Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Ditados Populares

Algumas frases estão no nosso dia a dia constantemente em diversas situações. Esses são os ditados populares, que passam de geração em geração e permanecem vivos na boca do povo! Confira alguns desses ditas e relembre as melhores frases para inúmeros momentos!

continue lendo
Compartilhar

O Sol

O sol quando nasce é para todos.

Para entender esse ditado, é preciso pensar que o Sol é capaz de iluminar todo o mundo, mesmo sendo um só. O Sol também simboliza o bem e a positividade, ou seja, ao dizer que ele nasce para todos, também se diz que todas as pessoas podem ter acesso ao bem.

Não se cansa

Quem corre por gosto não se cansa.

A ideia desse ditado popular é a de que se uma pessoa faz uma atividade, como correr, com prazer, é como se ela não se cansasse nesse processo. Se você faz uma coisa por amor, não haverá qualquer tipo de sofrimento durante a tarefa.

Casa de papudos

Em casa de papudos, não se fala em papos.

Nesse caso, a expressão “papudos” está sendo usada para definir um grupo de pessoas com a mesma característica. A partir disso, entende-se que, quando as pessoas compartilham de uma mesma característica, elas não vão comentar sobre isso.

Um olho

Um olho no burro e outro no cigano.

O olhar é uma forma de dizer que alguém está prestando atenção em alguma coisa. O burro e o ladrão são símbolos para uma coisa que pode ser roubada a qualquer momento. Assim, o ditado popular ensina que é preciso prestar atenção nos dois ao mesmo tempo, como se estivessem com um olho em um e o outro olho no outro.

Rir é...

Rir é o melhor remédio.

O ditado popular não nega. Um dos dizeres mais conhecidos, essa frase tem como significado a ideia de que precisamos aprender a lidar com as dificuldades encontrando o lado positivo de cada uma, levando uma vida mais leve e feliz.

A Função

A função faz o órgão.

De acordo com esse ditado popular, uma pessoa é definida a partir de suas ações e atitudes. Nesse caso, o órgão seria a representação da pessoa e a função seria a atitude que ela toma.

Azar e Sorte

Azar no jogo, sorte no amor.

Será que alguém pode ter tudo? De acordo com esse ditado popular, não. Embora soe pessimista, a ideia por trás dessa frase é a de que, se uma coisa está indo mal em um âmbito da sua vida, é porque outra coisa estará indo bem, como o amor ou o jogo.

 

Juntam-se as comadres...

Juntam-se as comadres, descobrem-se as verdades.

Reforçando o estereótipo de gênero que faz a sociedade acreditar que mulheres se reúnem para conversar sobre a vida alheia, esse ditado popular afirma que é possível descobrir qualquer coisa a partir das fofocas das mulheres.

Quem casa...

Quem casa quer casa.

Talvez a origem desse ditado popular não seja tão positiva quanto parece. Muitas pessoas se casaram antigamente por obrigação, não por vontade. Ainda assim, podemos dizer que essa frase significa que uma pessoa só se submete a alguma coisa se estiver comprometida com ela.

Quem espera...

Quem espera desespera.

Nesse ditado popular, o verbo “esperar” traz como sentido a criação de expectativas. Quando uma pessoa espera muito por alguma coisa ou por alguém, é possível que ela tenha as suas expectativas rompidas, causando desespero ou sofrimento.

Boca do ambicioso

A boca do ambicioso só se fecha com terra de sepultura.

Como uma pessoa ambiciosa sempre estará buscando novas formas de vencer e novas oportunidades, a única coisa que poderia pará-la seria a morte. É um ditado popular muito fúnebre, mas pode ser a mensagem que alguém precisa para mudar de vida.

Sem Pão

Mesa sem pão é mesa de vilão.

Sendo o pão uma das comidas mais populares do Brasil, faz sentido que exista um ditado dedicado a ele. Nesse caso, a frase quer dizer que em uma casa de uma pessoa boa é preciso que haja o alimento mais básico da nossa alimentação: pão.

Dá e torna

Quem dá e torna a tirar ao inferno vai parar.

Esse ditado popular pode ser bastante ameaçador. É a partir dele que se constrói a ideia de que uma coisa que foi dada para uma pessoa não pode ser tirada dela. Porque esse ato seria visto como um gesto de maldade, típico de quem iria para o inferno.

O que significa cada ditado?

Nem sempre

Nem sempre sardinha, nem sempre galinha.

O que pode parecer somente um conjunto de palavras que rimam, na verdade, é um ensinamento importante. Esse ditado popular quer dizer que é preciso variar a alimentação e outros itens da sua vida, para que não seja sempre uma coisa ou outra.

Quem

Quem sofreu o mal pode esquecê-lo, mas quem o fez nunca se esquece.

Esse ditado popular traduz uma realidade triste, mas verdadeira. As pessoas que são vítimas de outras podem carregar traumas, medos e inseguranças pelo resto da vida, enquanto que quem provocou o mal pode nem se lembrar do impacto negativo que causou.

Grande

Grande nau grande tormenta.

Esse ditado popular traz a ideia de que quando se tem algo grandioso ou muita responsabilidade, por exemplo, é provável que os problemas sejam igualmente maiores. Se levasse o ditado ao pé da letra, seria como dizer que quanto maior é um barco, maior vai ser a tempestade no mar.

A pressa

A pressa é inimiga da perfeição.

Um ditado que todo mundo já ouviu é esse. Quando fazemos as coisas de um jeito apressado, é mais difícil prestar atenção nos detalhes e nas peculiaridades da atividade. Assim, é mais difícil atingir a perfeição de um projeto ou de uma tarefa.

Tempos de Guerra

Em tempo de guerra não se limpam armas.

Além de compor uma rima entre “guerra” e “terra”, esse ditado popular traz como sentido a ideia de que, durante um conflito, as mentiras podem ser encontradas em qualquer lugar, assim como a terra.

Manda quem pode

Manda quem pode, obedece quem tem juízo.

Esse ditado popular é dedicado às pessoas que reconhecem hierarquias. Ele reforça a ideia de que uma pessoa pode estar submetida à outra. E, assim, seria preciso reconhecer o seu espaço para obedecê-la, sem causar problemas.

Pérolas aos Porcos

Não se deve dar pérolas aos porcos.

Esse ditado pode ser usado em muitas situações. Uma pessoa não daria pérolas a um porco porque ele não saberia apreciá-las. Então, não se deve colocar uma pessoa em uma situação para a qual ela não tem o preparo necessário, nem entregar algo valioso a quem não enxerga esse valor.

Tempo de guerra

Em tempo de guerra mentira é como terra.

Esse ditado popular traz uma reflexão. Quando uma pessoa está passando por alguma dificuldade, por alguma intriga ou por um problema, ela deve estar sempre alerta para agir e reagir. Ou seja, não deve perder tempo limpando as armas que poderia usar.

Os melhores provérbios brasileiros!

Na Praça

Quem o alheio veste, na praça o despe.

Outro grande ensinamento é o que esse ditado carrega. De acordo com esse dizer popular, o ideal é que uma pessoa seja autêntica e não aja ou se vista como outra, já que tudo seria revelado perante os olhos dos outros.

O que quer...

Quem fala o que quer, ouve o que não quer.

Um ditado popular muito usado em discussões, esse dizer mostra que é necessário tomar cuidado com o que dizemos e nos responsabilizarmos por aquilo que falamos. Do contrário, outras pessoas poderão dizer o que não queremos ouvir.

Mais vale...

Mais vale uma palavra antes que duas depois.

Pensou que era o ditado do pássaro na mão? É quase isso! A ideia por trás desse dizer é a de que é mais importante falar pouco e de forma precisa antes de fazer alguma coisa. Depois, ao usar muitas palavras e desculpas, você pode acabar se prejudicando.

O barato

O barato sai caro.

É muito comum que uma pessoa queira economizar ao fazer uma compra. No entanto, esse ditado popular diz que essas economias, quando feitas com a coisa errada, podem acabar custando alto. Seja consciente nas suas compras e lembre do ditado!

Quem tem...

Quem tem... tem medo...

Esse ditado pode ser aplicado a inúmeros contextos. O principal sentido dele é que se uma pessoa tem alguma coisa, ela também terá medo de perder isso que ela tem. Por esse motivo, é impossível incluir qualquer palavra ou pensamento nesse ditado popular.

O que são provérbios?

À Parte

Amigos, amigos negócios à parte.

Quem nunca precisou de um ditado que mostrasse que existe uma separação entre as coisas? Com essa frase, é possível afirmar que a vida profissional deve ser separada da vida pessoal, fazendo os negócios serem uma coisa e as relações de amizade serem outra.

Irmão de barqueiro

Irmão de barqueiro não paga passagem.

Um ditado que traduz bem a troca de favores e o nepotismo é esse. Se uma pessoa tem algum parentesco com quem tem um estabelecimento ou algum poder, ela automaticamente terá privilégios em relação às pessoas que não têm essa mesma relação.

Mulher e cachaça

Mulher e cachaça em toda parte se acha.

Ainda que seja um ditado popular que caracteriza a mulher como algo comum e vulgar, o sentido por trás desse dizer é que é possível encontrar mulheres e bebida em qualquer lugar que uma pessoa decida ir.

Quem não quer

Quem não quer ser lobo não lhe vista a pele.

Esse ditado popular mostra que uma pessoa que não quer ser confundida com outra pelas atitudes erradas ou reprováveis que toma não deve agir como tal. Essa ideia está presente no ditado com o uso da expressão “vestir a pele”.

Morra

Morra Marta, morra farta.

Esse ditado popular parece um pouco específico, não é? A ideia por trás dele é a de que uma pessoa pode morrer (um dia, todos iremos), mas deve aproveitar bem a vida antes disso. A fartura seria no sentido de aproveitar o que a vida pode oferecer, não só a comida. E o nome “Marta” foi usado somente para rimar com “farta”.

Rir é...

Rir é o melhor remédio...

O ditado popular não nega. Um dos dizeres mais conhecidos, essa frase tem como significado a ideia de que precisamos aprender a lidar com as dificuldades encontrando o lado positivo de cada uma, levando uma vida mais leve e feliz.

Provérbios chineses. Conheça alguns!

fechar