Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Coisas da solteirice que ninguém gosta

Está livre, leve e solto há algum tempo? Então você, com certeza, já passou por esses momentos. Reflita sobre o assunto e compartilhe com seus amigos!

continue lendo
Compartilhar

A carência

A carência é, sem dúvida, uma das coisas que mais desagrada quem está solteiro. Ela faz parte da vida, mas quando estamos solteiros há algum tempo, parece que o universo todo conspira para aumentar essa sensação. Naquelas noites de sábado bate a vontade de ter alguém para dividir o sofá, os filmes melosos e até as manhãs mais preguiçosas. Junto da carência, vem aquela frustração por estar sozinho, mas nada que não passe depois de alguns dias, não é?

Ir a eventos sozinho

Sair sozinho pode ser muito legal e em eventos específicos é até melhor, não é? Mas, naqueles mais convencionais, como festas, casamentos, aniversários e até simples idas ao bar em que todos os amigos vão acompanhados, é um pouco chato ir sozinho, pois mesmo que não seja a intenção de ninguém, você acaba sentindo que está “sobrando”. E não é por mal, esse sentimento é involuntário.

Escolher a comida

É bom poder escolher o que você vai pedir para comer em casa naquele sábado à noite. Mas, quando a preguiça bate, faz falta ter alguém para dividir essa escolha ou alguém que possa escolher o menu daquele dia em específico. Fora que, às vezes, o outro o tira da zona de conforto e faz você provar coisas que jamais pediria sozinho.

O hábito

E não adianta correr, porque estar solteiro também acaba se tornando um hábito que faz parte de sua rotina. Você acaba se acostumando com essa situação e isso pesa na hora das decisões, mesmo que não perceba. Já deixou de sair com os amigos para ficar em casa vendo filmes? Já negou ir a algum encontro porque acha que é melhor estar sozinho? Às vezes, sim, é melhor estar sem ninguém, mas você precisa avaliar se isso é algo que parte de você ou se a rotina está falando mais alto.

Datas comemorativas

Em dado momento é até um alívio não ter essa preocupação, mas depois de um tempo isso começa a mudar... Principalmente, quando você vê todos os amigos e pessoas ao redor preocupadas com o que comprar para a pessoa amada ou recebendo mimos incríveis. Aí você até sente falta de ter alguém para dividir essa experiência.

Falta de companhia

Existem alguns eventos que nós somos obrigados a ir, mesmo quando não conhecemos ninguém por lá. Quando estamos em um relacionamento, é quase certo que teremos a companhia daquela pessoa no momento e, assim, teremos alguém para conversar e não ficaremos sozinhos.

Não ter alguém para conversar

Nossos amigos e familiares também ajudam nesse ponto, mas às vezes faz falta ter alguém mais íntimo para conversar. Quando você tem um relacionamento amoroso, a pessoa está mais a par de algumas coisas de sua vida do que seus amigos e tem mais intimidade para tratar de certos assuntos. Faz falta ter alguém para trocar confidências e desabafar sobre o que anda incomodando você.

 

Esperar uma mensagem especial

Às vezes nossos amigos preenchem esse lugar, mas faz falta ter alguém que nos mande aquele “boa noite” especial ou alegre nosso início de dia com um “bom dia, meu amor”. Parece bobagem para quem já está em um relacionamento ou não é do tipo que gosta de trocar mensagens, mas para quem está solteiro há algum tempo isso faz toda a diferença.

As perguntas

Quando se está solteiro por um tempo, é inevitável que os amigos, conhecidos e familiares perguntem como anda a sua vida amorosa. E não importa quantas vezes vocês se encontrem durante uma semana, a pergunta sempre irá aparecer. E também, há sempre aquele parente que conhece o filho (a) de alguém que poderia se dar muito bem com você... É preciso paciência, né?

A perda

Uma coisa que acontece sempre quando alguém fica solteiro por muito tempo é a perda do “tato” para situações de flerte e paquera. Por estar há tanto tempo sem ninguém, você acaba se acostumando com a situação e, de repente, não sabe mais como lidar com alguém que mostra interesse por você. Também tende a achar que as relações estão ficando mais difíceis, que não tem mais paciência para iniciar esse tipo de relacionamento com alguém.

Ser o conselheiro do grupo

Quando você é o solteiro do grupo, os amigos sempre o procuram para pedir conselhos amorosos e desabafar sobre o que anda acontecendo em seus relacionamentos. É ótimo ajudar os amigos e ouvir seus problemas, mas quando somos o único solteiro do grupo de amigos isso acaba sendo um pouco desgastante.

Dormir sozinho

Não há nada de errado em gostar de dormir sozinho e aproveitar todo o espaço da sua cama, ter ela só para você. Mas, quando estamos solteiros, faz falta, sim, ter alguém para dormir junto e dividir esse momento. Há poucas coisas na vida que são tão boas quanto dormir ao lado de quem a gente ama.

Sentir-se amado

Existem muitas formas de nos sentirmos amados e todas são maravilhosas. Mas, quando bate a carência, a vontade de se sentir amado por outra pessoa, como o amor entre casais, aparece para aumentar a situação.

Encontros “arranjados”

Eles não fazem por mal, mas muitas vezes nossos amigos tentam nos apresentar pessoas e nos arranjam encontros na tentativa de nos tirar da solteirice. Nem sempre dá certo, às vezes conhecemos alguém legal, mas isso é super relativo.

Jantar de casais

Quando há muitos casais em um grupo de amigos, eles acabam marcando vários jantares entre eles e os solteiros sempre acabam sobrando. O que parece meio chato pode acabar sendo muito divertido e fazendo falta, sim!

fechar