Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Dia do Fico

Dentre as grandes histórias que nosso país possui até a independência, o Dia do Fico é uma das que mais precisa ser conhecida. Acredita-se que sem a data e seu acontecimento, o destino do Brasil poderia ser outro, completamente diferente e dependente. Os portugueses queriam, de qualquer forma, tomar posse do Brasil e de tudo o que em suas terras era produzido. Com o entendimento das pessoas da época sobre o assunto, mais de 8 mil assinaturas foram reunidas para que Dom Pedro I não deixasse o Brasil e tudo o que havia feito pela nossa nação. Se o príncipe entregasse os documentos do nosso país aos portugueses, nada seria como é hoje! Conheça melhor os detalhes deste marco histórico.

continue lendo
Compartilhar

Do que se trata o Dia do Fico

Pintura que representa o Dia do Fico.

O Dia do Fico, comemorado em 9 de janeiro, se refere à data em que D. Pedro I declarou que não iria mais cumprir com as ordens da corte de Portugal, em 1822. Esta, por sua vez, exigia que o príncipe retornasse ao seu país de origem. D. Pedro I oficializou que não iria mais voltar ao país e que ficaria no Brasil. O príncipe só conseguiu permanecer no país por causa da reunião de 8 mil assinaturas.

A frase do Dia do Fico

Com as assinaturas prontas para que D. Pedro pudesse permanecer no Brasil, o príncipe deu apenas uma declaração: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico.” Desta maneira é que surgiu o nome dessa data comemorativa. Existe um história por trás do contexto desta frase e que explica muito bem a decisão de D. Pedro I.

Os beijos mais famosos da história

Compreenda a frase célebre de Dom Pedro I no Dia do Fico

Com todos os problemas que havia com Napoleão Bonaparte, a família real decidiu se mudar para o Brasil. Firmaram o império português no país e apenas Dom Pedro I permaneceu como príncipe-regente. Com a ideia de recolonizar o Brasil, os portugueses exigiram que D. Pedro retornasse a Portugal. Com as 8 mil assinaturas, porém, ele decidiu ficar em 9 de janeiro de 1822 e, em seguida, trouxe a independência do Brasil.

Os políticos brasileiros fizeram o Dia do Fico acontecer

Apenas por causa dos políticos brasileiros da época é que Dom Pedro I decidiu ficar no Brasil. O Dia do Fico só aconteceu porque esses políticos da época reuniram cerca de 8 mil pessoas para assinar o abaixo-assinado para a permanência do Príncipe no Brasil. O que será que os governantes viram em D. Pedro I para que desejassem a sua permanência? Essa é uma ótima questão sobre o dia 9 de janeiro de 1822.

Conheça os hinos brasileiros

Paço Imperial, o local em que ocorreu o Dia do Fico

Um dos locais em que aconteceram muitas das histórias do Brasil é o Paço Imperial. Localizado no centro do Rio de Janeiro, este é o cenário que Dom Pedro I escolheu para anunciar que ficaria no Brasil, contribuindo, assim, para a criação histórica do Dia do Fico, em 1822. Hoje, o local é considerado centro cultural e é muito visitado durante todo o ano por turistas de diversos locais do Brasil e do mundo.

O real motivo da permanência de D. Pedro I no Brasil (09/01)

Celebração do Dia do fico.

Com o bom desenvolvimento do Brasil enquanto D. Pedro se encontrava o país, Portugal desejava que ele retornasse para o seu país de origem. O motivo do retorno é que, com os documentos levados por D. Pedro I, Portugal pudesse controlar o Brasil. Vendo toda a situação acontecer, D. Pedro I aceitou o pedido dos brasileiros e assim aconteceu o Dia do Fico. Seria D. Pedro I o salvador do nosso país?

 

Tropas foram enviadas pelos portugueses após o Dia do Fico

A fúria era tão grande sobre não ter conseguido tomar o poder do Brasil e por causa da permanência do príncipe após o Dia do Fico, que Portugal enviou o tenente Jorge Avilez a comando das tropas para tomar novamente o nosso país. Porém esta cena toda não durou muito! D. Pedro I apenas ordenou que o tenente se retirasse com suas tropas. Como será que eles planejaram esse “ataque”?

Livros para refletir sobre a sociedade e o mundo atual

Dom Pedro I teria salvado o Brasil?

Foto Dom Pedro I.

Acredita-se que a atitude de ficar no Brasil tomada por D. Pedro I em 9 de janeiro de 1822 foi o que permitiu a independência do país. O Dia do Fico, em si, é um grande marco histórico! Por causa desta data, o Brasil foi capaz de continuar realizando muitos feitos. Um dos feitos mais importantes para os brasileiros, inclusive, era o de comercializar suas produções. Querendo ou não, D. Pedro I contribuiu com isso, né?

Maria Leopoldina teria alertado Dom Pedro I

Por meio de uma carta enviada por Maria Leopoldina a Dom Pedro I, o príncipe pôde compreender quais eram as ideias de Portugal em relação ao Brasil. Esta é uma parte que a história não conta, por isso é levada como curiosidade sobre o Dia do Fico, comemorado em 9 de janeiro de 1822. Quais seriam os detalhes que Maria Leopoldina teria enviado ao marido? Com certeza era uma carta bem convincente!

Fique por dentro das curiosidades sobre a cultura brasileira

Maria Leopoldina assinou a declaração de separação de Portugal e Brasil

Pintura de Maria Leopoldina.

Por mais que D. Pedro I fosse mulherengo, ele tinha ao seu lado uma mulher muito forte. Maria Leopoldina, que ficou no Rio de Janeiro enquanto o príncipe averiguava a lealdade dos paulistas, assinou o rompimento entre Portugal e Brasil. Você também acha que sem o Dia do Fico, em 9 de janeiro de 1822, nada disso teria acontecido? Talvez estivéssemos presos até hoje a Portugal!

fechar