Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

20 Fatos Sobre o Amor

Luís Vaz de Camões definiu o amor em suas mais belas contradições. Ele conseguiu, quase que por completo, explicar com belas palavras aquilo que é estar apaixonado. Mas, você sabia que o amor tem efeitos colaterais? Descubra alguns fatos surpreendentes sobre este sentimento.

continue lendo
Compartilhar

O poder do amor

O amor pode ser muitas coisas. Pode ser bom, bondoso, perfeito, doloroso, sufocante, cheio de saudade e lágrimas.

Mas a verdade é que tudo no mundo gira em torno deste sentimento. Ele é supremo sobre todos os outros e muitas vezes domina tudo que rodeia as pessoas.

Em toda a existência humana existe a necessidade de desmistificar este sentimento, para que ele não pareça tão poderoso. Assim, percebe-se que ele tem grande influência no sistema nervoso e no organismo dos seres humanos. E às vezes são alguns processos biológicos que te fazem ficar apaixonado por alguém.

Descubra alguns fatos sobre a influência do amor sobre o seu corpo, sua mente e seu coração.

Olhar nos olhos de alguém pode fazer ambos se apaixonarem

Não dispense os olhares vidrados quando estiver querendo conquistar alguém. Isso porque, além de serem os espelhos da alma, quando alguém olha diretamente para você, o seu corpo produz uma substância química chamada feniletinamina, que é a mesma coisa que dizer que seu corpo está te falando para fugir, mas, se você resiste, e sustenta o olhar dessa outra pessoa, você está pedindo para o seu corpo se apaixonar por ela.

Romântico, não?

O amor é realmente tudo o que importa

Um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Harvard nos EUA constatou que o amor é realmente tudo que importa na vida.

Por 75 anos eles estudam experiências ao longo da vida dos participantes da pesquisa e comprovaram que suas felicidades e o cumprimento de suas metas giravam em torno de um único sentimento: o amor!

O amor te deixa com cara de bobo

Quando se está apaixonado, todas as pequenas coisas do dia, que antes era banais e até chatas, tornam-se lindas e até prazerosas. Você para de se irritar com as outras pessoas, com a chuva que caí, o dia que está longo, tudo, absolutamente tudo, é cor de rosa e cheio de flores.

Este é o efeito da paixão e além disto, te deixa com a maior cara de bobo. Em um estudo com ratos comprovou-se que após a injeção do hormônio do amor, a ocitocina, eles ficaram mais calmos, tolerantes, com mais disposição, entre outras coisas fofas. Outro efeito observado foi que os ratos ficavam num estado sedativo, ou seja, a tal cara de bobo.

Amar é um vício

Muitos cientistas alertam para os efeitos viciantes do amor.

Isto porque, quando se está apaixonado, a muita liberação de hormônios e neurotransmissores que liberam uma sensação de prazer nos seres humanos. Além disto, o amor ativa áreas do cérebro ligadas à recompensa, ou seja, você acaba querendo sempre um pouco mais de amor.

O impulso para o Sexo está no cérebro

Você acha que sexo é puro instinto carnal?

Pois, na verdade, ele está muito mais ligado ao seu sistema nervoso do que você pensa. Todo o romantismo de uma relação é controlado pelo centro emocional do cérebro, e seu desejo sexual é controlado pelos hormônio.

Isto é, quando parte do hipotálamo prepara seu corpo para o sexo, seus hormônios estão aumentando o seu desejo. É muita tarefa para um pequeno momento, não é? Tudo organizado pelo seu cérebro.

Amores que duram muito dependem de uma mólecula

Quanto mais um relacionamento dura, menos dopamina o seu corpo libera, ou seja, você sentirá menos daquela sensação de estar enamorado, porém, isto não significa que a sua relação irá terminar.

Quando isto ocorre, o seu corpo libera uma molécula chamada fator de liberação de corticotrofina, que ajuda os pombinhos a permanecerem juntos.

E como isso funciona? A molécula será liberada sempre que você estiverem separados, que fará com que vocês sintam a falta um do outro.

 

Todos os seres vivos buscam relações monogâmicas

Além dos seres humanos, outras espécies de animais buscam relações com apenas um parceiro.

Lobos, cisnes, gibões, urubus e até cupins são alguns exemplos de animais que têm apenas um parceiro pelo resto da vida.

Dois belos exemplos são as relações entre araras, lagostas e pinguins. Estas espécies buscam o seu par ideal, sua cara metade no reino animal e quando a encontram, ficam o resto de sua vida ao lado um do outro.

Borboletas no estômago são causadas pela adrenalina

Já sentiu aquele frio na barriga, aquela sensação de que tem pequenas borboletas voando dentro do seu estômago toda vez que lembra ou encontra o seu grande amor?

Bom, não é só coisa da sua cabeça. Essa sensação é real, sendo causada pela adrenalina, que inunda o seu corpo com o efeito de ação e reação.

Você só precisa de 4 minutos para saber se gosta de alguém

Você já tentou refletir sobre quanto tempo levou para gostar do seu grande amor? Ou então, quanto tempo precisou para odiar aquela pessoa que viria a ser sua arqui-inimiga?

Bom, são necessários apenas 4 minutos para você tomar uma decisão - involuntária - entre gostar ou não de alguém.

Esta impressão tem muita mais a ver com a linguagem corporal que lhe é transmitida, com o tom de sua voz do que com aquilo que lhe é dito de fato.

O melhor remédio para a dor são os abraços!

Durante um abraço o corpo humano libera o hormônio do amor, chamado de ocitocina, que é liberada no cérebro, ovários e testículos.

Os cientistas dizem que este hormônio está envolvido no processo de ligação entre duas pessoas e que pode diminuir significativamente dores de cabeça, para algumas pessoas, a dor pode desaparecer em até 4 horas.

Além de um porto seguro, o abraço pode ser a sua chance de cura. E fala sério, quem não curte um chamego gostoso?

O amor romântico não dura para sempre

Você sabe o que é amor romântico? Esse sentimento é muito similar à paixão. Acontece no primeiro ano de um relacionamento e é cheio de euforia, de borboletas no estômago, mãos suadas e muito amor para dar. Porém, ele não dura, pesquisas dizem que ele tem prazo de validade de apenas um ano.

Após este período, no entanto, dá início ao que é chamado de Amor Comprometido, esse sim é aquele sentimento que dura anos a fio e que te faz ficar com aquela pessoa não por capricho, mas sim porque seus sentimentos são reais.

Paixão + intimidade + compromisso = amor perfeito

Sabia que existe uma fórmula para o amor perfeito?

Existe uma teoria triangular do amor que sugere que existem três tipos de amor.

O primeiro é o amor romântico, baseado em paixão mais intimidade. O segundo é o amor companheiro, que precisa de intimidade e compromisso. Já o terceiro amor é o fátuo, que se sustenta sobre a paixão e o compromisso.

Pensando nisso, chega-se a conclusão de que o amor perfeito, o mais forte de todos é baseado na simples equação entre paixão, intimidade e compromisso.

Será que o seu romance tem essas características?

Ficar com o coração partido é algo real

Não pense que é só metáfora quando dizemos que o coração está partido após uma ilusão amorosa, isso de fato acontece.

Algumas pesquisas concretas estão sinalizando que trauma intensos, como separação, divórcio, perde de alguém querido, ou uma traição podem causar dores físicas e até na área do coração.

Este efeito é chamado de síndrome do coração partido e acontece porque um sofrimento emocional profundo faz com o que o cérebro libere alguns produtos químicos que podem enfraquecer o coração, levando a falta de ar e dores de cabeça.

Esta condição afeta mais as mulheres. Porquê será, não é?

Os semelhantes se afastam

O ditado diz que os opostos se atraem, não é? Pois, o contrário também é válido.

Pessoas muito semelhantes, com gostos e personalidades parecidas tendem a se distanciar com o tempo.

É o que dizem algumas pesquisas científicas. As semelhanças são boas em certo período, mas para o relacionamento se manter firme e forte, os dois precisam saber que um acrescenta ao na vida do outro, que podem aprender coisas juntos.

Expressar gratidão de trará felicidade

Não precisa nem explicar.

Já se sentiu imensamente feliz quando abraçou alguém especial e lhe disse o quanto era grato por algo que ele tenha feito ou simplesmente por ele existir?

Pesquisas dizem que está sensação é o pico de sua felicidade. Experimente!

fechar