Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Curiosidades sobre a cultura brasileira

O Brasil é conhecido mundialmente por sua diversidade. Nada melhor do que uma lista para mostrar o que o nosso país tem de melhor, sua cultura!

continue lendo
Compartilhar

Primeira partida de futebol

A caminhada do Brasil em direção ao título de “país do futebol” começou em abril de 1885. O paulista Charles Miller entrou em contato com o esporte quando estudava na Inglaterra. De lá, trouxe uma bola e as regras para o Brasil. A primeira partida ocorreu entre o São Paulo Railway, time de Charles e a Companhia de Gás, ambos os times compostos por ingleses ou anglo-brasileiros. O São Paulo Railway venceu o jogo por 4x2. Por muito tempo reservado apenas à elite, o futebol se popularizou no Brasil a partir da década de 1920.

Nossa Senhora Aparecida

A santa padroeira do Brasil teve sua aparição em 1717 na cidade de Guaratinguetá. Os pescadores Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso rezaram para a Virgem Maria pedindo fartura, pois haveria uma festa de boas-vindas ao governante da capitania e, na época, os peixes andavam escassos no rio. Primeiro, ao jogar a rede, eles pescaram uma imagem. Na segunda tentativa, veio a cabeça que se encaixava perfeitamente. Os peixes então foram tantos que ameaçaram virar o barco dos pescadores. Deste então, a “Mãe Negra”, como é conhecida a imagem de terracota, foi adorada por todo o país e hoje repousa no Santuário Nacional de Aparecida, um dos maiores do mundo.

Saci Pererê

O Saci, uma das figuras mais importantes da mitologia brasileira, nasceu de lendas das tribos indígenas na região Sul do país. Sua figura, como é conhecida atualmente, foi construída a partir das três principais culturas que povoaram o Brasil. A influência da mitologia africana deu-lhe a imagem do menino negro de uma perna só - a outra foi perdida lutando capoeira - que leva um pito. Da mitologia europeia, veio seu gorrinho vermelho. O Saci Pererê é uma figura travessa que atrapalha os trabalhos caseiros e dos fazendeiros, além de confundir os viajantes. Ele também é o guardião da sabedoria das plantas medicinais.

Cachaça

A aguardente de cana de açúcar é uma das mais famosas bebidas alcoólicas brasileiras. Uma das lendas sobre sua origem é que um escravo de engenho teria guardado um líquido obtido da fervura da cana e as variações de temperatura fizeram com que ele evaporasse e se condessasse em pingos no teto do engenho (daí viria o nome pinga). Outra versão é que, com técnicas aprendidas com os árabes, os senhores de engenho portugueses começaram a destilar a bebida em 1532. Logo, ela se tornou um item importante na economia e cultura do Brasil colônia. Passando por uma decadência no final do século XIX, a cachaça voltou a ser valorizada no país na década de 1920 e em , foi declarada Patrimônio Histórico Cultural do Rio de Janeiro.

Sítios arqueológicos

Ainda se sabe pouco sobre os primeiros povos a chegarem ao Brasil. Pinturas rupestres no sítio arqueológico do Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, indicam que as primeiras ocupações humanas no território de nosso país podem ter acontecido há cerca de 50 mil anos atrás. Apesar de tais evidências, o ser humano mais antigo encontrado no Brasil foi Luzia, uma caçadora-coletora que viveu há cerca de 12,5 mil anos. Seu crânio foi encontrado no município de Pedro Leopoldo, em Minas Gerais. Para tentar descobrir um pouco mais de nossa história, o Brasil também possui importantes sítios arqueológicos em Pernambuco, no Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Amapá e Roraima.

Oktoberfest de Blumenau

Trazida ao Brasil por meio dos imigrantes alemães, a Oktoberfest é um festival de tradições germânicas inspirado na Oktoberfest de Munique, na Alemanha. A festa é a maior do tipo na América do Sul e uma das maiores do mundo. Criada em 1984, a festa sempre foi um sucesso de público e hoje possui uma média de 700 mil participantes a cada ano. Ela ocorre durante 18 dias no mês de outubro e é quando a população de Blumenau mostra ao Brasil a riqueza de sua cultura, com manifestações artísticas de dança, música e amostras da gastronomia típica, preservando a cultura que seus antepassados trouxeram da Alemanha.

Religiosidade

A religiosidade sempre influenciou a cultura brasileira. Somos um dos povos mais religiosos do mundo. No Brasil, também é comum o sincretismo religioso, a união de diferentes crenças, principalmente devido às tentativas de repressão das religiões afro-brasileiras pelo cristianismo na época colonial. O Brasil é o país com o maior número de católicos do mundo, mas também possui um número expressivo de protestantes, testemunhas de Jeová, adventistas, budistas, muçulmanos e praticantes das religiões afro-brasileiras. O crescimento da diversidade religiosa infelizmente também gera focos de intolerância.

 

Telenovelas

As novelas são o mais bem-sucedido produto televisivo brasileiro, com inúmeras produções sendo exportadas para o exterior. A primeira telenovela brasileira foi “Sua Vida Me Pertence” escrita por Walter Foster e exibida pela TV Tupi em 1951. Ao se tornar diária com “Ocupada”, exibida pela TV Excelsior, a novela cravou seu lugar de honra na TV brasileira e de lá nunca mais saiu. Atualmente, os quatro maiores canais de TV (Globo, Record, SBT e Bandeirantes) exibem telenovelas e, embora nem todas sejam produzidas no Brasil, as preferidas do público e crítica são as que são legitimamente um produto nacional.

Festival de dança de Joinville

Nascido em 1983, o festival de dança é considerado o maior do mundo em número de participantes. Sua primeira edição ocorreu na Sociedade Harmonia Lyra, e já surpreendeu os organizadores pelo alto número de participantes. O Festival possui cursos, oficinas, workshops, seminários de dança, projetos comunitários, palestras e debates. Nas noites de abertura e gala, são apresentadas montagens de balé consagradas, visando promover a dança como uma riquíssima expressão artística.

Feijoada

Embora seja popular a lenda de que a feijoada foi inventada pelos escravos, usando os restos de porco dados pelos patrões, não foi assim que realmente nasceu o prato mais popular da gastronomia brasileira. O prato na verdade nasceu em Portugal como um cozido de feijão branco ou vermelho, vegetais e carne de porco e chouriço. Chegando no Brasil, o prato passou por transformações como o uso do feijão preto (típico da alimentação dos povos nativos das Américas), a carne de sol e ganhou como acompanhamentos o arroz, a farofa, a couve, a laranja e o torresmo. E ficou ainda mais delicioso!

Semana de Arte Moderna

Ocorrido no Teatro Municipal de São Paulo,entre 11 e 18 de fevereiro de 1922 , o evento, também conhecido como Semana de 22 , seria, idealmente, uma forma de mostrar à elite brasileira as novas formas de arte influenciadas pelas vanguardas europeias. Porém, contrariando conservadores, a irreverência e ousadia do evento não foram entendidas pelo público. Dedicada à música, dança, poesia e artes plásticas, a Semana de Arte Moderna inaugurou o movimento artístico do Modernismo no Brasil e influenciou a arte e cultura no país por todo o século XX.

Teatro Municipal de Ouro Preto

Na cidade mineira de Ouro Preto fica o mais antigo teatro do Brasil ainda em funcionamento. Nascido como a Casa de Ópera de Vila Rica, o teatro foi construído em e inaugurado em 1770, no aniversário do rei D. José I. Seu fundador, João de Souza Lisboa, mostrou a ousadia do espaço logo no ano de sua inauguração ao colocar no elenco duas atrizes, contrariando a moral da época que não admitia mulheres no palco. Cenário da rica cultura dramatúrgica e musical mineira, o Teatro foi, e ainda é, palco das mais belas apresentações artísticas.

Cinema Novo

Esse foi um movimento cinematográfico brasileiro influenciado pelo Neorrealismo italiano e a Nouvelle Vague francesa. Em 1952, no I Congresso Paulista de Cinema Brasileiro, o Cinema Novo nasceu, a partir das ideias de jovens vindos de todas as partes do Brasil. Frustrados com a falência dos grandes estúdios cinematográficos paulistas, eles propuseram um cinema mais barato e idealista, “uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”, como ficou conhecido. O Cinema Novo tinha uma linguagem despojada e mostrava o real contexto da sociedade brasileira. O movimento entrou em decadência na década de 1970, devido a intensa repressão da ditadura militar.

Quilombo dos Palmares

Símbolo moderno da resistência dos africanos à escravidão, o Quilombo dos Palmares localizava-se na Serra da Barriga, região localizada onde é hoje o estado de Alagoas. Os primeiros relatos de escravos que fugiam em direção ao quilombo datam de 1580. Durante a ocupação holandesa, o quilombo encontrou seu auge, sendo inclusive dividido em diversos povoamentos. Não se sabe muito sobre a organização política do quilombo, mas acredita-se que ele podia ter os moldes dos reinos africanos. Seu líder mais famoso, Zumbi, foi reconhecido após a sua morte como um símbolo da luta dos afro-brasileiros contra a opressão.

Festivais de Música Popular Brasileira

Um tremendo sucesso de público e exibidos pelos maiores canais de TV da época, os Festivais foram uma série de programas produzidos entre 1965 e 1985 que revelaram ao público alguns dos maiores intérpretes, compositores e instrumentistas da música brasileira, entre eles: Elis Regina, Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Geraldo Vandré, Nara Leão, Edu Lobo, Jair Rodrigues e Tom Jobim. Mesmo em meio a repressão da ditadura militar, músicas de cunho social e de protesto acabavam sendo divulgadas por meios dos festivais, que logo começaram a ser extremamente vigiados por agentes da ditadura. Mas até hoje, a música brasileira vê os frutos destas manifestações riquíssimas de cultura.

fechar