamos mais valor àquilo que nos dava um falso prazer imediato: talvez dinheiro, viagens caras, bens materiais caros... Hoje, a situação é diferente. Continuamos escolhendo o que queremos por prazer, mas nossas prioridades são outras: estabilidade, companheirismo, gentileza, amor. Passamos a optar por prazeres que realmente valham a pena, não por prazer efêmeros.

Seja feliz

Que sua meta de vida passe a ser a felicidade! Passamos tanto tempo de nossas vidas buscando essa tal alegria constante, que nos esquecemos de aproveitar o caminho – esquecemos de ser feliz na jornada. Todos os dias, quando você acordar, lembre-se de ser um pouquinho mais feliz neste dia que se inicia em relação ao que foi ontem. Faça coisas que te dão prazer e satisfação pessoal.

Quem você ama

Ao longo dos anos, passamos a valorizar mais as pessoas que estão ao nosso lado. Aquelas amizades de anos, nossos familiares, nossos pais... Passamos a valorizar ainda mais quem nos ama e, assim, amamos de volta. Ao amadurecermos, realmente começamos a dar valor e atenção para quem está ao nosso lado – e essa é uma das maiores virtudes de crescer.

fechar