Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

Poemas de Auta de Souza 3

Confira versos tristes e tocantes da poeta Auta de Souza. Melancolia é o ápice da poetisa.

Eterna Dor

Auta de Souza

Ler livro

Dizem que a pior dor é aquela que machuca a alma. Auta nos reforça isso em um poema totalmente dedicado aqueles que se machucam com diversas coisas da vida.

Falando ao Coração

Auta de Souza

Ler livro

Obra dedicada a Generosa Pinheiro, Auta fala sobre nunca desistir, por mais que o coração possa parecer morto algumas vezes, ele sempre palpitará enquanto houver a vontade de viver.

Gentil

Auta de Souza

Ler livro

Elogios são a melhor forma de expressar a admiração e a gratidão. Neste poema, Auta faz um poema recheado de elogios que entendemos que foi escrito para alguém muito especial.

Jesus! Maria!

Auta de Souza

Ler livro

Poema dedicado à Coltilde Santlago. Nesta obra Auta descreve a amiga em palavras tão ternas, doces e capazes de encher os seus olhos de lágrimas.

Lydia

Auta de Souza

Ler livro

Assim como os poemas com nomes femininos, em Lydia e nos referidos poemas, a infância aparece como símbolo da pureza e da ingenuidade, que se concretizam na imagem principalmente de meninas de aspecto físico frágil.

Noemi

Auta de Souza

Ler livro

Com relação específica ao texto Noemi, podem-se perceber a predominância da linguagem conotativa ao descrever a pureza e inocência da criança.

Fefa

Auta de Souza

Ler livro

Poema dedicado a Ignez Maria de Almeida. Auta de Souza fala sobre ela de uma forma terna e doce, fazendo do poema uma belíssima homenagem.

Lágrimas

Auta de Souza

Ler livro

Poema dedicada à João Câncio, irmão de Auta. Neste poema ela parece triste ao lembrar do irmão, mas não se sabe o paradeiro deste sentimento.