Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Frases sobre preconceito cultural

O Brasil é um país que nasceu na diversidade de culturas, assim como muitos outros grandes países, mas infelizmente o preconceito ainda persiste na nossa sociedade. O melhor caminho para encerrar esse hábito é o uso das palavras. Preparamos aqui mensagens inspiradoras sobre o preconceito cultural!

Problema da intolerância

O problema da intolerância é que ela gera desequilíbrio entre os seres humanos. A partir do momento que discriminamos o outro por não tolerarmos sua cultura, raça ou religião, abrimos as portas de nossas vidas para o ódio, desencadeando uma série de desconfortos, injustiças e desavenças.

Enxergando as semelhanças

Apesar de todas as divergências, os seres humanos fazem parte de uma mesma espécie, com as mesmas necessidades básicas. Simplesmente não podemos ignorar o fato de que somos todos feitos de carne e osso, rimos e choramos. Pra passar por cima do preconceito e aceitar a cultura do outro é necessário lembrar de que, sobretudo, nós somos iguais.

Melhor ou pior?

Esqueça a concepção equivocada de que algumas culturas são melhores do que outras. Sofisticação e riqueza não tornam um país superior ou mais importante do que os demais. Todas as culturas possuem características positivas e negativas, sendo capazes de compartilhar ensinamentos, tradições e tecnologia com o resto do mundo.

Somos um

Sempre que discriminamos um irmão por possuir hábitos diferentes dos nossos, é como se estivéssemos ferindo a nós mesmos. Afinal, é muito importante pontuar o quanto somos semelhantes em inúmeros aspectos. Ao machucar o outro, condenando-o com ódio, damos também oportunidade a ele para que nos machuque em retribuição.

Ponto de vista

Da mesma forma que, ao observar a cultura alheia, não aprovamos alguns de seus costumes, outras culturas também nos examinam de longe fazendo críticas às nossas tradições. Quando assumimos o lugar do outro, percebemos que tudo não passa de uma questão de perspectiva.

Culturas que enriquecem

A diferença entre culturas é algo que veio para enriquecer a espécie humana. Imagine quantas coisas podemos aprender se nos abrirmos para o novo e para a cultura do outro? Em vez de condenar as pessoas com um olhar de superioridade, por que não ter a humildade para ouvir o que elas têm a dizer?

Limites entre nações

Se não existissem divisas entre cidades e limites entre nações, o mundo não seria um lugar melhor: seria um lugar mais chato. Mesmo que todos fizessem parte da mesma cultura, os seres humanos ainda encontrariam motivos para se distanciar. Sendo assim, fica claro que o problema não são nossas diferenças culturais e sim o fato de não conseguirmos aceitá-las.

Liberdade de expressão

Não confunda preconceito cultural com opinião. Chamar uma pessoa de selvagem, insinuando que ela não seja civilizada por não pertencer a uma cultura ocidental ou, até mesmo, não querer que imigrantes venham para sua cidade pode sim ser configurado como preconceito. A liberdade de expressão só é válida quando não vem atrelada ao ódio.

Aprender é crescer

Quando aprendemos, evoluímos. Olhar para culturas diferentes com amor é uma forma de nos educarmos sobre elas, abrindo portas para o conhecimento e dando-nos a oportunidade de crescer. Nada mostra mais amadurecimento do que ser tolerante com as tradições do outro.

Parábola moderna

Se Jesus vivesse nos tempos modernos, movendo multidões de pessoas com seus ensinamentos, ele provavelmente seria um homem com hábitos diferentes dos tradicionais. Além de optar pela pobreza e pela humildade, ele teria suas origens em um país completamente diferente do nosso. Você acha que seria capaz de ouvir suas parábolas de coração aberto ou o preconceito cultural lhe cegaria?

Ódio enraizado

O ódio contra diferentes culturas, raças e religiões tem sido passado por nós de pai para filho, alimentando-se das convenções. A partir do momento em que olhamos para os outros com afetuosidade, sabendo que eles também são iguais a nós, cortamos esse ódio pela raiz, não mais perpetuando-o em novas gerações.

Ações efetivas

Para tolerar é preciso não julgar. Lembre-se de que todos os seres humanos são capazes de coisas boas e ruins e todas as culturas têm seus defeitos e qualidades. Quando não julgamos os costumes e tradições dos outros, estamos tomando uma ação efetiva contra o preconceito.