Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Telegram Copy Up Check

Siga-nos

Nasci no século errado

Está cada vez mais difícil encontrar pessoas diferentes na sociedade. Todos seguem as mesmas regras e os mesmos valores vazios. Para onde olho, vejo robôs, pessoas iguais e fabricadas. Pensar e agir como antigamente é ser rotulado de careta. Queria ter vivido em outro momento neste mundo.

continue lendo
Compartilhar

O que fazer?

O que fazer quando você se sente totalmente um peixe fora d’água onde deveria se sentir bem e integrado? Parece que, definitivamente, não pertenço ao momento do qual, teoricamente, “faço parte”.

Não é possível

Não é possível que eu tenha mesmo nascido nessa época, pois, a cada dia que passa, tenho mais certeza de que não me encaixo aqui! Não pertenço a essa época, não faço parte de nada disso, não concordo com o que vejo!

De onde eu sou?

Essa resposta, quase sempre, me parece confusa. Pois, mesmo sabendo que sou “daqui”, do tempo em que nasci, sei que não pertenço e não faço parte de nada relacionado a essa época. Pelo contrário, tenho desgosto de ver as coisas que andam acontecendo!

Nostalgia do que não vi

Como é possível que eu sinta falta de coisas que sequer vivi? De coisas que nem sei como eram... A única coisa que tenho certeza é de que nasci no século errado e não pertenço a essa época.

Aprendi

Hoje, finalmente, posso dizer que aprendi e aceitei que não nasci, de fato, para viver nessa época. Já confiei em quem não devia, em quem não merecia e já me ferrei muito por tentar acreditar que poderia me adequar a esses padrões!

Quem é que sabe?

Quem é que sabe o que é certo ou errado nos dias de hoje? As coisas andam tão confusas e desvirtuadas que fica até difícil manter algum parâmetro e saber por onde nos guiarmos. Queria estar em outra época!

Que passe logo

Que esse tempo confuso passe logo! Não aguento mais tentar entender como é que as pessoas se relacionam hoje em dia, está tudo fora do eixo. Eu não faço parte dessa geração, nunca fiz!

 

Não me conformo

Não me conformo com as coisas que vejo ultimamente, parece que o mundo está de pernas para o ar, está tudo confuso e bagunçado! Me identifico muito mais com outras épocas do que com essa!

Qual é o meu tempo?

Eu não sei mais a qual tempo pertenço! Não me identifico e não me conecto com nada desse tempo. Acho que está tudo errado, ao contrário, do avesso... Não consigo acreditar que seja verdade tudo o que ando vendo por aí! Quero voltar no tempo!

Pode voltar?

Às vezes, me pego pensando se seria possível voltar para outras épocas, encontrar outros momentos do tempo em que eu pudesse ser mais feliz, me identificar mais. Me sinto totalmente aleatório nesse tempo, sem ver graça em nada.

Não dá para saber

Não dá para saber quem é quem hoje em dia, quem fala a verdade, quem se esconde atrás de máscaras... Em quem podemos confiar? O mundo anda tão complicado que dá vontade de fugir e se refugiar em um abraço querido.

Valores distorcidos

Os valores atuais estão completamente distorcidos, as coisas funcionam de jeitos malucos, não há mais respeito e honestidade. Hoje em dia, não se sabe mais em quem é possível confiar. Me pergunto onde vamos parar seguindo esse caminho?

Sempre pior

Está cada dia pior conviver com as pessoas e esses valores. Já desisti de tentar me adaptar a coisas com as quais jamais serei compatível ou favorável. Eu não aceito, não consigo e pronto! Respeito a todos, mas não quero fazer parte disso.

Não vejo mais noticiários

Eu já desisti de assistir aos noticiários ultimamente, já cansei de abrir as páginas dos jornais e só ler notícias ruins. Há casos em que até parece mentira... Nosso mundo, infelizmente, está perdido e não sei mais onde vamos parar.

Tempo bom

Tempo bom foi o dos meus avós, que não precisaram ver certas coisas e não deram de cara com valores tão distorcidos quanto os de hoje. Puderam manter a sanidade mental sem precisar tentar entender como funcionam as coisas atualmente.

fechar